SlideShare ist ein Scribd-Unternehmen logo
1 von 14
Configuração Eletrônica
Professor Ms. Lucas Mariano da Cunha e Silva
 No átomo de hidrogênio a energia é determinada
apenas pelo número quântico principal, isto é, a
energia dos orbitais aumenta do seguinte modo:
1s < 2s = 2p < 3s = 3p = 3d < 4s = 4p = 4d = 4f < …..
A ordem de energias das orbitais num átomo é
ilustrada no diagrama de energias da figura abaixo.
Para o preenchimento das orbitais é bastante útil
o Diagrama de Linus Pauling, que mostra a
ordem de menor energia das orbitais:
E
N
E
R
G
I
A
A
U
M
E
N
T
A
A regra de Hund
 A configuração eletrônica do próximo elemento,
o carbono, é 1s22s22p2, logo existem as seguintes
possibilidades para o preenchimento eletrônico
do sub-nível 2p:
 Nenhuma das três hipóteses viola o princípio da
exclusão de Pauli. Assim, qual delas é a mais
estável? A resposta está na regra de Hund, que
diz que o arranjo mais estável é aquele com
maior número de spins paralelos. Logo, para a
configuração eletrônica do carbono vem:
 O Neônio tem as 3 orbitais p completamente
preenchidas:
 Com base na configuração eletrônica dos
elementos podemos compreender muitas das
suas propriedades. Notemos desde já que os
gases nobres têm a última camada
completamente preenchida, o que lhes confere
grande estabilidade, e logo reduzida reatividade
química.
 Na tabela seguinte encontra-se a configuração
eletrônica de alguns dos elementos conhecidos.
 A configuração eletrônica do potássio é:
K: 1s22s22p63s23p64s1
 Como 1s22s22p63s23p6 é a configuração
eletrônica do gás nobre Argônio, podemos
simplificar a configuração eletrônica do potássio
para:
 K: [Ar] 4s1
 Reparem que existem algumas exceções das
regras enunciadas. Considerem-se os elementos
do escândio (Z = 21) ao cobre (Z = 28). A
configuração do cromo é [Ar] 4s13d5 e não
[Ar] 4s23d4. Da mesma forma a configuração do
cobre é [Ar] 4s13d10 e não [Ar] 4s23d9.
 A razão destas irregularidades é que uma ligeira
estabilidade é obtida com sub-níveis d
completamente preenchidos, ou semi
preenchidos.
 Assim, a configuração eletrônica do cobre é:

Weitere ähnliche Inhalte

Was ist angesagt? (20)

Números quânticos.
Números quânticos.Números quânticos.
Números quânticos.
 
Introdução a Quimica orgânica
Introdução a Quimica orgânicaIntrodução a Quimica orgânica
Introdução a Quimica orgânica
 
estrutura atômica
estrutura atômicaestrutura atômica
estrutura atômica
 
Polaridade e interações
Polaridade e interaçõesPolaridade e interações
Polaridade e interações
 
Aula modelo atômico Bohr 2012
Aula modelo atômico Bohr   2012Aula modelo atômico Bohr   2012
Aula modelo atômico Bohr 2012
 
Química orgânica
Química orgânicaQuímica orgânica
Química orgânica
 
Pilhas - eletroquímica
Pilhas - eletroquímicaPilhas - eletroquímica
Pilhas - eletroquímica
 
Geometria de complexos
Geometria de complexosGeometria de complexos
Geometria de complexos
 
Teoria atomica
Teoria atomicaTeoria atomica
Teoria atomica
 
Nomenclatura dos COMPOSTOS ORGÂNICOS
Nomenclatura dos COMPOSTOS  ORGÂNICOS Nomenclatura dos COMPOSTOS  ORGÂNICOS
Nomenclatura dos COMPOSTOS ORGÂNICOS
 
Exercícios Resolvidos Química
Exercícios Resolvidos QuímicaExercícios Resolvidos Química
Exercícios Resolvidos Química
 
Complexos aula 1 (1)
Complexos aula 1 (1)Complexos aula 1 (1)
Complexos aula 1 (1)
 
Mm, ma, mol, volume
Mm, ma, mol, volumeMm, ma, mol, volume
Mm, ma, mol, volume
 
8. tabela periódica
8. tabela periódica8. tabela periódica
8. tabela periódica
 
Ligações Químicas
Ligações QuímicasLigações Químicas
Ligações Químicas
 
O que é a notação de lewis
O que é a notação de lewisO que é a notação de lewis
O que é a notação de lewis
 
Isomeria
IsomeriaIsomeria
Isomeria
 
Ligações químicas
Ligações químicasLigações químicas
Ligações químicas
 
Número de oxidação
Número de oxidaçãoNúmero de oxidação
Número de oxidação
 
Teoria do campo cristalino
Teoria do campo cristalinoTeoria do campo cristalino
Teoria do campo cristalino
 

Ähnlich wie Configuração Eletrônica Atômica

Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptxAula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptxDaniDu3
 
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptxAula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptxDaniDu3
 
Distribuicao Eletrônica do Átomos.pdf
Distribuicao Eletrônica do Átomos.pdfDistribuicao Eletrônica do Átomos.pdf
Distribuicao Eletrônica do Átomos.pdfCarley Abreu
 
Sandrogreco Gabarito Da Lista De ExercíCios 4 Q. Geral I Eng. Quim. 2007
Sandrogreco Gabarito Da Lista De ExercíCios 4   Q. Geral I Eng. Quim.  2007Sandrogreco Gabarito Da Lista De ExercíCios 4   Q. Geral I Eng. Quim.  2007
Sandrogreco Gabarito Da Lista De ExercíCios 4 Q. Geral I Eng. Quim. 2007Profª Cristiana Passinato
 
Química distribuição eletronica
Química   distribuição eletronicaQuímica   distribuição eletronica
Química distribuição eletronicaRubao1E
 
Modelo atômico de bohr
Modelo atômico de bohrModelo atômico de bohr
Modelo atômico de bohrEstude Mais
 
Ligações Químicas
Ligações QuímicasLigações Químicas
Ligações Químicas11112qmi007
 
Atividade 3º ano pré-enem_módulo 2_gabarito
Atividade 3º ano pré-enem_módulo 2_gabaritoAtividade 3º ano pré-enem_módulo 2_gabarito
Atividade 3º ano pré-enem_módulo 2_gabaritoEscola Pública/Particular
 
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.pptAULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.pptkamilla100
 
ESTRUTURA ATOMICA ATUAL teori atómica modelos
ESTRUTURA ATOMICA ATUAL teori atómica modelosESTRUTURA ATOMICA ATUAL teori atómica modelos
ESTRUTURA ATOMICA ATUAL teori atómica modeloskatiaegas457
 
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.pptAULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.pptAlexRodrigues954286
 
Configuração eletrônica em subníveis de energia.pptx
Configuração eletrônica em subníveis de energia.pptxConfiguração eletrônica em subníveis de energia.pptx
Configuração eletrônica em subníveis de energia.pptxTiagoBreveDaSilva1
 
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL (1).ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL (1).pptAULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL (1).ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL (1).pptJosAssisGomesdeBrito
 
Anexo 5 -_aula_em_power_point_sobre_estrutura_da_materia_2009
Anexo 5 -_aula_em_power_point_sobre_estrutura_da_materia_2009Anexo 5 -_aula_em_power_point_sobre_estrutura_da_materia_2009
Anexo 5 -_aula_em_power_point_sobre_estrutura_da_materia_2009Kelly Freitas
 

Ähnlich wie Configuração Eletrônica Atômica (20)

Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptxAula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
 
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptxAula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
 
Distribuicao Eletrônica do Átomos.pdf
Distribuicao Eletrônica do Átomos.pdfDistribuicao Eletrônica do Átomos.pdf
Distribuicao Eletrônica do Átomos.pdf
 
ExercÍcios Vestibular
ExercÍcios   VestibularExercÍcios   Vestibular
ExercÍcios Vestibular
 
Postulados de bohr
Postulados de bohrPostulados de bohr
Postulados de bohr
 
Sandrogreco Gabarito Da Lista De ExercíCios 4 Q. Geral I Eng. Quim. 2007
Sandrogreco Gabarito Da Lista De ExercíCios 4   Q. Geral I Eng. Quim.  2007Sandrogreco Gabarito Da Lista De ExercíCios 4   Q. Geral I Eng. Quim.  2007
Sandrogreco Gabarito Da Lista De ExercíCios 4 Q. Geral I Eng. Quim. 2007
 
Química distribuição eletronica
Química   distribuição eletronicaQuímica   distribuição eletronica
Química distribuição eletronica
 
E
EE
E
 
Modelo atômico de bohr
Modelo atômico de bohrModelo atômico de bohr
Modelo atômico de bohr
 
Ligações Químicas
Ligações QuímicasLigações Químicas
Ligações Químicas
 
Teoria do campo cristalino
Teoria do campo cristalinoTeoria do campo cristalino
Teoria do campo cristalino
 
Modelos Atmicos2
Modelos Atmicos2Modelos Atmicos2
Modelos Atmicos2
 
Atividade 3º ano pré-enem_módulo 2_gabarito
Atividade 3º ano pré-enem_módulo 2_gabaritoAtividade 3º ano pré-enem_módulo 2_gabarito
Atividade 3º ano pré-enem_módulo 2_gabarito
 
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.pptAULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.ppt
 
ESTRUTURA ATOMICA ATUAL teori atómica modelos
ESTRUTURA ATOMICA ATUAL teori atómica modelosESTRUTURA ATOMICA ATUAL teori atómica modelos
ESTRUTURA ATOMICA ATUAL teori atómica modelos
 
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.pptAULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.ppt
 
Configuração eletrônica em subníveis de energia.pptx
Configuração eletrônica em subníveis de energia.pptxConfiguração eletrônica em subníveis de energia.pptx
Configuração eletrônica em subníveis de energia.pptx
 
Estrutura da materia_atomo
Estrutura da materia_atomoEstrutura da materia_atomo
Estrutura da materia_atomo
 
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL (1).ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL (1).pptAULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL (1).ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL (1).ppt
 
Anexo 5 -_aula_em_power_point_sobre_estrutura_da_materia_2009
Anexo 5 -_aula_em_power_point_sobre_estrutura_da_materia_2009Anexo 5 -_aula_em_power_point_sobre_estrutura_da_materia_2009
Anexo 5 -_aula_em_power_point_sobre_estrutura_da_materia_2009
 

Mehr von Lucas Mariano da Cunha e Silva (12)

Eletroquímica
EletroquímicaEletroquímica
Eletroquímica
 
Reações químicas 2
Reações químicas 2Reações químicas 2
Reações químicas 2
 
Ácidos e bases
Ácidos e basesÁcidos e bases
Ácidos e bases
 
Reações químicas
Reações químicasReações químicas
Reações químicas
 
Ligação química 2
Ligação química 2Ligação química 2
Ligação química 2
 
Ligação química
Ligação químicaLigação química
Ligação química
 
Arranjo atômico
Arranjo atômicoArranjo atômico
Arranjo atômico
 
Tabela periódica
Tabela periódicaTabela periódica
Tabela periódica
 
Números quânticos
Números quânticosNúmeros quânticos
Números quânticos
 
Estrutura atômica
Estrutura atômicaEstrutura atômica
Estrutura atômica
 
Modelos atômicos
Modelos atômicosModelos atômicos
Modelos atômicos
 
Propriedades gerais da materia
Propriedades gerais da materiaPropriedades gerais da materia
Propriedades gerais da materia
 

Configuração Eletrônica Atômica

  • 1. Configuração Eletrônica Professor Ms. Lucas Mariano da Cunha e Silva
  • 2.  No átomo de hidrogênio a energia é determinada apenas pelo número quântico principal, isto é, a energia dos orbitais aumenta do seguinte modo: 1s < 2s = 2p < 3s = 3p = 3d < 4s = 4p = 4d = 4f < …..
  • 3. A ordem de energias das orbitais num átomo é ilustrada no diagrama de energias da figura abaixo.
  • 4. Para o preenchimento das orbitais é bastante útil o Diagrama de Linus Pauling, que mostra a ordem de menor energia das orbitais: E N E R G I A A U M E N T A
  • 5. A regra de Hund  A configuração eletrônica do próximo elemento, o carbono, é 1s22s22p2, logo existem as seguintes possibilidades para o preenchimento eletrônico do sub-nível 2p:
  • 6.  Nenhuma das três hipóteses viola o princípio da exclusão de Pauli. Assim, qual delas é a mais estável? A resposta está na regra de Hund, que diz que o arranjo mais estável é aquele com maior número de spins paralelos. Logo, para a configuração eletrônica do carbono vem:
  • 7.
  • 8.  O Neônio tem as 3 orbitais p completamente preenchidas:
  • 9.  Com base na configuração eletrônica dos elementos podemos compreender muitas das suas propriedades. Notemos desde já que os gases nobres têm a última camada completamente preenchida, o que lhes confere grande estabilidade, e logo reduzida reatividade química.
  • 10.  Na tabela seguinte encontra-se a configuração eletrônica de alguns dos elementos conhecidos.  A configuração eletrônica do potássio é: K: 1s22s22p63s23p64s1
  • 11.  Como 1s22s22p63s23p6 é a configuração eletrônica do gás nobre Argônio, podemos simplificar a configuração eletrônica do potássio para:  K: [Ar] 4s1
  • 12.
  • 13.  Reparem que existem algumas exceções das regras enunciadas. Considerem-se os elementos do escândio (Z = 21) ao cobre (Z = 28). A configuração do cromo é [Ar] 4s13d5 e não [Ar] 4s23d4. Da mesma forma a configuração do cobre é [Ar] 4s13d10 e não [Ar] 4s23d9.
  • 14.  A razão destas irregularidades é que uma ligeira estabilidade é obtida com sub-níveis d completamente preenchidos, ou semi preenchidos.  Assim, a configuração eletrônica do cobre é: