Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

Definitely Maybe

544 Aufrufe

Veröffentlicht am

Por que é tão difícil mudar a opinião de alguém? Por que ficamos ansiosos quando não entendemos algo? E o que nosso cérebro faz para nos acalmar?

Para mostrar que somos bem menos inteligente do que acreditamos — e como viver com isso — vamos falar de alguns tópicos de um jeito bem user-friendly:

• Otimismo intelectual e os eventos imprevisíveis
• Formas de adquirir conhecimento
• Viés de confirmação: a gente enxerga só o que quer
• Narrativas: a gente acredita só no que quer
• Evidências silenciosas: a gente pensa só o que quer
• O perigo do excesso de informação
• O escândalo das previsões

  • Hi there! Get Your Professional Job-Winning Resume Here - Check our website! http://bit.ly/resumpro
       Antworten 
    Sind Sie sicher, dass Sie …  Ja  Nein
    Ihre Nachricht erscheint hier

Definitely Maybe

  1. 1. DEFINITELY MAYBE or How I Stopped Worrying and Learned to Love Randomness
  2. 2. por que “saber” importa coisas que a gente não sabe coisas que não tem como saber por que a gente acha que sabe plmdds e agora?
  3. 3. a história humana é uma história de otimismo intelectual
  4. 4. a maldição biológica (minha hipótese favorita)
  5. 5. Task A sensação de saber / não saber
  6. 6. Um jornal é melhor que uma revista. Na praia é melhor que uma rua. No começo é melhor correr que andar. Talvez você tenha que tentar várias vezes. Você precisa de certa habilidade, mas é fácil aprender. Até crianças pequenas podem se divertir. Depois que dá certo, as complicações são mínimas. Pássaros raramente chegam perto. A chuva, no entanto, molha tudo rapidamente. Muitas pessoas fazendo a mesma coisa podem causar problemas. Você precisa de bastante espaço. Se não houver complicações, pode ser bem pacífico. Mas se as coisas se soltarem você não vai ter uma segunda chance.
  7. 7. insegurança intelectual significa angústialentidão perda de poder
  8. 8. como lidamos com isso? finge que não viu inventa uma explicação
  9. 9. dissonância cognitiva Humanos buscam consistência interna. Em caso de inconsistência (dissonância), ficamos psicologicamente desconfortáveis e somos motivados a reduzir a dissonância — assim como ativamente evitar situações e informações que possam aumentar essa dissonância.
  10. 10. Exercício: Perils of Perception Quanto você conhece seu próprio país? https://www.ipsos-mori.com/researchpublications/researcharchive/3664/Perils-of-Perception-2015.aspx
  11. 11. Resultados Índice da Ignorância Menos Correto 1. Mexico 2. India 3. Brazil 4. Peru 5. New Zealand (…) 24. United States 25. China 26. Poland 27. Ireland 28. South Korea
  12. 12. Eu superestimo o que mais me preocupa Eu me preocupo mais com o que parece mais comum Causas: ser ruim de matemática, cobertura midiática, viés pessoal Menos internet = maior tendência a generalizar minha experiência
  13. 13. Desafios do desconhecido a gente não entende o futuro a gente não entende o presente a gente não entende o passado
  14. 14. Proprietary & Confidential, CUBOCC, The Monster Whatever Hotshop is part of FLAG, The Creative Disruption Network. XX Como o conhecimento é adquirido?
  15. 15. Proprietary & Confidential, CUBOCC, The Monster Whatever Hotshop is part of FLAG, The Creative Disruption Network. Como o conhecimento é adquirido?
  16. 16. mecanismo 1 mentiras narrativas
  17. 17. histórias são nossa maneira de entender e explicar o mundo antes depois
  18. 18. obtendo, armazenando, catalogando informações
  19. 19. “tendência natural de procurar elementos que confirmem nossa história e nossa visão de mundo — e isso é sempre fácil de achar." mecanismo 2 viés de confirmação
  20. 20. difícil perceber nosso próprio viés (mesmo quando é super óbvio)
  21. 21. Task: Teste de Ética "Blind Spots — Why we fail to do what’s right and what to do about it”, Max H. Bazerman & Ann E. Tenbrunsel
  22. 22. Amnésia antiética https://hbr.org/2016/05/were-unethical-at-work-because-we-forget-our-misdeeds “Um mecanismo de adaptação para suportar a aflição psicológica e o desconforto de se comportar de forma antiética.”
  23. 23. deveria quero “Eu deveria agir eticamente… então eu vou!” “Eu deveria ter agido eticamente… então eu fiz.” “Não vejo as implicações éticas dessa decisão… então eu faço o que quiser” PREVISÃO LEMBRANÇA MOMENTO DA DECISÃO
  24. 24. Task: Enigma dos aviões da WW2 Quanta blindagem colocar nos aviões? Nós sabemos que, nos aviões que voltam, os buracos de bala são distribuídos assim: Parte do avião Buracos de bala por “square foot" Motor 1.11 Fuselagem 1.73 Sistema de gasolina 1.55 Resto do avião 1.80
  25. 25. mecanismo 3 evidências silenciosas
  26. 26. mecanismo 3 evidências silenciosas
  27. 27. o perigo do excesso de informação
  28. 28. o escândalo das previsões
  29. 29. coisas imprevisíveis que aconteceram
  30. 30. “ninguém sabe nada” mês que vem daqui a 100 anos daqui a 200 anos
  31. 31. Aprendizados (pra mim, tá?) reconhecer risco de ser envolvido pelo próprio viés cuidado com narrativas muito redondinhas olho nas evidências escondidas humildade intelectual e flexibilidade
  32. 32. Proprietary & Confidential, CUBOCC, The Monster Whatever Hotshop is part of FLAG, The Creative Disruption Network. ricardo.motti@cubocc.com

×