Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Die SlideShare-Präsentation wird heruntergeladen. ×

027c - O Senhor Deus diz ao homem porque ele deu sua vida

Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Nächste SlideShare
Essência
Essência
Wird geladen in …3
×

Hier ansehen

1 von 1 Anzeige

Weitere Verwandte Inhalte

Weitere von OrdineGesu (20)

Anzeige

Aktuellste (20)

027c - O Senhor Deus diz ao homem porque ele deu sua vida

  1. 1. O Senhor Deus desdobra ao homem porque lhe deu a vida << Eu não lhe tenho dado a vida no mundo porque tu ali levasse a morte. Não porque eu dei- o desejo porque tu se tornasse ávido. Eu não te dei a mente, porque tu te rendesses escravo de suas tramóias. Nem tenho dado-lhe a tranqúilidade, porque tu vegetasse e o progresso, porque te circundasse de coisas inútiis ou perdesses a tua vida na busca de aquelas. Eu não te dei a grandeza porque tu desprezasse os humildes. Nem eu dei-lhe o poder porque tu oprimisses e obrasse injustiças. Eu não te dei a paz porque tu destruisses-lo. E se eu permitiu a guerra, é porque tu apreçasse o acordo. Se eu permitiu a dor que vem do egoísmo de teus semelhantes, e do teu, é porque tu compreendesses o esplendor do altruísmo. Se eu permitiu a intolerância, a ofensa, a escravidão, é porque tu perseguisses as virtudes contrárias. E se eu permitiu que tu fosses humilhado, desfrutado, incomprendido, é porque tu aprendesses a não humilhar, não desfrutar, entender, pois que uma vida feliz, mas estéril não é tão preciosa como uma atormentada que doares compreensão. Mas eu te dei a vida no mundo, porque tu rendesses-lo mais belo. Eu te dei a abundáncia porque a ti fosses mais fácil doar. Eu te dei o bem-estar, porque tu tivesses piedade dos quem sofre. Eu te dei a sabedoria que tu criasse. Eu te dei o desejo, porque tu desejasse o bem de teus semelhantes, e a mente para que tu entendesses que só uma coisa é necessária, e aquela tu escolhesses: aquela coisa que te conduze além dos opostos, onde não há separação, onde causa e efeito são uma só Realidade 1 >>. 1 Cerchio Firenze 77, La Fonte Preziosa, página 230, Mediterranee

×