Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Die SlideShare-Präsentation wird heruntergeladen. ×

029c - O homem na frente das virtudes e, particularmente

Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Wird geladen in …3
×

Hier ansehen

1 von 7 Anzeige

Weitere Verwandte Inhalte

Diashows für Sie (20)

Ähnlich wie 029c - O homem na frente das virtudes e, particularmente (20)

Anzeige

Weitere von OrdineGesu (20)

Aktuellste (20)

Anzeige

029c - O homem na frente das virtudes e, particularmente

  1. 1. O homem de frente aos virtudes e, particularmente, de frente aos três virtudes teologais: a fé, a esperança e a caridade. Premissas: As virtudes são insitas na predisposição natural (ou adquirida, no tempo que viviam na Terra) de muitos homens que agem sempre bem; eles são aquêles que ajudam seus irmãos homens, outros seres vivos e respeitam o ambiente e evitam o Mal de qualquer forma. Esta predisposição ao Bem deriva do coração de aquêles que amam e também pode ser o fruto adquirido de um ampliação de suas consciência ocontecido na Terra depois de um caminho espirítual pelo qual o homem mesmo tem aprendido a conhecer si mesmo, isto è ele è tornado - se sabedor (não consciente) de seus vícios, defeitos e otras pobrezas espiritual e dêste se é liberado pelo efeito de um processo natural de libertação que se è estabelecido após que è tornado-se sabedor dos próprios limites 1 em virtude do auto-conhecimento de si mesmo; este processo é um dom de Deus para os homens que se empenham nell'auto psicanálise de si mesmos; um dos frutos do auto-conhecimento também será o ampliação de sua consciência 2 . A Religião Católica tão distingue as virtudes: a. Três virtudes teologais: Fé, Esperança e Caridade; b. Quatro virtudes cardinais: Prudência, Justiça, Fortaleza e Temperança. Para nós, do Ordine Gesù Redentore (Ordem Jesus Redentor) pois que os vícios capitais são sete, ou seja, do soberba, avareza, luxúria, ira, gulositade, inveja e acídia ou indolência, são sete também as virtudes contrárias; eles são: modéstia, generosidade, a castidade ou continência, suavidade, sobriedade (no comer, no beber e nos outros comportamentos humanos); comprazimento (para as capacidades, as riquezas, a beleza ou os sucessos dos outros) e operosidade ; a estas virtudes juntamos a justiça a fôrça se ânimo, a prudência, a temperança, daqui para nós as virtudes são doze. Estas doze virtudes emergem no homem que começa à amar Deus e su próximo como si mesmo; pois que a mão è em cada coisa as doze virtudes sôbre listadas são dons ao homem do Espírito de Deus, isto è da Grande Mãe Espírito Santo. Mas quando é possível que o Senhor Deus faza desabrochar em nós as virtudes, se nós não tinhamos disso do nascimento e entre eles a Fé, a Esperança e a Caridade? Isto é possível para cada homem que vivendo na Terra tenha descoberto quais vícios, defeitos e outras pobrezas espirítuais tinha através à auto psicanálise de si 1 Cerchio Firenze 77, La voce dell’ignoto, página 45-50, Mediterranee 2 Cerchio Firenze 77, La voce dell’ignoto, página 45-50, Mediterranee 1
  2. 2. mesmo. Quando o homem se torna sabedor (náo consciente) de suas limitações (vícios, defeitos e outras pobrezas espirítuais) para o processo natural de liberação 3 de cuyas foi dito antes, supera o eu egoístico e humano que, para muitas encarnações é ò todos muito útil, mas depois - em algum momento da vida espiritual - torna-se um outro limite do homem. O Maestro Claudio do Cerchio Firenze 77 disse que << A única maneira de superar prôprios limites é aquêle de tomar-se sabedores deles 4 >>. Depois que nós livramos de nossos vícios, defeitos e outras pobrezas espirítuais, mercê o processo de libertação de cuyas foi dito antes se manifestam em nós o primeiro "sentires" de consciência, porque temos superado nossos limites também o nosso eu humano e nosso egoísmo. Mas, repito, é essencial "ver" a mão de Deus em tudo, porque nada acontece por acaso, fortuna e desfortuna também resguardo ao amplidão da nossa consciência: na verdade, devemos sempre fazer a nossa parte, que é pensar e viver evangèlicamente ao melhor de nossas possibilidades e conhecer si mesmo 5 . Nos seres humanos - para qualquer nação ou religião pertence – a Consciência cresce continuamente durante as encarnações que se seguem para ele na Terra em fôrça da Lei da Evolução 6 , da Reencarnação 7 e do Karma 8 . Fim das premissas. Quanto aos três virtudes teologais: Para mim, a fé significa ter confiança incondicionada nas promessas de Deus. Para mim a Esperança significa confiante expectativa que se realize a promessa bíblica da salvação de Deus para cada homem; mas nós devemos sempre fazer a nossa parte esperando o melhor de cada evento de nossas vidas quotidiana 9 e êste acontece quando você se faz a vontade de Deus ao melhor de nossas poucas possibilidades. Para mim, a Caridade é uma predisposição natural ou adquirida a compreender e ajudar os outros e outros seres vivos. A caridade é filha do amor; a Caridade significa também a predisposição à ignorar os defeitos dos outros, olhando sòmente seus preços. 3 Cerchio Firenze 77, Dizionario del Cerchio, página 1 60 (Liberazione), Mediterranee 4 Cerchio Firenze 77, La voce dell’ignoto, página 45-50, Mediterranee 5 Cerchio Firenze 77, Dizionario del Cerchio, página 54-55 (Conoscere se stessi), Mediterranee 6 Cerchio Firenze 77, Per un mondo migliore, página 206 (Evoluzione), Mediterranee 7 Cerchio Firenze 77, Per un mondo migliore, página 214 (Reincarnazione), Mediterranee 8 Cerchio Firenze 77, Dizionario del Cerchio, página 153-156 (Karma), Mediterranee 9 Eileen Caddy, as portas internas, de Agosto de 3 mensagens, de 13 e 22 de Novembro, Amrita 2
  3. 3. Olhando o mundo em torno de mim, ilustrado por jornais e televisãos, a mim poder deduzir disso que as três virtudes teologais não são muito difusas nesta época na Terra (o fim do segundo milênio e início do Terceiro Milênio), assim como as outros nove virtudes listados na premissa. Um homem que tenha vivido na Terra, pelo menos quarenta mil anos - e que por isto tenha desembrulhado uma forte fé em Deus, um pouco de esperança e um pouco de caridade - deveria ter uma predisposição natural para o Bem. As épocas deveriam ser, mais ou menos, quase sempre iguais, para dizer que as pessoas que vivem na Terra de além quarenta mil anos 10 são quase sempre poucas. Nesta terra há muitíssimas pessoas que viveram lá por cerca de trinta mil anos, mas são uma minoria dos vivos; a maioria de viventes, mais ou menos em cada época, é composta de homens que vivem lá por menos tempo, às vézes, lá vivem por apenas alguns séculos ou alguns milênios, como acontece a aquêles que fazem parte das pessoas aos primeras encarnações na Terra, aquêles que têm um egoísmo violento 11 . Basta escutar um telejornal para render-se conta que também estas pessoas são tantíssimas ! Nesta época, se me coloco na frente das três virtudes teologais fé, esperança e caridade e as outras virtudes, além de sentirme pequenp pequeno devo concluir que na Terra as virtudes não seja muito difusas; sua difusão vais de par passo com o ampliação das consciências dos homens; A consciência é o altruísmo, ou seja, o amor para o próximo, assim de que eu dêste deduzo que ao certo ponto da evolução das pessoas - isto é, quando eles têm vivido no Cosmos por cerca de quarenta ou quarenta e cinco mil anos, a Grande Mãe Espírito Santo, ou bem Deus 12 , faza desabrochar em cada uma dessas pessoas os flores das virtudes, ente os quais os três flores das virtudes teologais preditas; faz desabrochar-lo a partir das sementes das virtudes mesmas que eles já estavam em êles 13 . Mas é sempre necessário que o homem sempre faza a sua parte durante a sua vida, isto è se comporte sempre bem 14 . No tempo que as pessoas vivem na Terra ampliam sua consciência, contemporâneamente se desenrolam também suas virtudes contanto que as pessoas 10 Cerchio Firenze 77, Le grandi verità ricercate dall’uomo, página 162-163 (La Terra, scuola di “razze” in evoluzione), Mediterranee 11 Cerchio Firenze 77, Dizionario del Cerchio, página 228 (Prime incarnazioni umane), Mediterranee 12 Eileen Caddy, Le porte interiori, Mensagem de 28 de Março, Amrita 13 Eileen Caddy, Le porte interiori, Mensagem de 11 de Novembro, Amrita 14 Eileen Caddy, Le porte interiori, Mensagens de 30 de Maio e de 29 de Agôsto, Amrita 3
  4. 4. mesmas se comportem sempre bem - vivendo o evangèlicamente ao melhor de suas possibilidades - durante as muitas encarnações que vivem na Terra de acordo com a Lei de 'Evolution assim definida pelo Mestres desencarnados do Cerchio Firenze 77 (Círculo Florença 77): << Processo para o qual a vida através de formas sempre mais organizadas, expressa graus sempre maiores de mente e de espírito 15 >>. Para a Espírito se entenda Consciência porque o Espírito do homem é a sua Gôta ou Centelha Divina que não está sujeito a uma evolução16 sendo incriada e perfeita porque é divina. A lei da evolução foi promulgado pelo Deus de amor e de vida para redimir e salvar os Demônios pela vida que Ele mesmo ideada e realizada fazendo-los encarnar nos homens. Os demônios humanos 17 se encarnam na Terra até que não serão tornado-se super-homens ou santos. A Santidade é garantida a cada homem com as leis da Evolução, da Reencarnação e do Karma, porque Deus e do Seu Cristo nós não julgam sôbre a base dos nossos pecados, mas sôbre a base das boas ações que temos feito em cada a existência na Terra sôbre a base de um julgamento individual do Cristo 18 .Isto significa que Deus e o Cristo para nosso amor nunca nós condenam, porque eles sabem que os homens durante suas muitas encarnações na Terra são por natureza egoístas ou muito egoístas. Na pessoa de Jesus Cristo, o Senhor Deus julga os homens no dia de seus juizo individual - quando passam além na outra vida depois de ter deixado seus corpos físicos na Terra - não sôbre a base do seus pecados, como dizem outras religiões, se bem sòmente e exclusivamente sôbre a base das boas ações que fizeram na Terra, assim como já foi dito. E é sempre por êste tipo de juizo misericordioso e por o perdão dos pecados que o Senhor Deus pode doar a todos os homens ou demônios humanos 19 a vida eterna e a Consciência Absoluta 20 depois a redenção do Cristo 21 . Por exemplo, o homem Andrea tinha fé em Deus e em Jesus Cristo; ele tinha um pouco de esperança e também um pouco de caridade, isto é, de amor pelos outros, 15 Cerchio Firenze 77, Per un mondo migliore, página 206 (Evoluzione), Mediterranee 16 Cerchio Firenze 77, Per un mondo migliore, página 207 (Goccia o Scintilla Divina – Spirito – Sé), Mediterranee 17 Jakob Lorber, Il Signore parla, páginas 162 e 178, Armenia 18 Jakob Lorber, Il Signore parla, páginas 181-184 (Il giorno del giudizio e la resurrezione della carne), Armenia 19 Jakob Lorber, Il Signore parla, páginas 162 e 178, Armenia 20 Cerchio Firenze 77, La Fonte Preziosa, página 267, Mediterranee 21 Eileen Caddy, Le porte interiori, Mensagens de 24 e 25 de Dezembro, Amrita ; Le grandi verità ricercate dall’uomo, página 161-162 (Il ”ritorno” de Cristo), Mediterranee 4
  5. 5. mas viveu evangelicamente na Terra ao melhor de suas possibilidades e assim ele fez contente a Deus 22 . Quando Andrea passou além de na outra vida como foi julgado pelo Senhor Jesus? Andrea foi julgado de acordo com a Caridade Amor e, portanto, a caridade amor de Andrea foi julgada suficiente para fazer-lo tornar - se um santo sem deverse mais reencarnar na Terra, porque como santo receberá de Deus as três virtudes teologais acima mencionadas e outras virtudes em suas plenitude, quando receberá a consciência absoluta, bem como se refere mais tarde. Da Lei da Evolução também pertencem a lei da Reencarnação 23 ea Lei do Carma 24 ; A lei do carma compensa o Bem feito por pessoas com paz e tranquilidade no tempo que cura o Mal feito por pessoas com penas e angústia 25 . O nosso viver bem, isto è evangélicamente, e o Auto-Conhecimento 26 por meio da Auto-psicanálise 27 o Senhor Deus nos doa a cada encarnação terrena – em fôrça da Lei da Evolução, graus crescentes de mente e, sôbre a todo de Consciência, porque Deus é o amor 28 ; mas também é amor a Jesus Cristo 29 ; para amor o Senhor Deus promulgou a Lei da Evolução em fôrça da qual o homem tem - em cada encarnação - a possibilidade de ampliar sua Consciência e, portanto, pode crescer espiritualmente para se tornar um super-homem ou um santo vivendo numerosas vezes no Cosmo para mais de cinquenta mil anos 30 . Mas há de mais: Nós teremos certamente também todas as virtudes e, portanto, também oaquelas teologais ógico, isto é a Fé, Esperança e Caridade, porque isto que Deus tem criado será também nosso! De fato, o Senhor disse: << ... Veja aquêles que te circundam? Eles se alegram, sofrer, movem – se, vivem eo isto que tu vês de êles Eu faço isso acontecer para você. Veja o que acontece no mundo? Isso acontece para você. Também isto que você tens tido uma notícia descarnada, sentido um eco distante è acontecido por ti meu filho. O sol nasce e tramonta, as estações se subseguem os 22 Maria Valtorta, L’Evangelo come mi fu rivelato, Vol. IV, página 319, CEV srl, 03036 Isola del Liri (Frosinone), Italia 23 Jakob Lorber, Il Signore parla, páginas 184-186 (La reincarnazione), Armenia ; Cerchio Firenze 77, Dizionario del Cerchio, páginas 238-240 (Reincarnazione), Mediterranee 24 Cerchio Firenze 77, Dizionario del Cerchio, página 153-156 (Karma), Mediterranee 25 Cerchio Firenze 77, Le grandi verità ricercate dall’uomo, páginas 43-49 (La dinamica del karma), Mediterranee 26 Cerchio Firenze 77, Dizionario del Cerchio, página 35-36 (Autoconoscenza), Mediterranee 27 Cerchio Firenze 77, Dizionario del Cerchio, página 37 (Autopsicanalisi), Mediterranee 28 Eileen Caddy, La voce di Dio a Findhorn, página 42, Mediterranee 29 Maria di Nazareth, Messaggi da Medjugorje, Mensagem de 25 de Junho de 1988, MIR 30 Cerchio Firenze 77, Oltre l’illusione, página 185, Mediterranee 5
  6. 6. planetas percorrem em suas órbitas, os universos nascem e perecem e todo isto eu faço-lo acontecer para você, meu filho. Então eu sou a substância que te constitue e o espírito que você anima, pois que tu estás em mim e eu sou em ti, meu filho. Mas eu não me paro sòmente a êste, porque rendo partícipe de me mesmo cada ser e a cada um me doaro inteiramente sem reservas, até ao ponto que cada distinção eu e te, cada separação são ilusórios, e são-lo aquêl tanto necessário a fazer te existir, para doar ao ser a consciência absoluta. este I sou 31 >>. Então, nós temos que fazer para a vida espiritual, como Deus pede de nós e eu já mencionei é fazer a nossa parte para que ninguém pode e vai fazê-lo para nós, a partir de conhecer a nós mesmos. Então eu acho que a nossa parte no evento consiste de virtudes: a. para a fé: Vivendo na Terra devemos continuamente nós exercitar em ter fé e confiança em Deus, até que a nossa fé e nossa confiança não serão se tornadas absolutas como Deus mesmo nós pede 32 . Deus e Seu Cristo se merecem amplamente a fé ea confiança dos homens; b. para a esperança: Com a nossa esperança nós podem ajudar a construir um mundo melhor, ma a fim de que isto poda acontecer devemos antes começar a mudar a nós mesmos superando nosso eu humano e, daqui, nosso egoísmo para começar a amar os outros como a nós mesmos como Deus nos pede 33 . O homem nunca deve pensar que lhe o pior acontece, tão pouco nas dificuldades, mas sempre o melhor de tudo e de todos ao cada evento de nossas vidas quotidiana 34 . Pensando desta forma podemos cultivar melhor a esperança para um mundo melhor e na vida eterna para nós, nossos queridos e para todos, também para o piores entre nós. Desde o século XX todos nós podemos saber que a redenção e salvação de cada um de nós - para a ajuda que Deus e Cristo nos dão 35 - é certo, 31 Cerchio Firenze 77, La Fonte Preziosa, página 267, Mediterranee 32 Eileen Caddy, Le porte interiori, Mensagem de 13 de Novembro, Amrita 33 Levitico 19, 17-18 ; Eileen Caddy, Le porte interiori, Mensagens de 27 de Janeiro e de 28 de Abril, Amrita 34 Eileen Caddy, Le porte interiori, Mensagem de 13 de Novembro, Amrita 35 Eileen Caddy, Le porte interiori, Mensagens de 24 e 25 de Dezembro, Amrita ; Cerchio Firenze 77, Le grandi verità ricercate dall’uomo, página 160-161 (Il “ritorno” del Cristo), Mediterranee 6
  7. 7. mas devemos aprender a nunca pensar negativamente, porque então poderíamos criar o pior da vida; Portanto, devemos sempre pensar positivamente porque o pensamento cria para uma lei de Deus 36 . Com o pensamento positivo também se aumenta a virtude da esperança; por esta razão, devemos sempre esperar que se realizes o melhor de todo e de todos nos acontecimentos de nossas vidas quotidiana; c. Para a Caridade: Os pobres da Terra têm necessidade de Caridade. A caridade tem necessidade dos homens porque nós somos as mãos e os pés de Deus 37 ; por isto são os homens ricos e potentes que devem distribuir equitativamente as grandes riquezas naturais da Terra, e aquelas criadas pelo homem mesmo. È chegado o tempo de distribuir tais riquezas ao mesmo tempo ajudando os povos pobres para se libertar da fome, da sede, da doenças e da ignorância. Comportandose ao melhor de nossas possibilidade para o nosso próximo também estamos aumentando a caridade em nós. Asim sendo as coisas, isto que devemos fazer vivendo evangèlicamente é também adquirir o conhecimento de nós mesmos para superar o eu humano e os outros nossos limites e é assim que nós teremos também todas as virtudes, incluindo a Fé, a Esperança e a Caridade. 36 Eileen Caddy, La voce di Dio a Findhorn, página 140-141 (…come l’uomo pensa così egli sarà; come pensate così create; questa è la Mia legge), Mediterranee 37 Eileen Caddy, Le porte interiori, Mensagem de 30 de Dezembro, Amrita 7

×