Conquiste seu automóvel ou caminhão com parcelas que cabem
no seu bolso.Venha conhecer nossas novas taxas e prazos!
FINANC...
2
3CIDADES
PATRÍCIA É PSICÓLOGA ESPECIALIZADA EM TRÂNSITO
Jovens, bebida e direção:
uma combinação perigosa
“O jovem não acr...
4
CARTA AO LEITOR Juliano Rossi
contato@jornalcidademg.com.br
llDe uns tempos para cá
tenho ouvido falar em “Bi-
tcoin”. C...
5OPORTUNIDADES
6 POLÍTICA
VEREADORES NÃO PERMITIRAM A VENDA DESTE TERRENO, NO PARQUE ECOLÓGICO DA PRAIA MUNICIPAL.
NATINHO: “O PREFEITO V...
7CIDADES
ll A prefeitura de Lagoa da
Prata entregou na semana
passadaaschavesdeumimó-
velnaruaBahiaquefoialuga-
do para o ...
8 CIDADES
Centro Municipal de Atendimento ao
Educando é inaugurado em Lagoa da Prata
ll Foi inaugurada na ter-
ça-feira (1...
9MEIO AMBIENTE
Lagoa da Prata - Pescadores estariam vendendo
peixes contaminados da Lagoa Verde
ll A Lagoa Verde, locali-
...
11
Porque a confecção do Fábio precisava
de uma mãozinha na hora de ampliar.
Mais de R$ 130 bilhões em crédito
para o segm...
12
13
14 OPINIÃO
José Antônio (Rádio Samonte FM)
bandeirantes@isimples.com.br
Causos e Prosas
ll Quando eu era crian-
ça, normal...
16 COTIDIANO
llEmrazãodatransferência
de Dom Antônio Carlos Félix
para a Diocese de Governador
Valadares – MG, o Colégio d...
17
Dr. Fabiano Lemos
37 3261-2693
cirurgiaplastica@fabianolemos.com
R. Olegário Maciel, 135 - Lagoa da Prata/MG
Saúde e Be...
18 ECONOMIA
EUGÊNIO (GENINHO), PEDRO E DINHO GÓIS
DIRETORES DA ACIASAM / CDL SAMONTE
SUCESSO DE PÚBLICO NA 2ª SEMANA EMPRE...
19COTIDIANO
ExpôLagoa terá nova
estrutura de camarotes
llEm 2014, a Expô Lagoa
chega ao seu 15º ano de re-
alização consag...
20 COTIDIANO
Lagoa da Prata - Município realiza passeata
contra o abuso e exploração sexual de
crianças e adolescentes
llN...
21POLICIAL
FOTOS: ISMAEL COSTA
FOTOS: ISMAEL COSTA
Aumento da criminalidade em
S. A. do Monte preocupa população
ll Episód...
22 ESPORTE
FOTOS: JULIANO ROSSI
GAROTO SE PREPARA PARA INICIAR O TREINAMENTO
Para ser bom de bola
tem que ser bom na escol...
23ESPORTE
ll Durante o trabalho, o gari
Roberto Silva encontrou uma
bolsa que havia sido roubada
de um comerciante em um
a...
LEILÃO DOS VEÍCULOS
DO SICOOB CREDIPRATA
Dia: 29/05/2014
Horário: 18:00 horas
Local: Salão Social do SICOOB CREDIPRATA
02 ...
Jornal Cidade - Ano II - Nº 26
Jornal Cidade - Ano II - Nº 26
Nächste SlideShare
Wird geladen in …5
×

Jornal Cidade - Ano II - Nº 26

2.572 Aufrufe

Veröffentlicht am

http://www.jornalcidademg.com.br
>Acesse e veja mais notícias
Jornal Cidade - Ano II - Nº 26 - 24 de Maio de 2014

Principais notícias das cidades do centro-oeste mineiro. Notícias de Lagoa da Prata, Santo Antônio do Monte, Moema, Pedra do Indaiá e Japaraíba.

Veröffentlicht in: News & Politik
  • Als Erste(r) kommentieren

  • Gehören Sie zu den Ersten, denen das gefällt!

Jornal Cidade - Ano II - Nº 26

  1. 1. Conquiste seu automóvel ou caminhão com parcelas que cabem no seu bolso.Venha conhecer nossas novas taxas e prazos! FINANCIAMENTO SICOOB VEÍCULOS LAGOA DA PRATA Av. Benedito Valadares, 590 - Centro - Lagoa da Prata/MG - Telefax (37)3262-5600 MOEMA Rua Tupinambás, 325 - Centro - Moema/MG - Telefax (37) 3525-1577 ESTEIOS Praça João Batista do Couto, 460 - Centro - Esteios distrito de Luz/MG - Telefax (37) 3425-1213 JAPARAÍBA Av. Francisco Tavares de Moraes, 193 - Centro - Japaraíba/MG - Telefax (37) 3354-1105 Vereadores de Lagoa da Prata autorizam prefeitura a vender 44 imóveis Página 07 MEIOAMBIENTE Peixe contaminado pode estar sendo vendido na região POLICIAL Aumento da Criminalidade preocupa população de S. A. do Monte ESPORTE Para ser bom de bola tem que ser bom na escola Página09Página 21Página 22Página 18 Página 06 Página 07 Prefeitura de S.A.Monte leva departamentos para dentro da Casa do Padrinho Vigário ECONOMIA 2ª Semana Empresarial de S. A. do Monte é sucesso de público e crítica Página 16 Página 23 Prefeitura de Lagoa da Prata pagou aluguel de imóvel vazio Novo administrador da Diocese de Luz é eleito Xandinha irá para os Jogos Olímpicos da Juventude Jovens, bebida e direção: uma combinação perigosa Página03
  2. 2. 2
  3. 3. 3CIDADES PATRÍCIA É PSICÓLOGA ESPECIALIZADA EM TRÂNSITO Jovens, bebida e direção: uma combinação perigosa “O jovem não acredita que o acidente pode acontecer com ele” ll Um jovem casal san- tantoniense morreu após o veículo em que esta- va bater em um poste de energiaelétrica.Oaciden- teaconteceunoúltimodia 11 após os namorados Ge- raldo Magela da Silva Fi- lho (20) e Bianca Caroline Rodrigues Silva (18) saí- rem de uma festa. Na ma- drugada do dia 11 de abril, os amigos Vinícius e Die- govoltavamparaLagoada Prata, quando bateram de frente com um caminhão narodoviaMG-429,notre- cho entre Samonte e La- goa da Prata. Os dois fale- ceram no local. De acordo com a polícia, não pode se afirmar que esses jovens estavam sob efeito de ál- cool antes de um laudo da perícia, mas a imprudên- cia sim, é a principal cau- sadeacidentesdetrânsito comvítimasfatais,princi- palmente os jovens. A im- prudência neste caso, se- gundo a polícia, seria diri- gir após ingerir bebida al- coólica (mesmo que seja “apenas” um copo de cer- veja”), com sono, fazer ul- trapassagens em locais proibidos, direção agres- siva, entre outros. Um levantamento da Polícia Rodoviária Esta- dual da região de Formi- ga mostra que 57 jovens morreram em aciden- tes de trânsito nas rodo- vias entre janeiro de 2012 aabrilde2014.Dessasvíti- mas,pelosmenos26apre- sentaram sinais de terem ingerido álcool. Veja a es- tatística completa no site do Jornal Cidade na inter- net:www.jornalcidademg. com.br. De acordo com o Ca- bo Bessas, da Polícia Mi- litar em Santo Antônio do Monte, nos últimos anos os acidentes com jovens vêm aumentando e mui- tos estão relacionados com o excesso de bebidas. “Os jovens saem para be- ber e sequer lembram que, ao dirigirem, colocam em risco a própria vida e a vi- dadeoutraspessoas”,afir- ma. Segundo o soldado Henrique, da Polícia Ro- doviária, é muito comum em uma ocorrência de acidente que foi ocasio- nado pelo excesso de be- bida a pessoa nem saber dar detalhes do que acon- teceu. “Muitas vezes eles nem conseguem explicar o acidente. Na delegacia, às vezes mal conseguem lembrar sua data de nas- cimento, dizem apenas o nome, e quando pergun- tamos sobre a carteira de motorista, eles não sa- bem dizer. E muitas ve- zes, quando vamos ave- riguar, descobrimos que a tal carteira não existe e nuncaexistiu.Ouseja,im- prudênciaemcimadeim- prudência”, lamenta o sol- dado. CAMPANHA NA WEB A morte do jovem ca- sal em Santo Antônio do Monte causou uma co- moção entre os morado- res da cidade. Uma cam- panha educativa foi cria- da e divulgada na inter- net por meio do Facebook e Whatsapp, na qual os in- ternautas prestam condo- lências às famílias de Ge- raldo e Bianca e alertam sobre a prevenção: “Jo- vem, se você não se preo- cupa com você, pense na sua mãe e na sua família”; “Jovem, você pode salvar a vida do seu amigo e a fe- licidade da família dele se fizer duas coisas sim- ples:tomarachavedocar- ro dele e trocar o copo de bebida dele por um copo de refrigerante. Ele pode brigar com você na ho- ra, mas vai lhe agradecer no dia seguinte. Se você é apenas conhecido, peça a um amigo dele para fazer isto”; “Garçons e seguran- ças,vocêsestãosóbriosna festaepodemsalvarvidas apenas pedindo aos ami- gos do jovem alcoolizado para fazer o que está es- crito acima”; “Jovem, não ache graça do amigo bê- bado, pode ser você ama- nhã. Precisamos cuidar unsdosoutros,senãocon- tinuaremos a perder ami- gos, primos e irmãos”. Psicóloga explica o que se passa na cabeça de jovens que assumem o risco de dirigir alcoolizados Natural de Santo Antônio do Monte e residente em La- goa da Prata, a psicóloga Patrícia Ângelo Pinto, especia- listaemtrânsito, explicaoquesepassanacabeçadojo- vem ao assumir a direção de um veículo. JORNAL CIDADE: O que o automóvel representa no in- consciente da pessoa? PATRÍCIA: O carro funciona não somente para o jovem, mas para todos os condutores, como o prolongamento do eu. Muitas vezes a pessoa faz do veículo uma arma. Quando a pessoa pega o carro, a personalidade dela es- tá ali. E em se tratando de jovens, que são aventureiros, com ou sem habilitação, ele gosta de testar os limites, o que é característica da idade. O jovem não acredita que o acidente pode acontecer com ele. “O jovem já tem essa ideia de desafiar os limites, e o álcool só ajuda.” JORNAL CIDADE: O jovem gosta de testar os seus limi- tes... PATRÍCIA: É comprovado cientificamente. A pessoa al- coolizadareduzacapacidadedepercepçãoeafrouxaos limites que ela tem. Se eu tenho uma censura do que eu nãopossofazer,comoálcool,eufaço.Ojovemjátemes- sa ideia de desafiar os limites, e o álcool só ajuda. JORNALCIDADE:Oálcoolestárelacionadocommuitos acidentes. Como a família pode atuar para evitar uma tragédia no trânsito? PATRÍCIA:Issoécomplica- do. Até os 18 anos o jovem não ouve o que os pais fa- lam. Eles apenas ouvem o grupo ao qual pertencem. É neste grupo que os pais devem ficar atentos. Olhar sempre com quem o filho anda. É um grupo que be- be?Éumgrupoqueusadro- gas? Os pais devem orien- tar e dar exemplo. O corre- to é trazer o grupo de ami- gos dos filhos e conversar, tentarconvencê-los,poiso filhosóouveogrupoerara- mente os pais. JORNAL CIDADE: Quer di- zer que o exemplo deve vir de berço? PATRÍCIA:Muitosefalaqueistoéumproblemadogover- no. Mas é o exemplo em casa que muda atitudes. Se vo- cê vai sair com seu filho no carro, use cinto de seguran- çaefaçaarevisãonocarro.Ofilhocrescevendoopaibe- ber e dirigir, e isso passa a ser normal para ele. Tem pais que ensinam os filhos a dirigir antes da hora e quando o menino completa 15 anos ele vai e dá um carro. Quer di- zer,elenãoensinaqueocorretoéesperaratéos18anose ir para um centro de formação de condutores. Tudo isso quetemacontecidoéumaconsequênciadevárioserros que foram cometidos lá atrás. Hoje se compra muito fa- cilmente um carro e uma moto, tudo ficou muito fácil. É fundamental também que se preconize a educação nas escolas, pois criança leva as coisas muito a sério. É fun- damentaleducarascriançasparaquese tornemjovens mais conscientes. “Se eu dei um carro para meu filho, eu preciso saber como é que ele está fazendo uso deste veículo.” JORNAL CIDADE: A educação dos filhos é responsabili- dade, principalmente, dos pais? PATRÍCIA:Afamíliapodeeducar,masnãoserresponsa- bilizada, pois muitas vezes os jovens saem com o carro e os pais nem sabem. O jovem é muito influenciável. Os acidentes podem ser evitados através da educação, isso é um fato. Observar os filhos é fundamental para preve- nirmuitacoisa.Seeudeiumcarroparameufilho,eupre- cisosabercomoéqueeleestáfazendousodesteveículo.
  4. 4. 4 CARTA AO LEITOR Juliano Rossi contato@jornalcidademg.com.br llDe uns tempos para cá tenho ouvido falar em “Bi- tcoin”. Como “coin” em in- glêssignificamoedaeoter- mo“bit”éusadocomumen- te para indicar algo relati- vo a computadores, imagi- nei que se tratasse de uma nova forma de pagamento virtual na qual não entras- se dinheiro ou algo pareci- do.Eachandoquecadavez maissefalarásobreotermo BITCOIN,vamosverdoque realmentesetrata. OqueéBitcoin?Bitcoin é uma moeda. Uma moeda virtual, naturalmente, mas uma moeda, uma cripto- moeda (termo usado para moedas digitais passíveis de criptografia) que tem recebido ampla aceitação como forma de pagamen- to online. Ela foi inventa- da em 2008 e sua populari- dade cresce com o tempo. Um dos motivos deste su- cesso é a sua segurança, e também não existir taxas, ou um órgão que coman- de a moeda. Apesar de que nosúltimosdiasestásendo muitoquestionadasuareal segurança. Especula-se que o cria- dordobitcoinsejaumjapo- nês que vive nos EUA, cha- mado Satoshi Nakamo- to, mas que muitos acredi- tam se tratar de um pseu- dônimo,nãosesabeaocer- toqueméoverdadeirocria- dor. O certo é que Bitcoin é grana, e está se tornando cada vez mais popular. En- tãoépossível,porexemplo, converter para Bitcoins quantias expressas em dó- laresamericanosdesdeque conhecidasuacotação. Dia 20-05-2014 a cota- ção do bitcoin estava em $455.18dólares,converten- doparareaisemtornodeR$ 1.010,00-1bitcoin. Oassuntobitcoinémui- to extenso, muitas polêmi- cas, verdades e mitos. Quis trazer o assunto porque achei interessante. Se vo- cê também achou interes- santeequersabermaisésó buscar na internet, que sa- berá muito mais sobre BI- TCOIN,AMOEDAVIRTUAL. O que pude concluir é que é uma moeda instável, podendo se tornar algo bi- lionário,comotambémpo- dendoseextinguir,issode- vidoaváriosfatores.Então, porenquanto,émelhorape- nas ficar de olho antes de pensar em investir em bi- tcoin, além do que são ne- cessários hardwares e sof- twares espécificos para se comercializaramoeda. BITCOIN A moeda virtual Rodrigo Álvaro (TR Computadores) rodrigoalvaro@trcomputadores.com.br Informática ll A votação do projeto de lei que permite à pre- feitura vender 44 imó- veis do município ren- deu muita discussão na cidade, principalmen- te nas redes sociais. Fi- nalmente, depois de seis meses trancado na pau- ta da Câmara, os verea- dores decidiram delibe- rar sobre a venda. Lagoa da Prata, de acordo com o parlamen- tar Paulo Pereira, possui 37 quilômetros de ruas sem nenhum tipo de pa- vimentação. Segundo a administração munici- pal, os recursos que fo- rem obtidos por meio da venda dos imóveis serão investidos “prioritaria- mente” em calçamento, o que não significa que todo o montante do di- nheiro a ser arrecado – mais de R$ 5 milhões – será destinado para es- sa finalidade. A decisão contrariou membros da oposição ao governo, que temem ver uma melhora da popula- ridade do prefeito Paulo Teodoro se por ventura as obras começarem a aparecer. Sendo pragmático, e considerando que os re- cursos provenientes da venda dos 44 imóveis forem destinados inte- gralmente à melhoria da infra-estrutura de ru- as, não há o menor sen- tido o município ser pro- prietário de 275 imóveis (a maioria só acumulan- do mato, insetos e focos de dengue) e termos mi- lhares de pessoas ainda vivendo em ruas empo- eiradas. Das emendas apre- sentadas pelos vereado- res, destaque para a re- tirada do projeto de um terreno situado no par- que ecológico da praia municipal e o aumento de 30% do valor de ven- da previsto inicialmen- te no projeto. A ressalva a ser feita fica por conta da trans- Sobre a venda dos imóveis do município Evento beneficente para construir salão comunitário Nossa Senhora do Rosário parência e eficiência com as quais o municí- pio vai gerir esse dinhei- ro. A prefeitura tem, des- de o início de janeiro, mais de R$ 3,5 milhões disponíveis para inves- timento e até agora não fez nada. Ou se fez, não prestou conta de nada. O governo municipal tem sérias dificuldades de se comunicar com a popu- lação e mostra-se inca- paz de oferecer informa- ções claras e precisas. Os vereadores apro- varam a venda dos imó- veis e sobre eles pesará toda a responsabilidade de fiscalizar como o di- nheiro será investido. A Comunidade Nossa Se- nhora do Rosário de Lagoa daPrataconvidatodaapo- pulaçãoparaoshowdeprê- mios.Oeventoserárealiza- do neste sábado (24), às 20 horas, na sauna do Lauro (ruaSantoAntôniodoMon- te, perto da Igreja do Rosá- rio). Toda a renda será des- tinada à construção do sa- lão comunitário. As cartelas para con- correraosprêmioscustam R$5. Os prêmios serão um tablet, uma bicicleta e um terço de ônix. OPINIÃO
  5. 5. 5OPORTUNIDADES
  6. 6. 6 POLÍTICA VEREADORES NÃO PERMITIRAM A VENDA DESTE TERRENO, NO PARQUE ECOLÓGICO DA PRAIA MUNICIPAL. NATINHO: “O PREFEITO VAI GASTAR EM PAVIMENTAÇÃO SE ELE QUISER”. PAULO: “ESSE DINHEIRO VAI SER INVESTIDO EM PAVIMENTAÇÃO DE RUAS”. LP - Vereadores autorizam prefeitura a vender 44 imóveis llAPrefeituraMunicipal de Lagoa da Prata encer- rou o ano de 2013 com R$ 3,6 milhões em caixa dis- poníveisparainvestimen- to. O município ainda tem outros R$ 3 milhões que foram obtidos por meio de empréstimo junto ao BD- MG e a garantia de mais R$ 1 milhão do Estado de MinasGeraisparainvestir em pavimentação. E ago- ra, com a anuência da Câ- maraMunicipal,oprefeito PauloCésarTeodoropode- rá incorporar mais de R$ 5 milhões aos cofres muni- cipais por meio da venda de 44 imóveis autorizados pelos vereadores na últi- masegunda-feira–recur- sos que, segundo a admi- nistraçãomunicipal,serão utilizadosprioritariamen- te em pavimentação. Um levantamento da secre- taria municipal de obras aponta que Lagoa da Pra- tapossui37quilômetrosde ruas sem pavimentação. No projeto original en- viado à Câmara pelo pre- feito Paulo César Teodo- ro, constava a venda de 49 imóveis, dentre eles um terreno de 3.210 metros quadrados no Parque Eco- lógico Francisco de Assis Rezende, na praia muni- cipal. Os vereadores reti- raram este e outros quatro imóveis do projeto (duas residências na rua Afonso Pena, onde funcionam o TribunaldeJustiçaeaAd- ministração Fazendária; umimóvelondeeraaanti- gadanceteriaSkaleDance e um terreno de 12.155 me- tros quadrados no final do bairro Cidade Jardim). Antes da votação, o ambientalista Silvio Elias usou a tribuna popular pa- raprotestarcontraavenda do terreno na praia muni- cipal. “Este em um parque ecológico. A praia é uma área de preservação per- manente”. O vereador Adriano Moraes apresentou uma emendaaoprojetoaumen- tando em 30% os valores em que os imóveis foram avaliadoserecebeuoapoio dos vereadores. “A cidade nãovaificarnoprejuízofi- nanceiro.Essamedidanos dáagarantiadevotar”,dis- se Paulo Pereira. FAVORÁVEIS Votaram favoráveis à venda dos lotes os ve- readores Adriano Mora- es, Adriano Moreira (do S.O.S), Nego da Ambu- lância, Di-Gianne Nunes e Paulo Roberto Perei- ra. “Se os 49 imóveis fos- sem vendidos, seria sufi- ciente para pavimentar 24 quilômetros de ruas. Essas vendas iriam gerar para a prefeitura mais de R$ 220 mil em ITBI, mais de R$ 22 mil em IPTU anu- almente e mais de R$ 17 mil referente à taxa de ilu- minação pública e limpe- za. Esse dinheiro será in- vestido em pavimenta- ção de ruas. Só quem mo- ra na poeira sabe da sua dificuldade. Esses lotes hoje não recebem calça- das, não são murados, ge- ram despesa com limpe- za e podem acumular fo- cos de dengue”, defendeu Paulo Pereira. CONTRÁRIOS Os vereadores Fortu- nato do Couto (Natinho), Cida Marcelino e Quelli Cássia votaram contra a venda dos lotes. “A alega- ção do Executivo é de que esse dinheiro será apli- cado na pavimentação de ruas. Temos informa- ções da própria prefeitu- ra a respeito do volume de dinheiro do município que está nos bancos ren- dendo juros. Essas pavi- mentações já deveriam estar sendo feitas há mui- totempo.Oquenãopodeé o dinheiro ficar parado no banco e o povo precisan- dodeobras.Essedinheiro, na minha opinião, se real- mente fosse destinado à pavimentação e estives- se assegurado no proje- to! Mas não! O prefeito vai gastar em pavimentação se ele quiser gastar”, ques- tiona Natinho. O projeto de lei foi en- caminhado ao prefei- to, que poderá acatar as emendas propostas pelos vereadores ou promulgar o projeto original. Neste último caso, os vereado- res podem derrubar o ve- to do prefeito e a decisão ficará a cargo da justiça. Administração municipal pode arrecadar mais de R$ 5 milhões com a venda dos lotes FOTOS: JULIANO ROSSI
  7. 7. 7CIDADES ll A prefeitura de Lagoa da Prata entregou na semana passadaaschavesdeumimó- velnaruaBahiaquefoialuga- do para o funcionamento da Farmácia Municipal pelo pe- ríodo de 12 meses. Entretanto, a casa nunca foi utilizada e o municípiopagoumensalmen- teR$1.343,00dealuguel.Aad- ministração municipal reser- vou uma dotação orçamentá- ria anual de R$ 16.119,96 para custear a locação. O imóvel foi utilizado até agostode2013pelaPolíciaMi- litar, quando transferiu o seu quartel para uma casa na rua FernãoDias.Desdeentão,are- sidência onde seria instalada aFarmáciaMunicipalficoufe- llAdquiridopelaPrefeiturade SantoAntôniodoMonteemja- neiropassadocomoobjetivode ser um museu, o casarão onde viveuMonsenhorOtaviano(Pa- drinhoVigário)estáabrigando doisserviçosdaadministração municipal: o Conselho Tutelar e o CREAS (Centro de Referên- cia Especializado de Assistên- cia Social). O quarto do imóvel, santuário dos santantonien- ses desde 1928, é tombado co- mobemcultural. Aassessoriadecomunica- çãodaprefeiturainformouque utilização do imóvel foi neces- sária devido à contingência fi- nanceira.“APrefeituradeSanto Antônio do Monte colocou em práticaumprocessodeadequa- çãoerestriçãodoscontratosde imóveisalugados.Salientamos tratar-se de uma modificação provisóriaequeoconselhores- ponsável acompanhará a ma- nutenção do prédio por meio de fiscalizações constantes queimpeçampossíveisdesca- racterizaçõesdoimóvel”,infor- maanota. Deacordocomaassessoria daprefeitura,oimóvelsópode- rásofrermudançasfísicasseo chadaeaprefeiturapagandoo respectivo aluguel. O assunto foi comentado em sessão da Câmara Municipal pelosvereadoresFortunatodo Couto(Natinho)eQuelliCouto. ConselhoDeliberativodeCultu- ra,TurismoePatrimônioHistó- ricolicenciaressasalterações. “Aindanãoexistemprojetospa- ra que essas reformas aconte- çam.Atéomomento,olocalse- rápreservadopeloprópriocon- selho, que sempre fará visitas demonitoramento.Porém,olo- caljamaispodeserdescaracte- rizadoporsetratardeumimó- vel tombado pelo Patrimônio históricodomunicípiodeSan- toAntôniodoMonte”. O secretário de Cultura e Turismo, Carlos Lúcio Gonti- jo,corroboraasdificuldadesde caixadasfinançasmunicipais e afirma que o governo tem a pretensão de instalar um no- vo acervo em homenagem a “Acasaestavavaziaeaprefei- turapagandoaluguel.Oquese paga de aluguel em Lagoa da Prata é impressionante”, dis- se Natinho. A informação foi obtida por meio de uma consulta ao site do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais. OUTRO LADO AreportagemdoJornalCi- dade entrou em contato com a assessoria de comunicação daPrefeituradeLagoadaPra- ta e o secretário municipal de Saúde,AntônioJuarezdeCas- tro,quepreferiramnãosema- nifestar. outroreligiosofamosodacida- de,PadrePaulo.“Diantedoqua- droquesenosapresenta,enfa- tizandoqueocasarãonãocon- ta com quaisquer dos móveis antigos que compunham os seuscompartimentos,dispon- do apenas do rico acervo dos aposentos do Padrinho Vigá- rio, que não pode ficar isolado, oDepartamentodeCultura,em nomedaAdministraçãoMuni- cipal, já buscou entendimento paraainstalaçãodenovoacer- vo, em homenagem e honra à figuradoPadrePaulo,quefica- rá no quarto ao lado, em corre- dor independente e completa- mente separado das áreas uti- lizadaspeloConselhoTutelare peloCREAS”,afirmaGontijo. Prefeitura de Lagoa da Prata pagou aluguel de imóvel vazio Casa do Padrinho Vigário abriga Conselho Tutelar e CREAS Residência abrigaria a Farmácia Municipal, mas nunca foi utilizada para esta finalidade Imóvel adquirido com o objetivo de ser um museu, recebe dois departamentos da administração municipal NESTA CASA FUNCIONAVA O QUARTEL DA POLÍCIA MILITAR xxx
  8. 8. 8 CIDADES Centro Municipal de Atendimento ao Educando é inaugurado em Lagoa da Prata ll Foi inaugurada na ter- ça-feira (13/05) a sede do Centro Municipal de Aten- dimento ao Educando. A cerimônia iniciou com uma bênção realizada pe- lo padre Patrick Samuel Batista, da Paróquia São Carlos Borromeu. O even- to contou com a presença de alunos da APAE, prefei- to, secretários municipais, vereadores, funcionários do CEMAE, Guarda Muni- cipal e convidados. Duranteainauguração, os alunos da APAE realiza- ram uma apresentação de dançainclusiva,ondecada aluno demonstrou o que a dança tem feito por eles. Segundo Daniela Lo- bato, coordenadora do CE- MAE, o local é totalmente voltado para a inclusão de pessoas indicadas pela re- de pública de saúde e edu- cação, onde um grupo de funcionários trabalharão especificamente para res- gatar a autoestima de pes- soas que se sentem exclu- ídas. “Este era um sonho de anos, tanto da secretá- ria de Educação, Paulene Andrade, quanto meu. Há mais ou menos dois anos estávamos tentando ini- ciar este projeto, que até já existia,masnãodamanei- raquegostaríamos”,afirma Lobato. OCEMAEpossui16fun- cionários, incluindo tera- peuta ocupacional, psicó- logos, psiquiatras, fonoau- diólogos e professores. “Os profissionais atenderão os alunos do AEE (Atendi- mento Educacional Espe- cializado) e também os da rede pública do município deLagoadaPrata”,destaca. Ocentrodeatendimen- todarácontinuidadeapro- jetos estabelecidos ante- riormente, como é o caso do antigo CEAC, que foi re- modeladoparaCEMAE,on- deganhounovosprofissio- nais, nova estrutura e me- tas. “Estamos oferecendo um apoio para a popula- ção e para as escolas que buscamsanardevezopro- blema da falta de inclusão, tanto social quanto educa- cional”, afirma Daniela. Segundo a coordena- dora todos os atendimen- tos serão agendados tanto pela rede de saúde pública, quanto pelas escolas. ”To- dooatendimentorealizado pela instituição será agen- dado. Porém, temos a par- tedeacolhimentoqueére- alizada no plantão, que ca- be ao SUS (Sistema Único de Saúde), ou seja, a crian- çacheganaunidadeacom- panhada de um responsá- vel e com eles um encami- nhamento do SUS. Assim, faremosoacolhimentopa- ra averiguarmos, em equi- pe,qualomelhortratamen- toparaela.Eposteriormen- te, quando a vaga for libe- rada, ela começará o trata- mento”, explica Lobato. O CEMAE está instala- do na rua Professor Jacin- toRibeiro,762,nobairroEr- nestina Bernardes. FOTOS: RHAIANE CARVALHO DANIELA LOBATO, COORDENADORA DO CEMAE ALUNOS DA APAE FIZERAM UMA APRESENTAÇÃO ARTÍSTICA
  9. 9. 9MEIO AMBIENTE Lagoa da Prata - Pescadores estariam vendendo peixes contaminados da Lagoa Verde ll A Lagoa Verde, locali- zada ao norte de Lagoa da Prata, é o maior manan- cialdeáguadacidade,com quase sete quilômetros de extensãoeseiscentosme- trosdelargura–etambém o mais poluído, pois rece- be todo o esgoto produzi- do no município. De acor- do com a vereadora Cida Marcelino/PRB, pescado- res profissionais estão re- tirando peixes contami- nados do local e vendendo diretamenteaosconsumi- dores de várias cidades da região. “Aquela água é al- tamente poluída. Eles lim- pam os peixes e expõem bonitinho para o consu- midor comprar”, afirma a vereadora. De acordo com o Sar- gentoAlves,daPolíciaAm- biental, a fiscalização é re- alizada diariamente. “Os pescadores profissionais possuem licença para rea- lizarapesca.Averiguamos se eles estão pescando de acordo com o que é reco- mendado. Já em relação à comercialização,nãocom- peteanós,quemfiscalizaé aVigilânciaSanitária”,afir- mou o sargento. O coordenador da Vi- gilância Sanitária, Vicen- te de Paula Amorim, dis- se que não há como con- trolar a venda clandesti- na. “Todos os dia fiscaliza- mos estabelecimentos co- merciais,carrosebarraqui- nhas que comercializam peixes, mas existem ven- dedores clandestinos que pegamumacaixadeisopor e colocam em sua bicicle- ta para vender os peixes. E aí, o que fazer? Quando re- cebodenúnciasouvejo,fa- çoaabordagem,masman- terocontroledetodosinfe- lizmentenãodá”,salientou Amorim. Vicente ainda enfati- zouqueafiscalizaçãotam- bém deve partir do consu- midor. “Ao comprar o pei- xeoconsumidordeveana- lisar se está embalado, ob- servar a data de validade, o carimbo do SIF (Serviço deInspeçãoFederal)eoar- mazenamento”, explica. FOTOS: AAPA
  10. 10. 11 Porque a confecção do Fábio precisava de uma mãozinha na hora de ampliar. Mais de R$ 130 bilhões em crédito para o segmento que gera mais de 50% dos empregos do país. Fábio Bogosian, empresário O Banco da Micro e Pequena Empresa. O Banco do Brasil é o melhor parceiro de quem contribui para o desenvolvimento do país. São as melhores linhas de crédito e o melhor Gerenciador Financeiro da internet para os negócios que fazem o país inteiro ser melhor. Central de Atendimento BB 4004 0001 ou 0800 729 0001 Serviço de Atendimento ao Consumidor - SAC 0800 729 0722 Deficiente Auditivo ou de Fala 0800 729 0088 Ouvidoria BB 0800 729 5678 *Crédito sujeito a aprovação e ao atendimento das linhas de crédito. @bancodobrasil /bancodobrasil @bancodobrasil /bancodobrasil bb.com.br/mpe CULTURA Nerso da Capitinga realizará show em Lagoa da Prata e S. A. Monte ll Na próxima semana o atorehumoristaPedroBis- marck, o famoso Nerso da Capetinga, fará duas apre- sentações na região com o espetáculo “Bobeira Pega”. Na sexta-feira (31/05) ele estará em Lagoa da Prata, no Teatro Fausto Rezende, e no sábado em Santo An- tônio do Monte, no Centro TurísticoCultural. Em entrevista exclusi- va ao Jornal Cidade, Pedro disse que cada apresenta- ção é diferente, por mais que a peça seja a mesma. “Cada show que acontece tem uma particularidade e em ambas as cidades já tivemos ótimas experiên- cias. Esta é a primeira vez que apresento o show ‘Bo- beira Pega’ em Lagoa da Prata e em Santo Antônio do Monte. Espero que o pú- blico compareça em mas- saepreparadoparadarbo- as gargalhadas”, destacou Pedro. Bismarck ainda salien- tou que “Nerso” traz muito de Minas Gerais e que re- presentar o estado é moti- vo de muita alegria. “Todas ashistóriasdo‘Nerso’sãoti- picamentehistóriasdeMi- nas Gerais. O personagem é nacionalmente conheci- dojustamenteporsuasim- plicidade e naturalidade. O ‘Nerso’ nasceu em Minas e seus causos e histórias re- tratam muito os costumes e características que ain- da temos independente de sermosdecidadesgrandes ounão”,enfatizou. Pedro disse que a peça “Bobeira Pega” reúne algu- maspiadasconsagradasao longodetrintaanosdecar- reira e algumas outras no- vas que foram se transfor- mando com o tempo. “Por ondepassocomesseshow observo um retorno do pú- blico muito positivo. O ca- risma e a espontaneida- de da Marieta, atrelado à simplicidade e esperteza do “Nerso”, sempre trazem surpresasparaquemassis- te”,afirmouoator. Pedrogarantequeleva- rábonsmotivosparaqueos lagopratenses e santanto- niensescaiamnoriso.“Ca- da pequena coisa que nos abre a porta da gargalhada deve ter mais valor do que as grandes coisas que tra- zemaflição.Omeuobjetivo ésemprelevarummomen- todefelicidadeealegriapa- ra a vida das pessoas e as- sim espero fazer em Lagoa daPrataeSantoAntôniodo Monte”,disseBismarck. Outrasinformaçõespo- demserobtidaspelostele- fones 3281-5826 em Santo Antônio do Monte e 3261- 7250emLagoadaPrata. Quer aparecer aqui? Envie e-mail para contato@jornalcidademg.com.br NOSSA TERRA, NOSSA GENTE llOgerentedemarketingdaLagoacredJulioMarcosea noiva Carolina irão se casar no próximo mês. Felicidades aocasal. llA redatora do Jornal Cidade Rhaiane Carvalho, deseja aomaridoWalbermuitas felicidadespelapassagemdeseu aniversárionodia20/05/2014.
  11. 11. 12
  12. 12. 13
  13. 13. 14 OPINIÃO José Antônio (Rádio Samonte FM) bandeirantes@isimples.com.br Causos e Prosas ll Quando eu era crian- ça, normalmente depois da aula, a gente costuma- va ir aos sítios chupar la- ranja, manga e as frutas da época. A gente costuma- va frequentar a fazenda do Arailton Borges, indo para Bom Despacho, eu, o Jack- son (conhecido como an- zol, filho do Zé Cilino) e Jo- el do Tito (neto do saudoso Zé Acácio e da Dona Geral- da Normandia). Estudáva- mos juntos e éramos mui- to custosos na escola. De vez em quando a gente tomava uns tiros de salnascostas.Agentenão pediapermissãoaosfazen- deiros para chupar as fru- tas. Em uma vez, chegan- do na fazenda do Arailton Borges, numa estradinha estreitinhadeterra,encon- tramos uma bicicleta com umbalaionagarupa.Aqui- lodespertouanossacurio- sidade.Nãoabicicleta,mas oquetinhadentrodacesta. Nãotinhaninguém.Sóma- tofechadoeopasto.Emci- madacesta,tinhaumpano branquinho.Levanteiopa- no. A cesta estava cheia de queijo. Que gostosura! Levamos a cesta de queijo. Fomos pé por pé. Tiramos a cesta da bici- cleta e seguimos adiante. Não fomos pegar as fru- tas do Arailton. Seguimos sentido Bom Despacho e passamos próximo da Fo- gos Confiança, da encruzi- lhada do coqueiro. Quan- do chegamos no posto dos carreiros, tinha uma outra fazenda com plantação de eucalipto.Tinhaumatape- raabandonada.Pensamos: “Látemmuitabanana,mais frutas”. Então fomos lá. Sentamosnessatapera abandonada e comemos o queijo. Estava gostoso de- mais. Não sabíamos se rí- amosoucomíamosoquei- jo.Nãoconseguimoscomer tudo. Então tive uma idéia: “Vamos enterrar essa ces- tadequeijo.Opanovaipro- teger da terra”. Nossa ideia eravoltarnaoutrasemana ecomerorestantedoquei- jo e as frutas. Voltamos. Passamos próximo da fazenda do ArailtonBorges.Abicicleta estavanomesmolugar.Na outrasemana,fomosnova- mente ao posto dos carrei- ros comer os queijos. Che- gando na tapera velha, en- contramos muitas formi- gas. Cada uma carregando um trenzinho branco. Uai! Adeus queijo. As formigas comeram tudo. Sobrou só o pano e a cesta. Alimen- tamos as formigas duran- te uma semana. A cesta de queijo sem dono Planejamento de Cardápio Sopa de Tangerina INGREDIENTES (para16pessoas) Calda •250mldeáguafiltrada •250gdeaçúcar •01kgdecenouraemrode- lasgrandes •Pitadadesal • 160 ml de suco (polpa) de maracujá • 01 litro de suco de tange- rina Acompanhamentos •Gomosdetangerina • Sorvete de tangerina com gengibre ou outro de sua preferência. •Rodelasdepimentadedo- -de-moça(opcional) •Casquinhadelaranjacris- talizada •Folhasdehortelã MODO DE PREPARO •Paracalda:ferveraáguacomoaçúcarpor3minutos,após levantarfervura.Reserve. •Cozinhar as cenouras em água com uma pitada de sal. Deixaresfriar. •Liquidificar todos os ingredientes, junto com as cenou- rascozidas. •Deixarficarbemhomogêneoeservircomosacompanha- mentos. REGRAS BÁSICAS 1) Ingredientes apropriados para cada estação do ano: Tenha atenção especial nos in- gredientes que você for escolher. Alguns tipos de peixes e verduras estão disponíveis em apenas algumas temporadas durante o ano. Assim, leve em conta os ingredientes queestãoemabundâncianossupermercados.2)EncontroeOcasião:Utilizeosutensí- lios adequados paradarumvisualespecialaos pratos.Existemvários tipos decaçaro- las para cozinhar à mesa. Considere o número de convidados, se a ocasião em que for servir for uma festa, um lanche com amigos, um jantar, um piquenique, etc. 3) O Sabor e a Textura: Planeje o cardápio com carne, peixes e vegetais. Cada Prato tem um mé- todo diferente de se cozinhar como grelhar, fritar, assar no forno, banho-maria, ou co- zernovapor.4)Cor:Aapresentaçãodacomidaéimportantetambém.CadaIngredien- te tem sabor, textura e cor diferentes. É importante a aparência tanto para seus olhos comoparaoseupaladar.5) Nutrientes:Émuitoimportantedeterminarquetipodeco- mida irá servir, levando em conta as condições físicas e idade dos convidados. 6) Cus- to: Ingredientes frescos da época geralmente são mais baratos. Veja também as ofer- tas especiais da semana para planejar seu menu. PRELIMINARES Passo 1 (mise en place) 1. Siga e leia as receitas cuidadosamente. 2. Liste todos os ingredientes necessários que você precisa comprar. 3. Cheque todos os equipamentos da cozinha e coloque-os todos ao seu alcance. 4. Coloque todos os ingredientes, condimentos e ervas na prateleira ao seu alcance. 5. Prepare todas as xícaras e colheres de medidas. 6. Prepare todas as tigelas, pratos e talheres e deixe perto de você. Você também preci- sa separar algumas louças para servir a comida. Passo 2 1.Vistaroupasconfortáveiseapropriadas,assimvocêestarápsicologicamenteprepa- rado para cozinhar. 2. Deixe preparado panos e toalhas de papel em abundância. 3. Comece sempre pela sobremesa. Solange Barbosa (Buffet Divina Gula) solangecfb@gmail.com Alimentos e Culinária Uma nova opção de lazer em S. A. do Monte ll Uma nova opção de en- tretenimento está chegando a Santo Antônio do Monte. A novidade é trazida pelo em- presário Breno Santos. O Cha- lé 87, que está em fase final de instalação (praça da matriz, antigo Center Lanches), será um ambiente aconchegante queiráoferecerinovaçõesaos clientes: “Eu já organizava vá- rios eventos com meus ami- gos,maseuqueriamontarum lugar onde as pessoas pudes- semverumshowzinhoaovivo e descontrair em um ambien- teagradável.Tudooqueeuve- jodeinovaçãotentotrazerpara omeuempreendimento”,afir- ma Breno. OChalé87faráatransmis- são dos jogos durante a Copa do Mundo e do Campeonato Brasileiro.Olocalcontarácom váriostelevisoresparagarantir visibilidade privilegiada a to- dos os clientes. O ambiente também con- tarácommúsicaaovivoemui- tas novidades. “Iremos oferecer um bar diferente. Tudo que há de bom em outros lugares estou tra- zendo para o Chalé 87. Tere- mos uma seção onde o con- sumidor pode escolher o seu tira gosto por quilo enquan- to aguarda o seu pedido. É só chegar e servir”.O CHALÉ 87 SERÁ INAUGURADO NOS PRÓXIMOS DIAS EMPRESÁRIO BRENO SANTOS
  14. 14. 16 COTIDIANO llEmrazãodatransferência de Dom Antônio Carlos Félix para a Diocese de Governador Valadares – MG, o Colégio de ConsultoresdaDiocesedeLuz, reuniu-se na manhã do dia 21 de maio, na Cúria Diocesana e elegeu como o novo adminis- trador da vacante o padre An- tônio Campos Pereira. OAdministradorDiocesa- no é aquele que estará à fren- tedaDiocese,representando-a diante da Santa Sé e da CNBB (ConferênciaNacionaldosBis- posdoBrasil),animandoasua vivênciapastoral,promovendo asuaunidadeeincentivandoa práticadafécomtodososseus desdobramentos,duranteope- ríodo de vacância da Diocese. Onovoadministradordesem- penha o serviço juntamente com o Colégio dos Consulto- res Diocesanos. Padre Antônio como ad- ministrador, tem como res- ponsabilidade as questões sa- cramentaisadministrandoas- sim o sacramento da crisma. Nas questões administrativas ejurídicastemamesmaauto- ridadedobispo,excetonaque- lesassuntoslimitadospeloCó- digo de Direito Canônico. l l Uma grande barquea- ta (grande cortejo de barcos) entre as cidades mineiras de Três Marias e Pirapora, ambas localizadasàsmargensdoVe- lhoChico,seráumadasaçõesa seremrealizadaspelaCâmara Consultiva Regional (CCR) do Alto São Francisco, instância do Comitê da Bacia Hidrográ- fica do Rio São Francisco, por forçadoDiaNacionalemDefe- sadoVelhoChico–3dejunho. De acordo com o Colégio dos Consultores permanece- rá tudo aquilo que foi progra- madonocalendáriocumprin- do-se, portanto, todas as ativi- dades da agenda diocesana. Cabe-lhe a tarefa, em comu- nhão com o presbitério e as li- derançaspastoraismantertu- do que já existe, aprofundan- do a consciência e correspon- sabilidade na missão evange- lizadora,preparandoaDiocese para a chegada do novo bispo. Oobjetivodaaçãoéreivin- dicarpormelhoriasaorio,prin- cipalmente por conta dos pre- juízoscausadosàpopulaçãori- beirinhaemdecorrênciadare- centereduçãodavazãonaUsi- naHidrelétricadeTrêsMarias, tambémemMinasGerais.Par- ticiparão da mobilização, pes- cadores locais e representan- tesdosetorambientaldoEsta- do,bemcomoaprópriapopula- çãoribeirinha. PADREANTÔNIO PadreAntôniotem59anos e é natural de Japaraíba – MG. EstudouFilosofiaeTeologiana PUC-MG. Foi ordenado no ano de 1986 na cidade natal. É for- madoemPsicologia. NaDioceseexerceuasfun- ções de Pároco, Reitor da Teo- logia, membro dos Conselhos DiocesanoseCoordenadorDio- cesanodePastoral.Atualmen- teémissionárionaDiocesede Guajará-Mirim,emRondônia. O Dia Nacional em Defesa doVelhoChicoéumainiciativa do Comitê da Bacia Hidrográ- fica do São Francisco e propõe que o dia 03 de junho seja de mobilizações simultâneas em toda a extensão da bacia, aler- tandoatodosparaanecessida- dederevitalizaçãodorio.Para maisinformaçõessobreacam- panha,alémdetextos,imagens ematerialaudiovisual,acesse: http://virecarranca.com.br/ Padre Antônio Campos Pereira é eleito o novo administrador da Diocese de Luz Barqueata agita o Alto São Francisco padre antônio é natural de japaraíba
  15. 15. 17 Dr. Fabiano Lemos 37 3261-2693 cirurgiaplastica@fabianolemos.com R. Olegário Maciel, 135 - Lagoa da Prata/MG Saúde e Beleza llTambém conhecida co- momamoplastiadeaumen- to, a cirurgia de aumento de mamautilizaimplantespa- ra dar volume aos seios ou restaurar o volume mamá- rioperdidoapósperdadepe- so ou gravidez. Se você está insatisfeita com o tamanho da sua ma- ma, a cirurgia de implan- te de silicone pode aumen- tar o tamanho e projeção de seusseios,melhoraroequi- líbrio de seu corpo e melho- rarasuaautoestimaeauto- confiança. O sucesso e a seguran- ça do procedimento depen- demmuitodesuasincerida- de durante a consulta. Seja participativo,procureescla- recerdúvidassobreoproce- dimento.Vocêseráquestio- nadosobresuasaúde,dese- jos e estilo de vida. Os implantes de silico- nesãobastanteseguros,não causam câncer, possuem garantiapelosfabricantese passamportestesnoINME- TRO, garantindo sua quali- dade. O tamanho do implante é discutido com seu cirur- gião plástico, observando o desejo da paciente em con- formidade com seu corpo. Pode ser colocado atrás da glândula mamária ou do músculo peitoral maior, de acordocomaavaliaçãopré- via do seu médico. A inci- são também tem várias op- ções, podendo ser no sulco subglandular, ao redor da auréola ou na axila. As recomendações de seu médico são fundamen- taisparaosucessodacirur- gia. É importante que as in- cisõescirúrgicasnãosejam submetidasàforçaexcessi- va,àescoriação,ouaomovi- mento durante o tempo de cicatrização. Verifique a especialida- dedoseucirurgiãonossites www.crmmg.org.br www.cirurgiaplastica.org.br Tudo sobre Implantes de Silicone em mama OPINIÃO
  16. 16. 18 ECONOMIA EUGÊNIO (GENINHO), PEDRO E DINHO GÓIS DIRETORES DA ACIASAM / CDL SAMONTE SUCESSO DE PÚBLICO NA 2ª SEMANA EMPRESARIAL DE SAMONTE EQUIPE DO SICOOB LAGOACRED Aciasam realiza a 2ª Semana Empresarial de S. A. do Monte ll A 2ª Semana Empre- sarial de Santo Antônio do Monte, realizada pela Aciasam (Associação Co- mercial, Industrial e Agro- pecuária),reuniuempresá- riosecolaboradoresdeem- presas na busca de conhe- cimento para melhor ges- tão do negócio e atendi- mento ao cliente. De acor- docomaassociação,cerca de trezentas pessoas par- ticiparamemcadaumdos três dias do evento, geran- do quase quinhentos qui- los de alimentos que fo- ram doados para a Apae, LarVicentino,AbrigoCasa da Restauração e Comu- nidade Terapêutica São Francisco de Assis. “Esse segundo encon- tro veio para firmar o que foi o primeiro encontro, quetambémfoiumsuces- so. Foram seis treinamen- tos em três dias de pales- tras. Cursos pela manhã e à tarde. Todos os cursos fi- caram lotados. No ano que vem provavelmente fare- mos os treinamentos em outro local, com mais tur- mas”, disse o vice-presi- dente da Aciasam, o em- presário Pedro Henrique Correia Grossi, proprietá- rio da Droga Rede. A asso- ciação ofereceu durante a Semana Empresarial ofi- cinas de negócios e pales- trascomDanielBizon,Sara Toshie Sato e Willian Cal- das. Grossi destaca que a Aciasam, além de ser uma entidade que beneficia as empresas,temoclienteco- mo um dos principais fo- cosdeatuação.“Aassocia- ção está aberta para todos. Representamos as empre- sas e o comércio. Mas tra- balhamos em conjunto comopúblico.Semoclien- te não somos nada. Ao pú- blico em geral, procure en- tender os benefícios que a associação oferece”. Entidades filantrópicas são beneficiadas com quase 500 quilos de alimentos Vejo com bons olhos e renovado compromisso essa iniciativa da Aciasam. Recentemente instalamos a Jucemg (Junta Comercial do Estado de Minas Gerais) aqui em Santo Antônio do Monte na busca de somar esforços para fortalecer o comércio. A pirotecnia e os rifeiros fazem com que o município tenha uma potencialidade econômica diferenciada. DR. WILMAR FILHO Prefeito Municipal Eu me surpreendi com a grande participação dos empresários. É assim que fortaleceremos o comércio para que a população não precise se deslocar de Santo Antônio do Monte para comprar seus produtos ou serviços em outras cidades LUIS ANTÔNIO RESENDE Vereador e Presidente da Câmara Municipal As oficinas foram muito produtivas. Reaprendemos a visualizar os departamentos financeiros, de vendas, de crédito. São coisas que no dia a dia, com o acúmulo do trabalho, a gente não percebe e precisa de uma ajuda como as oficinas do Sebrae. Essa iniciativa da Associação comercial é muito válida. WALKIRIA F. DA SILVA Gerente administrativa da Estalos Fantasminha Nossa estratégia é trabalhar para fortalecer, ainda mais, a economia local e não deixar os recursos financeiros migrarem daqui para outras praças. Quanto mais riquezas forem geradas aqui, mais oportunidades a população terá NILSON BESSAS Presidente do Sicoob Lagoacred A Aciasam está na direção certa. O trabalho é árduo. QUELLEN MIRANDA Gerente do Sicoob Lagoacred Se a gente souber aproveitar o conteúdo que foi apresentado nesses três dias do encontro será muito bom para o comércio de Santo Antônio do Monte. A Samlar apoia esse evento. Ter a casa própria é o sonho de todo mundo. Quem investe em imóvel, seja na construção ou reforma, não perde dinheiro. A Samlar está à disposição para idealizar todos os seus sonhos no que se refere à construção civil. Oferecemos idéias inovadoras e uma equipe altamente qualificada, com arquiteta, vendedores e consultores. VICENTE EUGÊNIO DA SILVA (GENINHO) Empresário e proprietário da Samlar Acabamentos OPINIÕES FOTO: JULIANO ROSSI FOTO: JULIANO ROSSI FOTO: RAMON TALES
  17. 17. 19COTIDIANO ExpôLagoa terá nova estrutura de camarotes llEm 2014, a Expô Lagoa chega ao seu 15º ano de re- alização consagrada co- mo um dos maiores even- tosagropecuáriosdaregião centro-oeste de Minas Ge- rais. Ano após ano o even- to supera a expectativa de público, com atrações ca- da vez mais empolgantes, transformando o evento em um verdadeiro espetá- culo. Segundo o presidente do Sindicato Rural de La- goa Prata, Carlos Henrique Lacerda (Carlão), este ano a estrutura dos camarotes será diferente para maior segurança. “No ano passa- do os camarotes eram um em cima do outro, o que muitas vezes incomodava quem estava no andar in- ferior, por isso resolvemos adequarumanovaestrutu- ra”, salientou. Outra novidade é que neste ano a festa contará comaboiadadoPauloEmí- lio –composta por mais de cem animais de pulo, in- cluindoosmelhoresatletas depesodorodeionacional, taiscomoAgressivo,Britâ- nico Bipolar, entre muitos outros. Durante o dia a ex- posição contará com a fa- zendinhadepequenosani- mais,ondeospaispoderão levar seus filhos para se divertirem. Também terá apresentaçõesdeprovasde tambores femininos, que serão realizadas de quin- ta a domingo. “Essas atle- tasjádisputaramnomaior rodeio do Brasil, que é o de Barretos,etemosacerteza de que darão um show em Lagoa da Prata também”, afirma o presidente. Paraabrircomchavede ouro, a estrela da primeira noitedoeventoseráamusa baiana Ivete Sangalo, que faz sua estreia nos palcos daregiãoeprometefazera arenadoparquedeexposi- ções de Lagoa da Prata fer- ver. “Estamos inovando na Expô Lagoa. Todos os anos trazemos somente canto- res sertanejos e em 2014 resolvemos trazer a Ivete, que hoje é uma das maio- res estrelas do Brasil”, res- salta Carlão. O evento acontecerá entre os dias 18 e 22 de ju- nho no parque de exposi- ções de Lagoa da Prata. Os ingressospodemseradqui- ridos nos pontos de venda autorizados: Lojas Clau- dia Calçados, Intercâmbio, ChiquinhoSorvetes,Cacau Show e Sindicato Rural. Paramaisinformações,acesseositewww.expola- goa.com ou fale com os organizadores pelo telefo- ne (37) 3261-1388. CARLÃO, PRESIDENTE DO SINDICATO RURAL Musa baiana Ivete Sangalo será a primeira atração da exposição
  18. 18. 20 COTIDIANO Lagoa da Prata - Município realiza passeata contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes llNo dia 15 de maio acon- teceu uma passeata con- tra a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A datamarcoestabelecidape- loGovernoFederaléodia18 demaio,masLagoadaPra- taseantecipourumoàcam- panha. Segundoaestagiáriade Psicologia Flávia Castro, o evento foiumaproduçãodo CREAS (Centro de Referên- cia Especializado de Assis- tênciaSocial),AMAVI(Asso- ciação Municipal de Apoio às Vítimas de Violência), AFA (Associação Francis- co de Assis), SCFV (Serviço deConvivênciaeFortaleci- mento de Vínculos), Escola MunicipalJoãoFernandes, EscolaÁguiadePrata,tendo comoapoioaPolíciaMilitar eaGuardaMunicipal. “Oobjetivoéconscienti- zarapopulaçãosobreoabu- so e exploração sexual de criançaseadolescentes,le- vando-aarefletircomooato criminosodestróiainfância eadolescênciadaspessoas envolvidas, trazendo con- sequências imensuráveis como danos físicos e o pior de todos, que são os danos psicológicos. A campanha tambémtemcomoobjetivo valorizar e dar voz para es- sascriançasquefrequente- menteestãoemsituaçãode vulnerabilidadeepassivida- de”,afirmouCastro. A estagiária ainda sa- lientouqueapasseataéape- nasumaaçãodentrodeum trabalho pedagógico volta- doaocombateàexploração e abuso sexual de crianças e adolescentes ao longo do ano. “Principalmente du- rante essa semana foram desenvolvidos vários tra- balhos que giraram em tor- nodessetema,possibilitan- doàscriançasconhecerem maissobreoquecaracteriza oabusoeaexploraçãosexu- al,comoeleocorre,quaissão osdanosparaascriançase adolescentes abusados ou explorados, quais são as formas de denunciar e que existempessoasquepodem ajudarcasoalgumfatodes- sesocorra”,destacou. Segundo Caroline de Carvalho,Coordenadorado Centro de Referência Espe- cializadodeAssistênciaSo- cial, aviolênciasexualnãoé algoquenãoestásendovis- to;aocontráriodoquemui- tas pessoas pensam, esse problema acontece em to- dos os lugares, em todas as classessociaisepodeocor- rer com qualquer criança. “Trabalhamos diretamente com as vítimas da explora- çãosexualesabemosoque esteabusotrazdefatocomo consequência para quem sofre. Então, por sabermos queestascoisasacontecem bemdiantedenóséquere- solvemosrealizarapassea- ta,afimdemobilizarapopu- lação,quemuitasvezesvêe nadafaz”,afirmouaCoorde- nadora. FOTO: ARQUIVO PESSOAL FOTO: ARQUIVO PESSOAL FLÁVIA CASTRO, ESTAGIÁRIA DE PSICOLOGIA caroline de carvalho, coor- denadora do creas FOTOS: RHAIANE CARVALHO
  19. 19. 21POLICIAL FOTOS: ISMAEL COSTA FOTOS: ISMAEL COSTA Aumento da criminalidade em S. A. do Monte preocupa população ll Episódios recentes de violência têm levado me- do ao cotidiano dos mora- dores deSantoAntôniodo Monte. No último final de semana pelo menos cin- co assaltos à mão arma- da foram registrados. Na sexta 16, cinco bandidos encapuzados assaltaram uma pizzaria e levaram dinheiro, pertences e um veículo, que, em seguida, foi utilizado no assalto a um posto de combustível. Segundo informações de populares, apolíciademo- rou quase uma hora para chegar ao local do crime. O detalhe, é que o quartel da PM fica a cerca de qui- nhentos metros dos esta- belecimentos.Nosábadoà tarde,doisladrõesassalta- ram uma fábrica de calça- dos. Um cabeleireiro tam- bém foi vítima da ação de bandidos. E no domingo, uma mercearia foi assal- tada. Segundo o policial mi- litar Cabo Bessas a situa- ção está caótica e tem si- do fruto de muita preocu- pação. “Estamos fazen- do o possível para mini- mizar os assaltos e a cri- minalidade como um to- do, porém, nosso efetivo é pequeno e algumas vezes se torna difícil manter tu- docomodeveria.Oefetivo da PM precisa aumentar, visto que o número de cri- messóvemaumentandoa cada dia”, afirmou Bessas. Em entrevista à radia- lista Rosiney Bessas, da Rádio Samonte FM, Wag- ner Soares Santana, te- nente coronel do 7º Ba- talhão da Polícia Militar garantiu que militares de Bom Despacho irão refor- çar o efetivo policial da ci- dade. “Vamos otimizar o trabalho do tenente Har- ley,trazendoinclusivemi- litaresdeoutrasunidades, das quais eu destaco o 7º Batalhão, em Bom Despa- cho”. Na sexta-feira (16/05), uma reunião entre agen- tes políticos e represen- tantes da PM foi realizada com o objetivo de buscar soluções para diminuir a criminalidade na cidade. Foram tratados assun- tos sobre o funcionamen- to das câmeras de segu- rança e a contratação de um policial aposentado para coordenar os moni- tores. “Temos várias câ- meras que nos auxiliam e comissojáprendemosvá- rios autores de pequenos e grandes crimes. Embo- ra a PM tenha trabalha- do incessantemente pa- ra combatê-los, Samonte é uma cidade com alto ín- dice de criminalidade pe- lo número de população”, disse o tenente Harley.xxx TENENTE CORONEL GARANTIU QUE A PM DE SAMONTE RECEBERÁ REFORÇO DE OURAS CIDADES TENENTE HARLEY DA POLÍCIA MILITAR
  20. 20. 22 ESPORTE FOTOS: JULIANO ROSSI GAROTO SE PREPARA PARA INICIAR O TREINAMENTO Para ser bom de bola tem que ser bom na escolaProjeto da Escolinha do Flamengo em S. A. do Monte exige bom comportamento e rendimento escolar ll O Flamengo Esporte Clube,deSantoAntôniodo Monte, está desenvolven- do um projeto em sua ca- tegoriadebasequereforça nas crianças e adolescen- tes os benefícios de terem bom rendimento escolar e comportamental na famí- liaecomunidade.Batizado de“Bomnabola,bomnaes- cola”,ainiciativatemapar- ceriadogovernomunicipal eempresaslocais.Cercade 90atletas,entre6e16anos, participam do projeto. DeacordocomWantuil Ferreira de Paula, o objeti- vo principal é formar cida- dãos. “A gente sabe da di- ficuldade em se tornar um jogador de futebol profis- sional e ganhar dinheiro. Nossa missão é fazer com que os alunos entendam que só através do estudo poderão ter a garantia de umfuturomelhor”,explica Wantuil. Para participar da es- colinha do Flamengo, os pais ou responsáveis pe- la criança precisam assi- nar um termo que autori- za um colaborador do clu- be a fazer o acompanha- mento das atividades es- colares da criança. “Quem tem bom comportamento recebe prêmios, como me- dalhas, brinquedos edu- cativos, livros e chuteiras. Também temos parce- ria com a Droga Rede, que oferece um kit de medica- mentos, e com a ISimples, quedisponibilizouinternet gratuita em nosso campo detreinamento”,acrescen- ta Wantuil. O secretário munici- pal de Esporte, Antônio Fernando Bolina Batista (Nando) falou dos benefí- cios do projeto. “Existe um acompanhamentoescolar da criança, do comporta- mento dela na escola e na comunidade. Ela se sente importante, se sente valo- rizada, e ao mesmo tempo sesenteresponsávelpelos seusatos.Seoalunonãoti- ver bom comportamento, será afastado temporaria- mente e poderá ter puni- ção.Vamoscolherumbom resultado desses jovens. A princípio, diante disso tu- do, se conseguirmos reve- lar um grande jogador, se- rá ótimo. Mas o importan- te é formar o cidadão para Santo Antônio do Monte”, ressalta o secretário. SEGUNDO NO BRASIL De acordo com Nando, o Flamengo de Santo Antô- niodoMontefoiosegundo clube registrado no Brasil com esse nome. “Meu avô foi o fundador do Flamen- go. Essa informação pode ser consultada na CBF. A primeira instituição de fu- tebol com o nome de Fla- mengo fundada no Brasil foi o do Rio de Janeiro. Em 1950, o Flamengo de nossa cidadefoiregistradonafe- deração mineira e na con- federação brasileira. É a segunda equipe com esse nomeregistradanoBrasil”, garante.
  21. 21. 23ESPORTE ll Durante o trabalho, o gari Roberto Silva encontrou uma bolsa que havia sido roubada de um comerciante em um assaltocomR$60milemche- ques. Apósoservidorpúblicolo- calizar a vítima, a bolsa foi de- volvida ao dono no dia 14 de maio. Roberto apenas afirmou que a sua única vontade era entregar o dinheiro e os do- cumentos a quem realmente pertencia. “Para mim foi uma alívio devolver os cheques e os documentos dele”, afirmou Silva. Gari de Lagoa da Prata encontra R$60 mil dentro de uma bolsa FOTO: ASCOM LAGOA DA PRATA FOTO: ASCOM LAGOA DA PRATA llA atleta lagopratense Ale- xandraMaria(Xandinha)con- quistou uma das quatro vagas brasileiras para disputar os Jogos Olímpicos da Juventu- de, que acontecerão na China. Xandinha disputou a seletiva sulamericana, entre 17 e 18 de maio,naColômbia,eficoucom oprimeirolugaremarremesso de dardo. Ela alcançou a mar- ca de 54,45 metros, obtendo o recorde brasileiro. A lagopra- tense disputou a vaga com 64 atletas. Xandinha é integrante do projeto“CorrendoparaoFutu- ro”, da Secretaria dos Despor- tosdeLagoadaPrataecoorde- nadapeloprofessorAbelMen- des. Xandinha ainda aprovei- tou a oportunidade para agra- deceratodosquederamapoio a ela. “Primeiramente agrade- çoaDeusedepoisaomeutéc- nicoAbelMendes,quesempre me apoiou e me motivou para que eu seguisse meu sonho”, afirmou a atleta. No dia 3 de maio a equipe deatletismodeJaparaíbadis- putou o Meeting de atletismo PUC Minas. A competição foi realizada em Belo Horizonte, ondeestiveramdiversasequi- pes de Minas Gerais. Japaraíba participou com a equipe Clã Delfos, entidade esportivafiliadaaFMA(Fede- ração Mineira de Atletismo) e CBAT(ConfederaçãoBrasileira deAtletismo).Competiramno Meeting de Atletismo a jovem Leydiane Lopes Ramos (1º lu- gar na prova de 100 metros ra- sos),IslanePereiraLopes(1ºlu- garnacompetiçãode400me- tros rasos) e o atleta Iago Oli- veira Braga. Xandinha conquista vaga para os Jogos Olímpicos da Juventude, na China Atletas de Japaraíba também se destacaram em competição de atletismo XANDINHA (AO CENTRO) BATEU O RECORDE BRASILEIRO DA CATEGORIA O GARI ROBERTO SILVA FOI CUMPRIMENTADO PELO PREFEITO PAULO TEODORO ISLANE, ATLETA DE JAPARAÍBA
  22. 22. LEILÃO DOS VEÍCULOS DO SICOOB CREDIPRATA Dia: 29/05/2014 Horário: 18:00 horas Local: Salão Social do SICOOB CREDIPRATA 02 FIAT UNO MILLE WAY ECONOMY COMPLETOS Cor Prata *Imagensmeramenteilustrativas. VEÍCULOS PARÂMETROS: Será vendido pelo maior lance. Lance inicial: Aberto Lances complementares: R$ 200,00 FORMAS DE PAGAMENTO: • Pagamento à Vista • Pagamento Financiado com as seguintes condições: - Ser associado - Possuir ficha Cadastral atualizada - Valor máximo financiado 80% do valor do bem - Prazo máximo: 36 meses - Contratação de Seguro total A aprovação do financiamento esta condicionada a aprovação do crédito. Em não sendo atendidas as condições para aprovação do crédito, o lance será desconsiderado, sendo concedido o direito de aquisição ao lance anterior. DEMAIS INFORMAÇÕES COM OS GERENTES DAS AGÊNCIAS Lagoa da Prata: Av. Benedito Valadares, 590 - Centro - Lagoa da Prata/MG CEP: 35590-000 - Telefax: (37)3262-5600 Moema: Rua Tupinambás, 325 - Centro - Moema/MG - CEP: 35604-000 - Telefax: (37) 3525-1577 Esteios: Praça João Batista do Couto, 460 - Centro - Esteios distrito de Luz/MG CEP: 35596-000 - Telefax: (37) 3425-1213 Japaraíba: Av. Francisco Tavares de Moraes, 193 - Centro - Japaraíba/MG CEP: 35580-000 - Telefax: (37) 3354-1105

×