Anzeige

BRASIL 2023 - QUAL FUTURO QUEREMOS - PARTE 2

CEO | InternationalConsultancy | M&A Culture Change | C+ Advisor um Botelho & Global Associates
8. Feb 2023
Anzeige

Más contenido relacionado

Similar a BRASIL 2023 - QUAL FUTURO QUEREMOS - PARTE 2(20)

Anzeige

BRASIL 2023 - QUAL FUTURO QUEREMOS - PARTE 2

  1. what future do we qual futuro querem Creating Growth in Challenging Times Luiz Botelho https://www.luizbotelho.biz Parte 2 Part 2
  2. 3
  3. needs needs needs 4
  4. - precisamos reativar a economia e melhorar nossas competências - we must reactivate the economy and improve our competencies needs 5
  5. needs Desemprego | Unemployment | fonte | source: https://www.ibge.gov.br/explica/desemprego.php Desempregados (desocupados) unemployed 11,9 milhões Taxa de Desemprego (desocupação) unemployment 11,1% Desalentados (desencorajados) discouraged 4,6 milhões Taxa de subutilização (subocupação) underemployment 23,2% Brazil Unemployment Rate | Desemprego 1º. Trimestre 2022 6
  6. needs Desemprego | Unemployment | fonte | source: https://www.ibge.gov.br/explica/desemprego.php Desempregados (desocupados) unemployed 9,5 milhões Taxa de Desemprego (desocupação) unemployment 8,7% Desalentados (desencorajados) discouraged 4,3 milhões Taxa de subutilização (subocupação) underemployment 20,1% Brazil Unemployment Rate | Desemprego 3º. Trimestre 2022 7
  7. - precisamos restaurar a educação e garantir acesso para todos - we must restore education and guarantee access for all needs 8
  8. needs Fonte | Source: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Trabalho e Rendimento, Pesquisa Nacional por Amostra de https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv10173 6_informativo.pdf Brazil Education Indexes | Educação 2016-2019 • (1) Level of instruction, 25 years or older • (2) Average number of school years, per region 9
  9. needs Fonte | Source: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Trabalho e Rendimento, Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua 2016/2019. Nota: As diferenças entre 2018 e 2019 e entre 2016 e 2019 são significativas ao nível de confiança de 95%, para todas as categorias https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv10173 6_informativo.pdf Brazil Education Indexes | Educação 2016-2019 • (1) Illiteracy rate breakdown per age: ≥15 and ≥60 years old • (2) Illiteracy rate (%) per age groups, gender and ethnicity 10
  10. - precisamos reestabelecer a justiça e garantir direitos iguais p/todos - we must reestablish justice and secure equal rights for everyone needs 11 Mais Justiça, menos Desigualdades More Justice, Less Inequalities
  11. needs 12 Mais Justiça, menos Desigualdades More Justice, Less Inequalities Fonte | Source: PESQUISA OXFAM BRASIL/DATAFOLHA PERCEPÇÕES SOBRE DESIGUALDADES NO BRASIL www.oxfam.org.br | Setembro de 2022 NÓS E AS DESIGUALDADES De acordo com a pesquisa “Nós e as Desigualdades 2022” Oxfam Brasil/Datafolha, o progresso do Brasil está condicionado à redução de desigualdade entre ricos e pobres para 85% dos brasileiros e brasileiras, uma oscilação para baixo dentro da margem de erro dos percentuais verificados nas últimas duas pesquisas. Como mostra o Gráfico 1, a concordância com essa premissa é total para a ampla maioria dos entrevistados. According to the survey “Us and Inequalities 2022” Oxfam Brasil/Datafolha, Brazil's progress is conditioned to reducing inequality between rich and poor for 85% of Brazilian men and women, an oscillation down within the margin of error of the percentages verified in the last two surveys. As shown by Graph 1, agreement with this premise is total for the vast majority of respondents.
  12. needs 13 Mais Justiça, menos Desigualdades More Justice, Less Inequalities Fonte | Source: PESQUISA OXFAM BRASIL/DATAFOLHA PERCEPÇÕES SOBRE DESIGUALDADES NO BRASIL www.oxfam.org.br | Setembro de 2022 NÓS E AS DESIGUALDADES Para apenas 12% dos brasileiros, uma pessoa pode ser considerada pobre com rendimentos de até R$ 210, e para 18% a pobreza é definida por rendimentos individuais não maiores do que R$ 400. Quase 3/5 dos brasileiros crê que a linha da pobreza começa nos R$ 1.001 mensais – próximo ao valor do salário-mínimo atual –, sendo que 49% acham que ela está entre R$ 1.001 e R$ 2.000, como mostra o Gráfico 2. For only 12% of Brazilians, a person can be considered poor with income of up to R$ 210, and for 18% poverty is defined by individual income no more than R$400. Almost 3/5 of Brazilians believes that the poverty line starts at R$ 1,001 monthly – close to the value of the current minimum wage –, 49% think it is between BRL 1,001 and BRL 2,000, as shown in Graph 2.
  13. needs 14 Fonte | Source: PESQUISA OXFAM BRASIL/DATAFOLHA PERCEPÇÕES SOBRE DESIGUALDADES NO BRASIL www.oxfam.org.br | Setembro de 2022 NÓS E AS DESIGUALDADES Mais Justiça, menos Desigualdades More Justice, Less Inequalities Entre 2017 e 2022, houve pequenas variações nas faixas de renda centrais (de 26 a 75), com mudanças pouco além da margem de erro (de 88% para 85%), como pode ser visto no Gráfico 3. As mudanças mais acentuadas ocorrem nas extremidades: diminuição de 4 pontos percentuais no ¼ mais pobre (41% para 37%) e aumento na mesma proporção no ¼ mais rico (1% para 5%). Between 2017 and 2022, there were small variations in the ranges central income brackets (from 26 to 75), with little change beyond the margin of error (from 88% to 85%), as can be seen in Graph 3. The most pronounced changes occur in the extremities: decrease of 4 percentage points in the poorest ¼ (41% to 37%) and an increase in same proportion in the richest ¼ (1% to 5%).
  14. needs 15 Mais Justiça, menos Desigualdades More Justice, Less Inequalities Fonte | Source: PESQUISA OXFAM BRASIL/DATAFOLHA PERCEPÇÕES SOBRE DESIGUALDADES NO BRASIL www.oxfam.org.br | Setembro de 2022 NÓS E AS DESIGUALDADES Nesta pesquisa, consolida-se a queda no otimismo de brasileiros e brasileiras em relação à mobilidade social, quando comparamos com 2019: 64% dos brasileiros acreditam que em cinco anos estarão entre a “classe média” e a “classe média alta” — eram 70% em 2019. Ou seja, pós-pandemia de covid-19 e seus impactos socioeconômicos, há uma queda de quase 10% (6 p.p.) entre as pessoas que estavam otimistas/acreditavam na possibilidade de mobilidade social. Estes dados são vistos no Gráfico 4. In this research, the decline in optimism of Brazilian men and women in relation to social mobility, when compared to 2019: 64% of Brazilians believe that in five years they will be among the “class middle” and the “upper middle class” — were 70% in 2019. That is, post-pandemic of covid-19 and its impacts socioeconomic factors, there is a drop of almost 10% (6 p.p.) among people who were optimistic/believed the possibility of social mobility. These data are seen in Graph 4.
  15. - precisamos reparar a devastação e educar bem cedo para preservação - we must repair the devastation and educate early for preservation needs 16
  16. needs 17 https://www.cidadessustentaveis.org.br/paginas/idsc-br https://idsc.cidadessustentaveis.org.br/
  17. needs 18 https://www.cidadessustentaveis.org.br/paginas/idsc-br https://idsc.cidadessustentaveis.org.br/
  18. needs 19 https://www.cidadessustentaveis.org.br/paginas/idsc-br https://idsc.cidadessustentaveis.org.br/
  19. needs 20 https://www.cidadessustentaveis.org.br/paginas/idsc-br https://idsc.cidadessustentaveis.org.br/
  20. needs 21 https://www.cidadessustentaveis.org.br/paginas/idsc-br https://idsc.cidadessustentaveis.org.br/
  21. needs 22 https://www.cidadessustentaveis.org.br/paginas/idsc-br https://idsc.cidadessustentaveis.org.br/
  22. what future do we want? qual futuro queremos? 23
  23. a better future um futuro melhor https://bit.ly/3z hq3e7 https://bit.ly/3z hq3e7
  24. www.luizbotelho.biz Based on a successful Mexican-Brazilian M&A, cultural transformation case (2017-2020) Cannes Lions Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística Oxfram Brasil Programa Cidades Sustentáveis https://idsc.cidadessustentaveis. org.br/ https:// www.oxfam.org.br https://www.ibge.gov.br/explica/desem prego.php needs 25 https://bit.ly/3PJehyH Logo Organization Reason For providing an excellent citation for our presentation opening For providing the data for Brazil´s historical Unemployment Rate and Education Indexes For providing the data on Brazil´s inequality rates via “Nós e as Desigualdades 2022” Oxfam Brasil/Datafolha survey | September 2022 For providing the data on Brazil´s Sustainability Indexes report: “ Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades – Brasil 2022”
  25. 26 https://www.act4sdgs.org/profile/LuizBotelho We support the Sustainable Development Goals https://youtu.be/CauIpx1vMrA
  26. 27
  27. 28
  28. Creating Growth in Challenging Times Luiz Botelho https://www.luizbotelho.biz https://www.metabiz2022.biz Parte 2 Part 2
Anzeige