Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

Testeneuromuscular2014

1.670 Aufrufe

Veröffentlicht am

Testeneuromuscular2014

  1. 1. TESTE NEUROMUSCULAR Profa. Renata Patricia Pudo
  2. 2. O que é Cinesiologia Aplicada?  Método de feedback do próprio corpo  No centro esta o teste muscular de diagnóstico, porém corresponde a 10% de todo espectro cinesiológico
  3. 3. Histórico  George Goodheart ( 1960) – Conceituou que músculos enfraquecidos num dos lados do corpo fazem com que os músculos normais opostos tornem-se ou pareçam estar tensos.  Descobriu a Cinesiologia Aplicada (CA) fundindo os conhecimentos de Cinesiologia, Quiroprática, Medicina Tradicional Chinesa, Tibetana, Indiana, etc.
  4. 4. In Memory Of... George J. Goodheart, DC. August 18, 1918 – March 5, 2008 George J. Goodheart, DC. August 18, 1918 – March 5, 2008. Founder and Developer of Applied Kinesiology (AK). Imagem retirada do site: kinesiology.net
  5. 5. Histórico  Jonh F. Thie ( 1970) – quiroprático, sintetizou e simplificou a CA para leigos chamando-a de Touch for Health ( TFH) – Saúde pelo Toque  John Diamond ( 1978) –médico, ex-presidente da Academia Internacional de Medicina Preventiva, escreveu o livro “Seu Corpo Não Mente”.  Casal Aragão ( 1982) – trouxeram a os ensinamentos do TFH para o Brasil e abriram o Centro de Treinamento de Bio-Psico-Cinesiologia no Rio de Janeiro Foto retirada do site: touch4health.com
  6. 6. PARA QUEM EU ESTOU PERGUNTANDO???
  7. 7. Esta energia caminha dentro de nós de um órgão a outro.Sempre na mesma ordem e em sentido dos ponteiros do relógio Imagem retirada do site: http://www.touch4health.com/
  8. 8. Questão basica....... A energia que circula por nosso corpo quando flui promove estado de saúde e quando sobre alguma alteração (deficiência, excesso ou estagnação) nos leva a um estado de não saúde gerando doenças. “O corpo humano renova esta energia através da alimentação, da respiração, da oração, da mentalização, da ginástica e do contato com a natureza: sol, água, terra, plantas, ar puro ...”(1) 1- Barth, R – Bio saúde - 2000
  9. 9. Músculo Indicador Confiável  Serve como instrumentos de resposta a cada estímulo que o corpo recebe.  O teste muscular utiliza sistemas de absorção e assimilação de estímulos, o que ocorre com uma velocidade muito alta.
  10. 10. Músculo Indicador Confiável  É o músculo ou grupo muscular (geralmente m. deltóide fibras médias) escolhido para ser submetido aos testes, deverá estar resistente, fácil de posicionar e livre de dores e contraturas.  Este músculo será posicionado de acordo com sua ação e sobre ele será exercido uma pressão e o julgamento será feito sobre o tônus muscular (FIRME OU FRACO), avaliando a capacidade do músculo reagir rápido e firmemente à pressão.
  11. 11. Músculo Indicador Confiável  A intenção não é surpreender a pessoa. Se o músculo for fraco, permanecerá fraco, e falha mesmo no enorme esforço consciente em resistir.  Julgue a resposta apenas no primeiro 5 cm de movimento. Se o músculo não responder dentro deste limite, considere-o fraco.  FORTE - dará a sensação de travar-se instantaneamente  FRACO- não consegue travar dentro da amplitude de movimento
  12. 12. Escolha de um músculo indicador confiável Pode ser usado qualquer músculo desde que preencha os seguintes pressupostos:    Deve estar livre de dor! Ser resistente a pressão do terapeuta Passar pelo pré-teste ( estar calibrado )
  13. 13. Algumas regras ...  Ambos devem estar tranqüilos!  Mostrar e explicar o modo de proceder para o     paciente, antes do teste Demonstrar o movimento Observar a exata posição de partida e a exata direção do teste Pressão com a mão aberta por cima da respectiva articulação Duração da pressão: 2 segundos
  14. 14. Algumas regras ...  Nada de teste surpresa  Repare se o paciente não esta compensando     com outro músculo Mão contrária fechada Orientar o paciente a não colocar a língua no céu da boca Evitar que o paciente fique descalço Retirar todos os objetos possíveis ( exceto ouro)
  15. 15. Exame do músculo indicador Exame pelo fluxo de energia dos meridianos Vaso Concepção e Vaso Governador.
  16. 16. Vaso Concepção Vaso Governador
  17. 17. Deltóide anterior (VB) Formas De Realizar o Teste
  18. 18. Formas de estar realizando o teste muscular:
  19. 19. Diagnósticos Correto Terapia Bem Elaborada Compreender melhor os distúrbios de saúde do paciente Tratamento bem sucedido
  20. 20. Teste de inversão de polaridade  Tensão em demasia no circuito podem ocasionar um curto-circuito entre cérebro e corpo e, naquele circuito, não haverá resposta .  O resultado será : respostas musculares confusas ou nenhuma resposta, olhar ausente e postura de desânimo
  21. 21. Teste de inversão de polaridade  Com um MI fazer os seguintes testes:    R27 (Direita/Esquerda) Osso Público e Coccix (Frente/Costas) Lábio superior e Lábio Inferior (Cima/Baixo)  Correção: massagear os pontos e retestar
  22. 22. Teste dos olhos  Sob tensão, pode haver uma perda da flexibilidade dos músculos dos olhos, e isso pode ocasionar um curto-circuito entre os hemisférios cerebrais direito e esquerdo ou entre as funções do cérebro anterior e posterior  Teste: testar o paciente olhando para os 8 cantos dos olhos + fechando os olhos (visão interior)
  23. 23. Teste dos olhos  Correção:     massagear o supra-orbital e o infra-orbital do centro para a lateral tocar o R27 tocar firmemente, toda a área muscular abaixo do ombro até os cotovelos. enquanto isso o testado mexe os olhos em todas as direções.
  24. 24. Teste do ouvido  Este teste indica se existe tensão em demasia nos músculos do pescoço e nos posteriores, anteriores e superiores do ouvido. Caso isso exista, causa diminuição da audição. A orelha funciona como uma antena e, muitas vezes, nos estressamos com o que ouvimos!
  25. 25. Teste do ouvido  Teste: Com um MI peça a pessoa que vire a cabeça para a direita e teste, em seguida para a esquerda e teste. Onde desligar indica que a função pode estar afeta devido ao pouco movimento muscular.  Correção: Puxar a orelha! De cima para baixo como se quisesse abri-la.
  26. 26. Teste cloacais  Tem como função limpara e liberar energia ligada a visão, audição e reprodução (vida sexual ou criatividade) Com isso a mente pode pensar com clareza, liberando o canal entupido de “coisas velhas”
  27. 27. Teste cloacais  Testar cada um dos pontos se algum desligar fazer a correção  Pontos anteriores    1 e 2 púbis – ligados a reprodução 3 e 4 R27 e 5 e 6 supra-orbitais - visão Pontos posteriores:   7 e 8 sacro-cóccix – ligados a memoria celular mais profunda 9 e 10 retro-auriculares e 11 e 12 supraauriculares- ligados a audição
  28. 28. Teste cloacais  Correção:  Algum ponto da frente tenha desligado:    Massagear os pontos : 1 e 3 ou 2 e 4 ou 1 e 5 ou 2 e 6 Algum ponto das costas tenha desligado   Massagear os pontos: 7 e 9 ou 8 e 10 ou 7 e 11 ou 8 e 12
  29. 29. Teste da água  Uma parte da homeostase é a regulação e equilíbrio dos líquidos corporais. A falta de água causa vários desequilíbrios e, inclusive pode prejudicar um balanceamento muscular.
  30. 30. Teste da água  Teste: selecionado um MI, o testador ira pegar um pouco do cabelo do testado e irá puxar. Se o músculo desligar significa que há falta de água no organismo.  Correção: o testado irá tomar agua e refazer o teste.
  31. 31. O Ring-Test
  32. 32. O-RING TEST  Desenvolvido pelo Dr. Yoshiaki Omura, Elaborou o Bi digital O-Ring Test – 1977 – Nova York  De 1978 – 1988 – fez testou o método fazendo exames duplamente – teste e exames de laboratório  Dr. Áton Inouê – 1989 – Nicaraguá  Ficou 3 anos fazendo exames duplos  Padre Renato Barth – 1993 – Brasil MT) (Cuiabá-
  33. 33. O-RING TEST  Omura conseguiu definir os três pontos fundamentais para atender ao doente: 1º- Descobrir que órgãos estão doentes no corpo; 2º- Detectar doenças que existam nos órgãos; 3º selecionar as plantas ou o tipo de quimioterapia que o corpo precisa para curar-se, sem que o intoxiquem ou lhe causem outro mal.
  34. 34. O-RING TEST A mão funciona como um imã eletromagnético. Aumenta ou diminui de potência aos novos estímulos que se sucedem.
  35. 35. O-Ring Test  São necessárias duas pessoas: o intermediário (que pode ser o paciente) e o testado.  O intermediário irá fazer um “O” com os dedos polegar mais um dedo (indicador ou médio, anelar ou mínimo). Testar pelo menos 02 anéis.
  36. 36. O-Ring Test Dr. Omura ressalta:  Um bom anel não deve ser aberto só com o(s) indicador(es) do terapeuta.  Um bom anel pode ser aberto visivelmente com dois dedos (indicadores e médios) do terapeuta.  Trabalha com um dedo
  37. 37. O-Ring Test
  38. 38. Teste por substituto  Usado para testar crianças pequenas demais para entender o teste, pessoas imobilizadas, ou amputadas, em coma, atletas pela excessiva força muscular, etc.  No O-Ring Test o intermediário irá segurar um arame ou outro metal ( o melhor é o cobre) que conduza corrente, terá no mínimo 20 cm, a grossura não importa, e o encostará no paciente, e com a outra mão fará o anel.
  39. 39. Teste por substituto  No teste muscular, o substituto deverá ser balanceado e com a outra mão deverá encostar no ombro do paciente durante todo o teste.  Os desequilíbrios energéticos da pessoa que não pode ser testada causaram fraque nos músculos correspondentes do substituto
  40. 40. BIBLIOGRAFIA  Saúde pelo toque – Jonh F. Thie – IBRACE  Cinesiologia Fundamentos, Prática e esquemas – Gunter Dobler – Manole  Bio-saúde – Renato Bart – s/ edit  Apostilas do Curso de Acupuntura Ceata  www.acupuntura.org.br  Apostila do Curso Rios de Luz – Eunice Ermel  Apostila Quintal de Recursos – Espaço do Ser  www.touch4hearth.net  www.kinesiology.net  http://cunhaharikyu-in.blogspot.com

×