Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

008 Redação Publicitária

297 Aufrufe

Veröffentlicht am

Novo conteúdo da disciplina de Redação Publicitária em Mídias Gráficas do curso de Publicidade e Propaganda.

Veröffentlicht in: Design
  • Als Erste(r) kommentieren

008 Redação Publicitária

  1. 1. SEGNHIHCAO DE PERSUASAO Persuasão é o substantivo feminino com origem no temo em latim persuadere, e consiste no ato de persuadir ou convencer. _V_ . ._›_7<: _saí-í / -' . sx-v r v 11:/ f . .y 4 A? ! 71/ 'f' f , - x. › -. . 7 .4 '1
  2. 2. SEGNHIFECADO PERSUÀSÀO O conceito de persuasão está intimamente ligado com crença e convicção, porque persuadir alguém significa fazem com que essa pessoa acredite ou aceite uma detemiinada ideia. Além disso, a persuasão t ambém pode convencer alguém a tomar um certo tipo de atitude. il? E
  3. 3. t4, , ?ê u PEBSUÀSAO A expressão poder de persuasão remete para a capacidade de alguém para persuadir outras pessoas. A persuasão é uma fonna de comuniwção estratégica que é feita através de , _ 1 argumentos lógicos ou simbólicos. Assim, a ” a capacidade de argumentação e a retórica são essenciais para conseguir persuadir aiguém. . u. : : :a , ›
  4. 4. SIGNIFICADO DE PERSUASAO A capacidade de persuasão e uma característica muito importante no âmbito da liderança. Um líder eficaz deve saber como persuadir outras pessoas, para que elas sigam as suas instruções e o caminho e as instruções indicadas.
  5. 5. ai. =~re , w.2:"-r. ... _,, . '. , _V ¡ HUVUÍI _ 3,13,' ~_ _y_ "fñí , "' . “hm . 'riiíiiiii wifi'- ' = 1- _. ._. :V MY. 'ig i $Êâjg49=1~ ': .-'4e'f; . ; Í íi-r . f tí~J; §ç3>? -í t c' ' fáãaivâiçêfâãr . - É? '- ir#
  6. 6. A profundidade dos argumentos e a verdade empregada neles é que definirá quando um texto é relevante e/ ou persuasivo. Técnica e criatividade também são fundamentais
  7. 7. A boa notícia é que produzir um conteúdo que assuma uma qualidade substancial não é tão difícil. Um pouco de técnica e muita criatividade fazem toda a diferença para a produção de uma redação persuasiva - aqui é preciso lembrar que redigir é escrever com método.
  8. 8. w» »a que é um texto persuasivo. Simples, 2 sempre que você detectar a opinião ' ' t_ do autor, ali está a intenção persuasiva. . '; Com maior ênfase, a persuasão 2 3_ aparece em: campanhas publicitárias '- (anúncios, folders, panfletos etc. ), 1 '. textos institucionais (sites, livros etc. ), 3 cartas comerciais e artigos de opinião 'S dos mais variados formatos. - 'a “' u . 'J 'a *~. , 1 "a . _ Í . t, 3. 'r i 1'; v) 'â ', (r ** " 3?. C , fit_ _ '. 'à _ _à_ . w t_ f¡ ¡ -v 3.4: '. ~ 'e C ' i' rs), O "_. ', í¡ ' "g "t. '¡l I/ I f ›' w V' A z. " . 'l , l ' . - 'a' Para começar, vamos entender o
  9. 9. 3.plíltílllRima¡@Winmãiüllllllállblüâúl vxarchisimunigzrzggrzidh. :mista-àguaítailnllíã: qilnuioíto-uma(amo-êxretavninita-: iloi-i _cz= ir:1ui= ierivn. :iâidiãuplítàtf-illêiiomo-diklâl *guia nã_ mai: Tíillnliliãiigtaltãuri~alliaiillli~"(92110): ,czareiliaiefivms ~: Hplâloiiãlllllanlis-qlliãlllíih-. â ifalkt-dlwdllnialnullclnnlovnlãallliunlsii , orolfâlm : ILg[lIlleiplãlñllllàiilllt! Qlilíiâlllhãíãii uolll-*iioblniofoia vlqgquqiurgliromsmo): -gpisrvmotíupzozdi; cecal-ll . omni (omni : and: (àíiíilcãlltíli: _ozqsinizienviom _âgk _,
  10. 10. 1° passo - Conquiste a atenção A começar pelo título. E título não é algo fácil de fazer! É uma parte do seu texto que deve receber tratamento especial; é o cartão de visitas. Ele deve ser criativo, diferenciado ao mesmo tempo que direto, pois seu peso é grande quando "rastreado" pelos buscadores. Uma dica: deixe o título para o final. No primeiro parágrafo capture a atenção e gere a necessidade de continuar lendo. Não enrole na introdução, comece já apresentando argumentos fortes. _ ' l A v - mu “-v- °" _i. _ _v. -
  11. 11. 2° passo - Apresente uma necessidade Mostre o conflito sobre o qual irá discorrer. Ele deve ser envolvente. "Opa, vamos ver o que ele tem a dizer para resolver é o que seu leitor pensará quando ler os primeiros parágrafos. Comece pelos argumentos antagõnicos àquilo que você está vendendo.
  12. 12. Repare nos anúncios de televisão: se o produto é um shampoo anti-caspas, as primeiras cenas mostram uma pessoa sofrendo com a seborreia (aqui está o conflito, indicando uma necessidade).
  13. 13. 3° passo - Mostre a solução e comprove Gerou a necessidade e falou como pode ser resolvida? Agora prove que a sua é a melhor solução. Se estiver falando de um produto ou serviço, deixe claros os diferenciais que você oferece. Mostre em que você se baseou para chegar a esta conclusão; embase seus argumentos em pesquisas científicas, em reportagens de excelentes fontes 'de infonriação, em pensadores. .. Enfim, deixe claro que o que está sendo dito é comprovável. Atenção: este trecho será o ceme do seu texto. Será a parte com mais argumentos. Dê uma atenção especial, cuidando para que suas resoluções sejam pouco contestáveis.
  14. 14. u. ~~'riiitviêi“ . alqbliii-'Eloxtolílrsa-: uqtltali vicxoñ-oílictoz-umu . aílráüâ_[O_lÍr¡ “Nãtintaum: :iiisiitn-dtmlõilimiir-¡taa-»zqpiraxs-rüawaomzoz “puma-catete ”, _g¡t, içiggiouàa›zoiniiltz_l" "[tg¡Itupialhuaioixioumltlti- ngnqiula-aiqiur' "izigç , ÍL7l›: (er: ~r1_ol_o, '5-^r1=)f§¡__' “meiuinitamiuxouuio" “ezoiuiglra : lgÇlí-ã" Aigsáliiinuiielzlnnioi Iiv-luipzsinifivu. Lslrnlõira-sta. g: =li_= lI. t=. _t= l'= X--5-›~HImalln¡io-ii= ›. iavi: i-i-= -›nn : im: 5aleiii¡¡~: lif= .1:r= a.o1iaL9§Io~: ¡-= (íntimanitcsatavivrozíê-ominivu; . . ,-. i 1. _ toward-i¡ ÕWÍÉXOIÍJÉIIIHIÍÍÕ¡ 3:t§= .r'VIâÍl= lr”0-Ól§JI= iíiV1o-ilabztllaulàl'ngm , ojzài _líi-? iittai iEuoiollilãlilílclêidlà-iipñh. àlziíltlllliâlllílclâiálhláülrítàíilutãli lili mini¡
  15. 15. Aprofunde-se um pouco mais na arte de persuadir. Leia estes livros: Teoria semiótica do texto - Diana Luz Pessoa de Banos (Editora Parma, 2005); Um fazer persuasivo: o discurso subjetivo da ciência - Maria José Coracini (Educ, 1991); Webwriting: redação e informação na web - Bruno Rodrigues (Brasport, 2006). - A arte de convencer - Luiz Augusto Araujo Pereira (Editora Interativa, 2010).

×