Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

039c - Não o ódio e as armas, mas o amor trunfará sobre o mundo como Jesus sobre a morte

53 Aufrufe

Veröffentlicht am

Não o ódio e as armas, mas o amor trunfará sobre o mundo como Jesus sobre a morte

Veröffentlicht in: Seele & Geist
  • Als Erste(r) kommentieren

  • Gehören Sie zu den Ersten, denen das gefällt!

039c - Não o ódio e as armas, mas o amor trunfará sobre o mundo como Jesus sobre a morte

  1. 1. NÃO O ÓDIO E AS ARMAS, MAS O AMOR TRIUNFARÁ SOBRE O MUNDO 1 COMO JESUS SÔBRE A MORTE 2 . Resumo 1. As armas de destruição de massa página 1 2. A Doutrina universal do Senhor Jesus " 2 3. O Cristo, Mestre, Médico e Medicina espiritual “ 3 4. Os processos ao Senhor Jesus e as responsabilidades dos Judeus para a Sua crucificação " 5 5. A função do amor na vida sobre a Terra " 6 6. A parte dos homens na vida " 7 7. Cada coisa acontece no seu tempo na vida “ 10 8. Deus, na pessoa de Jesus Cristo, perdoa nssos pecados e nós julga com amor " 11 As armas de destruição de massa de homens e coisas são o perverso fruto do egoísmo dos individuais e dos povos e elas têm sido induzidas por Satanás, o qual “quer a guerra e o ódio 3 “ ; se nós não queremos que eles sejam usadas necessita que todos os verdadeiros fieis das verdadeiras religiões do mundo uni-los na oração ao único Deus, a fim de que Ele não faza-las usar e, em seguida, faza-las destruir. Recordamos nós que a fim do comunismo na Rússia é devida à consagração da Rússia ao Imaculado Coração da Virgem Maria 4 . Êste poderia acontecer em breve, se o homem fazesse a sua parte, agindo e rogando com fé Quando o homem cooperará mais eficazmente alem que, com a oração, também com as boas obras para trazer mais justiça na terra, teremos também mais paz.. É necessário, e indispensável, que cada indivíduo e cada povo reconhecamos um irmão em todos os outros homens e povos, em modo que todos se comportem como ensina a regra de ouro do Redentor / Salvador Jesus: " Fazem aos outros aquêle que você querem que os outros fazam à você… 5 "; em seguida, os conflitos diminuirão ,porque aqui será mais justiça e paz sóbre a Terra. É necessário, antes indispensável que as religiões se unam na oração e nas boas obras, a fim de evitar conflitos de qualquer tipo, a fim de que as religiões, todas juntas, exercitem sóbre as populações e sóbre os indivíduos uma grande autoridade moral. Tal autoridade aumentará de muito se os apelos para a justiça e a paz serão coletivos. Nós propamos, por isto, que os Chefes das religiões se reúnam regularmente, pelo menos uma vez por ano, para pedir aos homens defazer sua parte, tanto para a justiça que para a paz, mas também para outras questões 1 Eileen Caddy, Le porte interiori, Mensagens, de 28 de Junho e 13 de Agosto , Amrita ; Eileen Caddy, La voce di Dio a Findhorn, página 146 (o amor cumpre a lei isto é realiza-la), Mediterranee 2 Maria Valtorta, L'Evangelo come mi è stato rivelato, Vol. 10, páginas 171-175, CEV srl, 03036 Isola del Liri (Frosinone), Italia 3 Medjugorje, I Messaggi della Regina della pace, Mensagem de 25 de Setembro de 2001, Shalom 4 Luís Gonzaga da Fonseca, Le meraviglie di Fàtima, página 44, San Paolo 5 Vangelo di Matteo 7 1
  2. 2. importantes que resguardem a toda a humanidade, ou singulares povos, especialmente os mais derrelictos, mas também para perguntar com mais fé e energia a ajuda de Deus. Em outras palavras, as religiões devem aliar-se para servir melhor os homens e para ajudar-se recìprocamente. A doutrina universal do Senhor Jesus : é necessário, antes indispensável para aumentar a justiça e a paz no mundo que todas as religiões, observem e fazam observar os comandos evangélicos do Senhor Jesus 6 , o Messias, que tinha Deus com Si mesmo, assim como reconheceu Nicodemos, o fariseu honesto 7 . O Homem-Deus ou o Emanuel, o Deus com nós, como profetizado por Isaías 8 tem sido o mais potente homem que jamais seja aparecido na Terra, com a tarefa de traçar a vía do Reino dos Céus para toda a humanidade, sobretudo, com a Regra de Ouro " Você fazem aos outros o que você qurem seja faito à você…9 ", com o mando de amar os inimigos 10 , a misericórdia e a beneficência 11 . O Senhor Jesus disse não sòmente que o Reino dos Céus era perto 12 ( o advérbio perto pode ser interpretado tanto no sentido espacial que temporal), mas também que: " O Reino é em tôda parte fora e dentro de você, sôbre e debaixo 13 ". É necessário, sim, essencial para um grande da justiça e da paz no mundo que todas as religiões ensinam aos seus crentes, o Decálogo 14 e mandamentos do amor 15 (e de todos os belos ensinamentos do Mestre e Senhor Jesus, extraindo-os dos Evangelhos), de modo que observar e fazer observar os outros. Os Mandamentos do amor são: "O Senhor,teu Deus ama, com todo o teu coração, com toda a tua alma e com toda a tua mente. Êste é o maior mandamento e o mais importante. O segundo é igualmente importante: ama o teu próximo como a ti mesmo. Toda a lei de Mosè e todo o ensinamento dos profetas dependem desses dois mandamentos 16 " ; Quem observa o Decálogo e os Mandamentos do amor ele/ela será libertado pela roda dos nascimentos e das mortes 17 e ele/ela tornará-se um com Deus através do Senhor Jesus 18 . Quando todo isto será feito por amor da justiça e da paz, por religiões e por povos, então, sim, que a matéria poderá à começar a refinar-se para retornar Espírito; o apóstolo Tomé refere em 6 Vangelo di Giovanni 14, 15-21 7 Vangelo di Giovanni 3 8 Isaia 7,14 (Emanuel significa Deus com nós) 9 Vangelo di Matteo 7, 12 10 Vangelo di Luca 6, 27-35 11 Vangelo di Luca 6, 36-38 12 Vangelo di Matteo 4, 17 13 Tommaso apostolo, Il Quinto Vangelo, trad. Mario Pincherle, página 95, Macroedizioni 14 Deuteronomio 5, 6-22 15 Levitico 19, 18 e Deuteronomio 6, 4-9 ; Vangelo di Matteo 22, 34-40 16 Deuteronomio 6, 4-9 ; Levitico 19, 18 17 Cerchio Firenze 77, Maestro perché?, páginas 45-70 (La ruota delle nascite e delle morti), Mediterranee 18 Vangelo Giovanni 14,20 2
  3. 3. seu Evangelho: " Um dia Jesus, na cima de uma montanha, despegar-se desde os apóstolos e, tomando-me pela mão, me disse "Tomé todo o que você vês aqui,em cima todo aquêle que você tocas e que você sentes, é matéria, é carne. Esta é a Grande Mãe ".Mestre , é portanto, a carne nobre quanto o Espírito? " Muito mais, Tomé! Se o Espírito transforma-se em carne é uma coisa maravilhosa, mas se a carne transforma-a em Espírito, esta é a maravilha de todas as maravilhas. É extraordinário como tanta riqueza poda nascer de tanta pobreza pressuposta 19 ". O Cristo, Mestre, Médico e Medicina espiritual : o Senhor Jesus, o Redentor e Salvador da humanidade, amou todos os homens de um amor divino, pois que Ele era o amor 20 sobre a Terra, sendo Filho de Maria e do Espírito-vontade de Deus, assim como o Alcorão confirma 21 . O Homem-Deus que era o amor fazia milagres porque Ele estava radicado no Pai Celestial e, por isto, Ele era Um com Êle 22 . Seus milagres consistiam em leis divinas em ação, que imediatamente tornavam a levar harmonia no doente, qualquer que tinha sido a sua doença física e espiritual; èpor isto Jesus, é o Mestre, o Médico e a Medicina eternas dos homens, seus Redentor 23 e Salvador ( o nome Jesus em hebraico significa Deus salva 24 ). Nossa Senhora de Medjugorje lembra-nós que Deus se é feito homem sôbre a Terra, no homem Jesus 25 . O Senhor Deus na revelação ao inglês Eileen Caddy, acontecida no século XX, em Findhorn, na Escócia, confirmou que o Cristo Messias é Seu Filho, com estas palavras: - " Está para vir o tempo quando se tornarão realidade estas palavras: << O Filho de Deus aparecerá em toda a sua glória, porque todos podem ver-lo >>. Sê pronta , porque ninguém sabe o dia e a hora. Sê pronta em cada momento para ver Êle. Eu digo a você não ser surpreendido por nada 26 ". - << EU SOU sempre com você. você se tornas sabedor de mim em cada momento. Nós somos Um, no coração, na mente e no Espírito. Você és perfeitamente sabedor da Presença Divina, o Cristo em você 27 >>. De tal maneira o Altíssimo confirmou a existência do Corpo Místico do Senhor Jesus, no qual todos os homens e todas as coisas são recapituladas 28 e, ao mesmo tempo que não podemos salvar-nós sem Êle 29 . 19 Tommaso apostolo, Il quinto Vangelo, trad. Mario Pincherle, página 101, Macroedizioni 20 Maria de Nazareth, Messaggi de Medjugorje, Mensagem de 25 de Junho de 1988 21 Il Corano, trad. L. Bonelli, sura III 40 e 52-53, Ulrico Hoepli 22 Vangelo di Giovanni, capítulos 14, 15 e 17 23 Maria Valtorta, L'evangelo come mi è stato rivelato, Vol. IX, página 280, o CEV srl 03036 Isola del Liri (Frosinone), Italia 24 La Bibbia di Gerusalemme, página 2086, nota 1,21 Edizioni Devoniane Bologna, Italia 25 Maria de Nazareth, Messaggi da Medjugorje, Mensagem de 25 de Abril de 1988, MIR, Ancona, Italia 26 Eileen Caddy, La voce di Dio a Findhorn, página 109, Mediterranee 27 Eileen Caddy, La voce di Dio a Findhorn, página 144, Mediterranee 28 Vangelo di Giovanni 1, 2-3 29 Vangelo di Giovanni 14, 6; 15, 1-17 e capítulo 17 3
  4. 4. É justo recordar a Paixão e a extraordinária da Ressurreição do Messias 30 , mas outra tanta luz deve ser orientada sôbre o estilo evangélico de vida quotidiana do fazer aos outros isto que se quereria fosse faito a nós mesmos 31 , estilo de vida que opera a transformação do homem de ser material em ser espiritual ou bem altruísta. Para obter tal transformação necessita decidir- nós para a conversão empenahada e duradoura que determinará, com a graça do Senhor Jesus e Maria de Nazaré, a grande maravilha da transformação da nossa "carne" em Espírito 32 . Não é impossível, esta mira também se trabalhoso e com renúncia aos prazeres do mundo e da carne; que a transformação do homen seja possível demonstrou-lo o Messias mesmo, com o seu modo de viver altruísticamente; de tal maneira Ele nós demonstrou que é possível operar o milagre da transformação da carne do homem em Espírito por meio da vida humana exposta a " lutas, tentações e dores " para salvar os Demônios 33 . Jesus Cristo disse de Si mesmo e dos homens: "… Eu sou a videira e você as varas de videira . Se um fica unido a mim e eu a ele, ele produz muito fruto. Sem mim você não podem fazer nada... 34 " . A salvação de cada homem é também fruto do seu empenho na conversão, porque o homem sempre deve fazer sua parte na vida espiritual 35 . Jesus também tinha que fazer Sua parte:; o Senhor disse de fato antes da última Ceia: " Estou profundamente turbado . O que devo fazer? Dizer ao Pai: "Faça-me evitar este prova? Mas é próprio esta hora que eu sou vindo. Pai, glorifica o teu nome! Então uma voz disse do céu: << Eu tenho glorificado-lo e glorificarei-lo ainda >>. Pessoas ouviram e alguns disseram: << é um trovão>>. Outros disseram: << Não, é um anjo que falou com ele>>. Jesus respondeu: aquela voz não era para mim, mas para você. Hora começa o juízp para êste mundo: hora o demônio, o chefe deste mundo, está para ser botado fora. E quando eu será levantado da la terra, atrairei todos os homens a mim… 36 ". Esta promessa de Cristo tem sido confirmado por Deus em Findhorn no século XX : << As almas que estão sabedores da consciência de Cristo sentem-se recíprocamente atraídas-las agora como o ferro para a ímã: pode acontecer que essas dêste não sejam sabedores ao momento, mas serão-lo nos próximos dias . É esta consciência que faz sim que mais e mais almas são atraídos mutuamente, de modo que todos você podam se tornar sabedores do Cristo interiore e render eternamente muito grato por êste conhecimento … 37 . 30 Maria Valtorta, L'Evangelo come mi è stato rivelato, Vol. X, páginas 171-175, CEV srl, 03036 Isola del Liri (Frosinone), Italia 31 Vangelo di Matteo 7, 12 32 Tommaso apostolo, Il Quinto Vangelo, trad. Mario Pincherle, página 101, Macroedizioni 33 Jakob Lorber, Il Signore parla, páginas 162 e 163, Armenia 34 Vangelo di Giovanni 15, 5; 35 Eileen Caddy, Le porte interiori, Mensagens, de 29 de Agosto e de 30 de Maio, Amrita 36 Vangelo di Giovanni 12, 27-32 37 Eileen Caddy, Le porte interiori, Mensagem de 24 de Dezembro, Amrita 4
  5. 5. Dia após dia, enches-te e emprenhas-te sempre mais da consciência do Cristo. Você és capaz de caminhar na luz e de tornar-se todo um com essa, até que em te não haverão mais trevas…. 38 . O Senhor Deus para poder nós demonstrar que era possível vencer a força de atração dos prazeres do mundo e da carne, Ele devia viver como um homem 39 e como um homem ele tinha para nós ensinar como ela pode ser vencida a materialidade da vida. Em propósito Jesus disse a seu escriba Jakob Lorber no século XIX "… Êste explica o mistério da Minha encarnação, que devia quebrar a matéria, que, diversamente, perdendo-se Lúcifer nas asperities do pólo oposto, seria tornada-se progressivamente mais dura. Minha encarnação significou, daqui, uma parada e mostrou como podia libertar-nos da idolatria e da adoração das qualidades polares; devia também demonstrar ( e este era o primeiro escopo ) como a morte que liga os homens ao matéria e aos seus prazeres poda ser superada e vencida, e também que a vida não se desenrola na matéria mas no Espírito, e que aquela é sòmente uma prisão dêste 40 ". Os processos ao Senhor Jesus e as responsabilidades dos Judeus para a Sua crucificação 41 : O Senhor Jesus nos doou a Sua vida, quando se deu se conta que os chefes dos Judeus eramdecididos a matar-lo para poder continuar à viver á modo dêles não aceitando-lo como renovador da doutrina farisáica. Em tal modo Jesus nós demonstrou o Seu amor por toda a humanidade, pois que sòmente para o amor se pode doar também a vida, sobretudo, à preço da cruel crucificação. Os Judeus não querem crer ao Sua natureza divina e que ele era o Messias, tanto atendido de Israel, das Judeus não querem crer tão pouco ao potência ultra humana do Espírito que estava Nêle, demonstrada pela inacreditável milagres que Ele durante os três anos da Sua vida pública e bem nota ao Sinédrio, do qual fazia parte também o honesto Nicodemos 42 . Contudo o Cristo tinha-lhes também informados-lhes sobre a Sua Ressurreição, desde quando Ele lembrou-lhes o sinal do profeta Jonas, admoestando-los: << Uma geração perversa e adultéra pretende um sinal! Mas nenhum sinal será dado a ela se não o sinal do profeta Jonas. Como de fato Jonas ficou três dias e três noites no ventre do peixe, assim o Filho do homem restará três dias e três noites no coração da terra… 43 . Mas não obstante sentisse que o ódio dos chefes Judeus estava crescendo, o Cristo continuou impertérrito Sua missão de salvação. 38 Eileen Caddy, Le porte interiori, Mensagem de 25 de Dezembro, Amrita; ver também Cerchio Firenze 77, Maestro perché?, páginas 239-240, Mediterranee 39 Maria de Nazareth, Messaggi da Medjugorje, Mensagem de 25 de Abril de 1988, a MIR 40 Jakob Lorber, Il Signore parla, página 162, Armenia 41 Vangelo di Matteo 27, 11-26 ; Vangelo di Giovanni 18, 12-40 e 19, 1-16 ; Maria Valtorta, L'evangelo come mi è stato rivelato, Vol. X, páginas 2-31, CEV srl, 03036 Isola del Liri (Frosinone), Italia 42 Vangelo di Giovanni 3, 1-2 43 Vangelo di Matteo 12, 38-42 e 16, 1-4 5
  6. 6. Com a recordação de Jonas profeta Jesus profetizou mais vezes que Ele teria sido capaz de ressuscitar no terceiro dia como em efeitos Ele fez 44 . O plano do Messias podeu realizar-se, porque, "… o amor é como uma chama, queima e também é visto de longinquo …." E ainda: "… E quem ama não é capaz de odiar; quanto mais as pessoas se comportam mal e mais a êle (a ela) desprazer para lhes ". Jesus cerca de três horas 45 antes de Sua captura instituiu a Eucaristia 46 para permitir, à todos os homens de ter-lo mais vizinho pelo menos, uma vez por semana, O último dom para os Judeus o Cristo crucificado fez-lo antes de morrer com esta oração: " Pai, perdoa-lhes porque não sabem aquêle que fazem 47 ". Quanto aos Judeus os Mestres espirituais do Cerchio Firenze 77 (Círculo Florença 77) ensinam que existem as responsabilidades cármicas ( para a lei da causa e do efeito ou lei cármica) tanto ao nível dos indivíduos e dos povos, 48 ; os Judeus deverão sofrer porque o dor é uma correcção/ensino, confirmando assim a Bíblia 49 Os Judeus, conhecendo a lei do talião: "olho por olho e dente por dente" , uma regra penal, eles teriam cabito bem a misericordiosa e divina lei de causa e efeito o lei cármica 50 ; os Judeus não ignoravam a lei de reencarnação 51 . Os Judeus, como povo, para bôca dos seus chefes aceitaram, cientemente a responsabilidade da morte de Jesus diante de Pilatos também para as gerações futuras 52 . Os Judeus não têm ainda acabado de descontar a pena ( ensinamento/ correção (Janeiro de 2018) para o cárma corretivo do povo devido ao captura, aos processos – Sinédrio e Pilato – com as condenações a morte, a crucifixão e a morte de Jesus 53 . A função do amor na vita na Terra: para primeira coisa cito uma definição de amor, porque temos as idéias confuses por o sesso, que não é certamente amor, também se o amor verdadeiro pode ser forte en algunas parelhas. Deus disse à Eileen Caddy da Comunidade de Findhorn em Escócia: - << ele/ela deixar que teu coração se expanda continuamente. O amor é necessário em todos os lugares. Recorda-te que o amor é serviço, o amor é ação. O amor não é uma 44 Maria Valtorta, L'evangelo come mi è stato rivelato, Vol. 1X páginas 171-175, CEV srl, 03036 Isola del Liri (Frosinone, Itália 45 Il Vangelo di Gesù, página 295 e seguintes, Mimep, Pessano,(Milano), Italia 46 Vangelo di Matteo 26, 26-29 ; Cerchio Firenze 77, Maestro perché, pagina 241, Mediterranee 47 Vangelo di Luca 23, 34 48 Cerchio Firenze 77, Maestro perché?, páginas 71-94 (La legge del karma) ; Dizionario del Cerchio, páginas 153-156 (Karma) e páginas 157-159 (Legge di causa e di effetto o Legge karmica), Mediterranee 49 Carlo Miglietta, Perché il dolore ?, páginas 118-126, Gribaudi 50 Cerchio Firenze 77, Dizionario del Cerchio, páginas 157-159 (Legge di causa e di effetto o Legge karmica), Mediterranee 51 J. Abelson, Kabbala e Mistica ebraica, página 156, Fratelli Melita Editori 52 Vangelo di Matteo 27, 11-26 ; Maria Valtorta, L'evangelo come mi è stato rivelato, Vol. X, página 26, CEV srl, 03036 Isola del Liri (Frosinone), Italia 53 Vangelo di Matteo 26, 47-56 ; 57-68 ; 27, 11-26 : 45-56 ; Cerchio Firenze 77, Dizionario del Cerchio, páginas 153- 156 (Karma), Mediterranee 6
  7. 7. confusa, vaga emoção do que falar. Aprende à demonstrar-lo em todo isto que você fazes 54 >>. - Amar é viver e viver é amar. Você não podes dizer de amar Me enão amar os seres humanos. Como você amas os outros assim você amas Me, porque todos são Um. Aceita esta unidade em todos os momentos. Quando não há divisão há grande paz de coração e de mente… 55 .>>. Um exemplo divino explica-nós a função da amor na vida do homem, tanto a nível de indivíduos que de tribos, etnias ou povos: << Me foi mostrada uma grande porta e pesada que era difícil de abrir, pois que as dobradiças eram enferrujados. Então eu vi algumas gotas de óleo deslizar nas dobradiças e a porta era rendida sempre mais corrente até que foi possivel abrir-la com uma simples pressão de um dedo. Eu ouvi estas palavras: Utilizas sempre mais frequente o óleo de amor, o óleo que lene.. O amor ressairá sempre à trovar a via. Abres teu coração e deixe o amor fluir livremente 56 >>. E é quanto o Senhor Jesus fez na Palestina até o último dia de sua vida gloriosa. E outro tanto fez Sua e nossa Mamãe, e, ao mesmo tempo, Mãe, mestra de infância e discípula de Cristo. É noto que a Bíblia fala do amor de Deus para os homens também fazendo referência ao coração e contém os Mandamentos do amor 57 ; o Amor Divino foi demonstrado com a vida vivida pelo Messias dois mil anos atrás em Palestina. E com Seu sacrifício 58 . No século XX, o Senhor Deus tornou a falar frequentemente do amor à Eileen Caddy, da Co- munidade de Findhorn no Escócia. Nós temos selecionados as seguintes Mensagens que nós recomendamos você a ler e meditar, porque também deles depende o nosso crescimento espiritual. Tais Mensagens têm sido atraídos pelo livro de Eileen Caddy, Le porte interiori, Amrita: Mensagem do dia 16 de Novembro (a primeira lição da vida); e, em seguida, o 2, 8, 18, 20 e 25 de Março, Mensagens de 6 e 9 de Abril, 2, 12 e 23 de Maio, de 5 e 28 de Junho, de 7, 17 e 22 de Julho, 13, 26 e 27 de Agosto, 3, 4, 12 e 17 de Setembro de 12 de Outubro, de 3, 16 e 23 de Novembro e de 22 de Dezembro. Pois que o homem, , ama sobretudo a si mesmo, para a aplicação de tais Mensagens, devemos sempre recorder a regra de ouro muito prático que ensinou o Senhor Jesus, a Palavra de Deus, na Palestina: << Fazem também aos outros todo o que você querem que eles fazam para você: assim comanda a lei de Mosè e assim os profetas ensinaram 59 >>. 54 Eileen Caddy, La voce di Dio a Findhorn, página 77, o Mediterranee 55 Eileen Caddy, La voce di Dio a Findhorn, página 147, Mediterranee 56 Eileen Caddy, Le porte interioi, primeira página do mês de Junho, Mediterranee 57 Levitico 19, 17-19 ; Deuteronomio 6, 4-9 ; Vangelo di Matteo 22, 34-40 58 Vangelo di Giovanni, capítulos 18 e 19; Vangelo di Matteo 26, 36 -75 e capítulo 27 59 Vangelo di Matteo 7, 12 7
  8. 8. A parte dos homens na vida : cada um homem tem uma função na vida associada em aquela espíritual 60 porque cada um tem algo o mais para compartilhar 61 mas há também uma função para as instituições humanas, por exemplo, aquela das Ordens religiosas e, daqui, também do Ordine Gesù Redentore ( a Ordem Jesus Redentor ). Todas as religiões do mundo são útiis e têm uma função, consideradas as tantas tipos de indivíduos de varias “raças” assim diferentes um do outro, que formam a humanidade de todos os tempos 62 . O Senhor Deus, explicou assim para o mosaico dos indivíduos à Eileen Caddy: << Foram mostradas me as tesseraa de um mosaico esparramadas sobre uma enorme mesa. No tempo que eu estava observando recompor-se a figura, vi que cada um elemento perfeitamente encastrava ao seu pôato. Eu ouviu estas palavras": Quando você és ao teu pôsto, e você desenvolves o rol que foi confiado a ti, não pode ser ali algum conflito e Meu plano pode realizar- se em autêntica perfeição 63 ". O Homem-Deus Jesus, o Emanuel 64 o Filho de Maria e do Espírito-vontade de Deus 65 , foi fiel à sua missão de salvação e desenvolveu o rol que tinha sido confiada a ele por seu Pai de Renovador das Escrituras Sagradas e das religiões do mundo, com total dedicação e amor; por isto, Ele também teve a fôrça de ressuscitar, porque ele doou si mesmo, isto é a Sua vida, o máximo bem do homem que vive em terra e em prêmio de Deus teve todo, também a força de ressuscitar com o seu mesmo Espírito 66 . Seu rol de Messias 67 tornava a pedir o sacrifício da Sua vida, porque tinha sido anunciado pelos profetas e porque os judeus chefes decidiram fazer ele matar por Romanos 68 ; o Senhor Jesus doou a Sua vida e então teve direito à tudo, de acordo com a lei de Deus 69 , também a força para derrotar a morte com a Ressurreição (da qual referimos a descrição de Maria Valtorta em outro documento do nosso Catecismo entre os Aprofundamentos na pasta do rol de Jesus Redentor), revivificando Seu corpo mortal crucifixo com a força do Seu mesmo Espírito 70 . O Senhor Deus disse a Eileen Caddy: <<…Você deve ter fé absoluta de poder viver desta forma, a fé na certeza que tua vida é guiada e dirigida por Mim, e isto significa que para primeira coisa você deve Me dar todode ti, para que Eu usar-lo como Eu quero. Você deve aprender que 60 Eileen Caddy, Le porte interiori Mensagens, de Agôsto de 27 e 29, Amrita, 61 Eileen Caddy, Le porte interiori, Mensagens de 25 e 26 Agôsto 25 e de 2 Outubro, Amrita, 62 Cerchio Firenze 77, Le grandi verità ricercate dall'uomo, páginas 162-163 (La Terra, scuola di "razze" in evoluzione), Mediterranee 63 Eileen Caddy, Le porte interiori, início do mês de Julho, Amrita 64 Isaia 7, 14( Si veda la nota 7,14 à página 1566 della Bibbia di Gerusalemme ), 65 Il Corano, trad. L. Bonelli, sura III 40 e 52-53, Ulrico Hoepli 66 Maria Valtorta, L'evangelo come mi è stato rivelato, Vol. X, páginas 171 - 175, CEV srl, 03036 Isola del Liri (Frosinone), Italia 67 Lo Zingarelli, dicionário da língua italiana: " No Antigo Testamento os eleitos enviado por Deus para ajudar o povo de Israel; 2. Em várias religiões figura do qual é atribuída uma missão divina de profunda renovação; 3. Pessoa muito atendida cuja vinda é se rete aporterá efeitos positivos… 68 Vangelo di Matteo 27, 11-26 69 Eileen Caddy, Le porte interiori, Mensagens do 27 de Agôsto e de 22 de Dezembro, Amrita 70 Maria Valtorta, L'evangelo come mi è stato rivelato, Vol. X, página 171-175, o CEV srl, 03036 Isola del Liri (FR), Itália 8
  9. 9. sòmente dando todo que você recebes tudo; você podes ressair sòmente depois de ter aprendido a Me amar, com todo teu coração, com a mente, com alma e com todas as tuas forças, porque sem amor você não podes cumprir êstes passos, nem podes viver esta vida. Então abres o teu coração e ama 71 >>. O Senhor Deus sempre instrue os homens: antigamente inspirou ao legislador judeu a lei do talião, uma lei direito penal 72 para dissuadir o homem do fazer o Mal. De tal forma o homem mesmo podia combater o mal já sôbre a Terra ao lado de seu Deus. A lei do taliáo era um sugestão divino para ensinar-nós à comportar-se bem, porque o Altíssimo quer abraçar novamente todos, um por um, depois que se é escolhido livremente o amor, que é o escopo da nossa vida. A vida como nós a conhecemos,foi pensado e realizado por Deus para corrigir e salvar a Satanás e os outros Anjos rebeldes trâmite a vida e o homem; sabemos que a vida do homem sôbre a Terra está exposta a " lutas, tentações e dores 73 " . Estas condições de vida têm o escopo de ampliar nossa consciência, fazendo-nós entender que devemos renunciar aos lutas, que se deve vencer as tentações e que temos que aceitar a dor porque é uma correcção/ensino dado por Deus com a lei da causa e do efeito 74 ou lei cármica 75 fazendo-nós o mesmo mal que fizemos aos outros em precedência 76 . A correção/ensino é dada ao homem na atual ou em uma futura encarnação terrestre, mas sòmente quando ele/ela será tornado-se maduro para compreendê-la, porque o nosso Deus é amor 77 e, por isto,Ele não quer nós fazer sofrer dando-nós as lições do dores - uma maneira para fazer-nós entender o que pode ser feito e o que não pode ser feito - se tais ensinamentos não aperfeiçoam porque nós não somos ainda maduros para compreendê-las 78 . A vida concebida e realizada pelo Deus do amor é uma escola que continua à desenvolver-se também após a morte do corpo físico na vida após a morte ( planos ou mundos Astral, Mental e Akasico ou da consciência ) 79 vida após vida80 , até que não se tornarão santos porque nosso Deus nos ama. A legislação penal inspirado por Deus para os legisladores de todo o mundo são o segundo degrau da pedagogia divina (o primeiro degrau é o Decálogo) para educar os homem para ao Bem, isto é o amor; por isto, antigamente foi ordenado ao homem: 71 Eileen Caddy, Le porte interiori, Mensagem de 27 de Agôsto ; (ver também o Mensagem de 22 dezembro ª , Amrita 72 Robert Aron, Gli anni oscuridi Gesù, página 56, Oscar Mondadori 73 Jakob Lorber, Il Signore parla, página 162, Arménia 74 Cerchio Firenze 77, Dizionario del Cerchio, páginas 157-159 (La legge di causa e di effetto ou lei cármica ), Mediterranee 75 Cerchio Firenze 77, Per un mondo migliore, página 210 (Legge karmica), Mediterranee 76 Cerchio Firenze 77, Le grandi verità ricercate dall'uomo, página 49 (Mantra del Karma), Mediterranee 77 Cerchio Firenze 77, La voce di Dio a Findhorn, página 42, Mediterranee 78 Cerchio Firenze 77, Le grandi verità ricercate dall'uomo, página 46 (n°4, 5, 6 e 7) e página158, Mediterranee 79 Jakob Lorber, Il Signore parla, páginas 90-92 (La Terra una scuola per i figli di Dio), páginas 133-137 (Il significato della miseria, della malattia e del dolore), páginas 170-178 (L'Anima nell'Aldilà) e página 185 (La Terra è un'ottima scuola), Armenia ; Thorwald Dethlefsen , Vita dopo vita, dialoghi con, reincarnati, Mediterranee ; Cerchio Firenze 77, Dizionario del Cerchio, páginas 64-65 (Cosmo),Mediterranee 80 Cerchio Firenze 77, Dizionario del Cerchio, páginas 238-240 (Reincarnazione), Mediterranee 9
  10. 10. - << não ter outros deuses diante de Deus; - Não fazer-se nem ídolo nem imagem alguma, nem do céu nem da terra, nem debaixo da terra ou nas águas e não prostrar diante dos ídolos e de não servir-los; - Não pronunciar em vão o nome de Deus; - De santificar o sábado, e de repousar nós em tal dia 81 ; - De honrar seu pai e sua mãe; - Não mate; - Não cometer adultério; - Não roube; - Não dizer falsidades (falso testemunho contra o teu próximo); - De não desejar a casa do teu próximo, la espôsa teu próximo, o escravo ou a escrava, nem o seu boi, seu burro, nem alguma coisa que pertenca a eu próximo 82 >>. O milagre da Ressurreição do Senhor Jesus demonstrou que eles não são as armas ou a oposição ou a resistência ao Mal, mas o triunfo sóbre o Mal por meio do Bem que pode dar a vitória duradoura 83 . O Senhor Deus disse, de facto : "… é o amor que triunfará sóbre o mundo, é o amor que reunirá toda a humanidade. Por isto, quanto você exprimas esta extraordinária força de amor que está dentro de você e você deixarás-la correr livremente, antes contemplarás, a paz e a harmonia do mundo e a unidade de toda a humanidade 84 . A humanidade estará reunida na Consciência do Cristo o qual tornará a surgir no intimo de cada homem 85 . Cada coisa acontece no seu tempo na vida, como foi mostrado à Eileen Caddy: << Foi me mostrado um campo de milho maduro, pronto para ser recolhido. Eu ouvi estas palavras: " Há um momento justo e uma estação justa para todo. Nunca enviar novamente nunca ao dia seguinte isto que você sabes de dever fazer agora, mas corres com o ritmo de toda a vida, mas sê perfeitamente em paz 86 ". Para se tornar discípulos de Jesus, à qualquer religião se pertenca - mas também se somos ateus – ncessita a boa vontade e a disciplina rígida de vida aceitando Suas condições, que consistem na adopção de Seu estilo de vida através a estreitada observância de Sua doutrina 87 obra de divina sapiência, que explicou nos detalhes o Decálogo 88 . 81 depois de Cristo, os Cristãos e outros repousam a Domingo 82 Esodo 79 20, 1-17; eu estou persuadido de que, por amor e justiça mesmos Mandamentos sejam válidos para todos os outros povos 83 Eileen Caddy, Le porte interiori, Mensagem de 13 de Agosto, Amrita 84 Eileen Caddy, Le porte interiori, Mensagem de 28 de Junho de Amrita 85 Eileen Caddy, Le porte interiori, Mensagens de 24 e 25 de dezembro, Amrita ; Cerchio Firenze 77, Le grandi verità ricercate dall'uomo, página 160, Mediterranee 86 Eileen Caddy, Le porte interiori, início do mês de Agôsto, Amrita 87 Vangelo di Matteo 16, 24-28 e Vangelo di Giovanni 15, 12-17 10
  11. 11. Jesus, o Cristo, é o modelo a ser imitado por todas as religiões e por todos os homens 89 ; o Seu estilo de vida permite a transformação do homem de um ser egoísta em um ser altruísta. Recordamos que Jesus, o Filho de Deus e do homem, promete grandes coisas aos Seus discípulos 90 todos aqueles que fazem os verdadeiros santos, entre os quais S. Francisco de Assis e Padre Pio de Pietrelcina, Santa Teresinha do Menino Jesuse Madre Teresa de Calcutá são lembrados, aos quais eu sou muito devoto. Os homens de todas as épocas e de todas as religiões, anteriores e posteriors ao Ressurreição de Cristo 91 , devem ser gratos ao Messias, pelo menos para a sapiência (Luz) que Ele transmitiu-nós com Seus Evangelhos antigos (Mateus, Marcos, Lucas, João e Thomas) e modernos (Jakob Lorber e Maria Valtorta) Evangelhos que, desde então, que iluminam a mente e o coração dos homens, em qualquer plano o mundo de existência do Cosmos ( mundo físico com a Terra, astral, mental e Akasico ou da consciência, ou mundos) 92 se trovem afugentando as trevas da ignorância que eram em eles. Os mestres do Budismo e de outras religiões orientais, conhecer a potência divina do Cristo, assim como demonstra a Cerimônia do Wesak, durante a qual o Buda manifesta-se cada ano, de dois mil e quinhentos anos, mas antes Dele o Cristo aparece; de fato: " Ao lado da altar, ao centro do grupo dos Mestres, que se materializa no Seu Corpo de Luz, o Cristo, Ele é vindo para acolher o Seu Grande Irmão. Ele receberá a bênção do Buda e, potencializando-la, Ele derramará sôbre a Terra 93 >>. O Senhor Jesus leva na mente e no coração dos homens com os Seus Evangelhos consiste na sapiência do amor que nós permite de salvar-nós com a Sua ajuda, depois ser-nós convertidos e ter vivido até o última hora da nossa existência terrestre, observando Seu estilo de vida ao melhor de nossas possibilidades. O Senhor Jesus é para todos os homens, a partir de dois mil anos, a Luz/Sapiência que Ele recebeu do Ser Supremo, o único Deus, mas Um e Trino 94 ; o Messias personificou em Palestina o Deus que ensina, guia, corrige - através a vida como a conhecemos com a lei da reencarnação 95 , a lei da causa e do efeito 96 ou lei cármica 97 - e, em seguida na pessoa de Cristo, Ele perdoa os Seus filhos 98 .O Altíssimo ao momento oportuno, todo doa a Seus filhos também a Consciência 88 Maria Valtorta, L'evangelo come mi è stato rivelato, Vol. VII , página 123, CEV srl, 03036 Isola del Liri (Frosinone), Italia 89 Tommao de Kempis, L'Imitazione di Cristo, San Paolo 90 Vangelo di Giovanni 14, 12-21 91 Vangelo di Matteo 27, 52-54 ; Vangelo di Giovanni, capítulos 20 e 21; Maria Valtorta, L'evangelo come mi è stato rivelato, Vol. X, páginas 171-175, CEV srl, 03036 Isola del Liri (Frosinone), Italia 92 Cerchio Firenze 77, Dizionario del Cerchio, páginas 64-65 (Cosmo), Mediterranee 93 Giuditta Dembech, Conoscere il Wesak, La grande Benedizione per tutta l'umanità, páginas 14-18, L'Ariete 94 Jakob Lorber 91, Il Signore parla, páginas 36-45 (Dio: unità ó trinità), Armenia 95 Cerchio Firenze 77, Dizionario del Cerchio, páginas 238-240 (Reincarnazione), o Mediterranee 96 Cerchio Firenze 77, Dizionario del Cerchio, páginas 157-158 (Legge di causa e di effetto), Mediterranee 97 Cerchio Firenze 77, Dizionario del Cerchio, página 159 (Legge karmica), Mediterranee 98 Jakob Lorber, Il Signore parla, páginas 181-184 (Il giorno del giudizio e la resurrezione della carne), Armenia 11
  12. 12. absoluta sem reservas 99 para acolher novamente-los como tantos filhos pródigos de memória evangélica 100 no Reino dos Céus. O Senhor Jesus respondeu à Filippo: " Quem me viu, viu o Pai 101 ", entendendo não o Seu corpo físico, mas a sua natureza íntima que é constituída de amor 102 , o amor que sempre salva e que nunca aceita como resposta os nossos nãos 103 , quando nós recusamos de obedecer à lei do amor que nós ensina a perdoar. Deus, na pessoa de Jesus Cristo, perdoa nossos pecadose nos julga com amor A única coisa do mundo que não muda e não mudará nunca é o amor de Deus para Seus filhos, pois que Deus é amor 104 . De fato Deus e o Senhor Jesus, também Ele, amor 105 , perdoam nossos pecados ou transgressões ao Decálogo e os dois Mandamentos do amor 106 ; mas há de mais: o Juízo Final de cujas ao Evangelho de Mateus (25, 31 46) nunca foi pronunciado por Jesus porque o inferno eterno não existe em quanto seria incompatível com o amor e a onipotência de Deus. Jesus tem definido "altamente tirânico” tal Juízo Final e disse que existe, em vez, um Juízo indivídual pronunciado por mesmo Jesus para cada homem, juízo "... que acontecerá imediatamente após a saída da alma de êste corpo!... "- mas tal juízo não será baseada em nossos pecados -que são perdoados por Deus na pessoa de Jesus - mas será baseada nas boas obras do homem , que o homem esmo tem feito vivendo na Terra durante cada encarnação terrestre onde acontece a principal fase da evolução humana, com graus sempre maiores de Mente e de Espírito ( para Espírito se entenda consciência, porque o Espírito é eterno, não criado e, por isto, a Gota ou Centelha Divina - Espírito – Si do homem não está sujeito à evolução 107 ). A primeira fase da evolução da consciência do homem acontece sôbre a Terra, enquanto que a segunda fase do tal crescimento acontece na vida após a morte 108 ; duas são as leis fundamentais da Lei da Evolução 109 do homem: a lei de causa e efeito ou lei cármica 110 e a lei da reencarnação 111 . Mas há de mais: o Senhor Deus disse: <<…. Portanto Eu sou a substância que te constitue 99 Cerchio Firenze 77, La Fonte Preziosa, página 267, Mediterranee 100 Vangelo di Luca 15, 11-32 101 Vangelo di Giovanni 14, 8-9 102 Eileen Caddy, La voce di Dio a Findhorn, página 42, Mediterranee ; Maria de Nazareth, Messaggi da Medjugorje, Mensagem de 25 de junho de 1988 103 Eileen Caddy, Le porte interiori, mensagem, datada de 12 de Outubro , Amrita 104 Eileen Caddy, Le porte interiori, mensagem, datada de 17 de Julho , Amrita 105 Maria de Nazareth, Messaggi da Medjugorje de 25 de junho de 1988, Amrita 106 Deuteronomio 5, 6-22 ; Levitico 19, 18 e Deuteronomio 6, 4-9 107 Cerchio Firenze 77, Per un mondo migliore, página 207 (Goccia o Scintilla Divina - Spirito - Sé), Mediterranee 108 Cerchio Firenze 77, Le grandi verità ricercate dall'uomo, páginas 175-180 (Evoluzione dopo il trapasso), Mediterranee 109 Cerchio Firenze 77, Per un mondo migliore, página 206 (Evoluzione) e página 210 (LEGGE di evoluzione), Mediterranee 110 Cerchio Firenze 77, Dizionario del Cerchio, páginas 157-159 (Legge di causa e di effetto o Legge karmica), Mediterranee 111 Cerchio Firenze 77, Per un mondo migliore, página 214 (Reincarnazione) e Dizionario del Cerchio, páginas 238-240 (Reincarnazione), Mediterranee 12
  13. 13. e o espírito que te anima, pois que você és em mim e eu sou em ti, meu filho. Mas eu não me paro só à êste, porque eu rendo partícipe de me mesmo cada ser e a cada um eu doar-me totalmente sem reservas, até o ponto que cada distinção, eu e te, cada separação, são sòmente ilusórias, e que eles são-lo aquêle tanto necessário para fazer te existir, a doar ao ser a absoluta consciência. Êste eu sou 112 >>. Ao fim de sua evolução, no homem tornado-se santo, acontecerá a sua identificação com o Absoluto Um 113 . 112 Cerchio Firenze 77, La Fonte Preziosa, página 267 (Questo Io sono), Mediterranee 113 Cerchio Firenze 77, Dizionario del Cerchio, páginas 133-134 (Identificazione con l'Assoluto), Mediterranee 13

×