Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.
iOS
Uma breve introdução ao desenvolvimento de apps
1. Introdução
1
2. A história
• Lançado em Janeiro de 2007;
• Chamado inicialmente de iPhone
OS, sendo nomeado como iOS
durante o lançamen...
2.1 Início cheio de limitações
• Inicialmente não suportava rede 3G, multitarefa, não podia
copiar e colar textos, não pod...
3. App Store
4
3. Mercado de aplicativos
	 •	 A primeira versão da App Store foi lançada em julho de 2008,
junto junto iOS 2 e o pacote n...
3.1 Venda de app’s
• É necessário ter uma licença de
desenvolvedor registrado no iTunes
connect;
• O aplicativo passa por ...
3.2 iTunes Connect
• Administra app’s
publicados que foram
submetidos para a
plataforma;
• Possibilidade de
administrar to...
3.3 App analytics
• Permite o tracking da quantidade de:
• Visualizações do app na loja;
• Aberturas do aplicativos por us...
3.4 Disponibilização do produto
para testes
• Possibilidade de
disponibilizar vários
“releases ” sem abertura
para o públi...
4. Experiência visual
• Foco na experiência de uso entre
produto e usuário;
• Atraente e intuitivo visualmente;
11
4.1 Princípios de UX
12
4.1.1 Deferência
A interface de usuário auxilia a compreensão e interação com o conteúdo
do aplicativo
13
4.1.2 Claridade
Textos legíveis em qualquer tamanho, ícones precisos e
lúcidos, foco no design motivando o uso de funciona...
4.1.3 Profundidade
Utilização de camadas visuais e movimentos realistas para
aumentar a alegria e compreensão durante o us...
4.2 Layout adaptativo
Sugere-se que todo conteúdo do aplicativo deve ser adaptativo a
diversas resoluções de dispositivos
...
4.3 Evolução do design e
experiência
17
4.3.1 Skeuomorphism
Princípio do design em que os componentes mantém a
estrutura dos objetos originais representados
18
4.3.2 Flat design
Flat design, ou design plano, é representado por interfaces
minimalistas, simples, com poucos efeitos vi...
4.3.3 Semi Flat
Combina a utilização intensa de cores, profundidade,
minimalismo, animações de transições, com a represent...
5. Pacotes de desenvolvimento
21
5.1 Requisitos para desenvolvimento
• Sistema operacional Mac OS 10.8
ou superior;
• Xcode 5 ou superior;
• iPhone e/ou co...
6. Linguagens de desenvolvimento
23
6.1 Objective-c
24
6.1.1 História
• Derivada do Smalltalk e C;
• Desenvolvida no início do ano de
1980;
• Escolhida para ser utilizada nos
co...
6.1.2 Estrutura
• Separadas por dois arquivos:
• “.h” : Cabeçalho ou header;
• “.m” : Implementação de métodos e funções d...
6.1.3 Organização do arquivo .h
26
6.2 Swift
27
6.2.1 História
• Apresentada no final do ano de
2014 durante a WWDC;
• Inspirada no Objetive-C, Haskell,
Ruby, Phyton e out...
6.2.2 Estrutura
• Implementado por apenas 1
arquivo “.swift”;
• Ambientes para aprendizado e
testes com a linguagem
(“play...
6.3 Objective-c VS Swift
vs
30
7. Apple Watch
31
7.1 História
• Mais de 3 anos de rumores sobre o
seu lançamento e criação;
• Lançado após diversos smartwatchs
(Galaxy Gea...
7.1 Health Kit
• Como a Apple citou, o  Watch não
tem uma bateria que “dura" muito
tempo;
• Só poderá ser utilizado integ...
8. Considerações finais
“One more thing…”
34
9. Referências
34
	 http://www.theverge.com/2011/12/13/2612736/ios-history-iphone-ipad
	 http://codigofonte.uol.com.br/not...
Nächste SlideShare
Wird geladen in …5
×

Introdução ao desenvolvimento de apps para iOS

751 Aufrufe

Veröffentlicht am

Introdução ao desenvolvimento de apps para iOS

Veröffentlicht in: Technologie
  • Als Erste(r) kommentieren

Introdução ao desenvolvimento de apps para iOS

  1. 1. iOS Uma breve introdução ao desenvolvimento de apps
  2. 2. 1. Introdução 1
  3. 3. 2. A história • Lançado em Janeiro de 2007; • Chamado inicialmente de iPhone OS, sendo nomeado como iOS durante o lançamento do iOS 4; • A primeira versão foi totalmente focada na experiência do usuário; • Foi chamado de iOS só a partir do iOS 4, em junho de 2010; • Já existiam sistemas operacionais mobile (MS Windows mobile, Palm OS, Blackberry OS, entre outros); 2
  4. 4. 2.1 Início cheio de limitações • Inicialmente não suportava rede 3G, multitarefa, não podia copiar e colar textos, não podia anexar arquivos arbitrários para textos, sem MMS, sem suporte a compartilhamento de conexão, sem suporte a discagem por voz; • Lançamento focado na experiência: • UI - Experiência de uso e tela capacitiva, remoção de botões físicos, gestos; • Safari Mobile Browser - Experiência do browser do Mac OS para mobile; • Widescreen; • Sincronização com iTunes • Impossibilidade de reorganizar ícones. 3
  5. 5. 3. App Store 4
  6. 6. 3. Mercado de aplicativos • A primeira versão da App Store foi lançada em julho de 2008, junto junto iOS 2 e o pacote nativo de desenvolvimento; • A loja de aplicativos já existia dentro da iTunes Store, porém de uma forma desorganizada; • Estratégia da reutilização de dados de compras na iTunes Store (impulso para compra); • Regras para publicação de apps; • Curadoria para marketing e distribuição de apps; • Baixos preços; 5
  7. 7. 3.1 Venda de app’s • É necessário ter uma licença de desenvolvedor registrado no iTunes connect; • O aplicativo passa por uma verificação se todas as normas de publicação (guideline de disponibilização na loja) estão sendo atendidas; • Podem existir compras de produtos perecíveis ou não dentro do app; • O desenvolvedor recebe 70% da renda gerada em qualquer processo de vendas 7
  8. 8. 3.2 iTunes Connect • Administra app’s publicados que foram submetidos para a plataforma; • Possibilidade de administrar todos os usuários que estão testando novos produtos; • Gerenciamento de vendas “in app” e do próprio aplicativo; 8
  9. 9. 3.3 App analytics • Permite o tracking da quantidade de: • Visualizações do app na loja; • Aberturas do aplicativos por usuários; • Vendas “in app” no aplicativo; • Instalações; • Dispositivos com mais de duas utilizações durante um determinado período 9
  10. 10. 3.4 Disponibilização do produto para testes • Possibilidade de disponibilizar vários “releases ” sem abertura para o público em geral; • Limite de até 1.000 usuários para testes; 10
  11. 11. 4. Experiência visual • Foco na experiência de uso entre produto e usuário; • Atraente e intuitivo visualmente; 11
  12. 12. 4.1 Princípios de UX 12
  13. 13. 4.1.1 Deferência A interface de usuário auxilia a compreensão e interação com o conteúdo do aplicativo 13
  14. 14. 4.1.2 Claridade Textos legíveis em qualquer tamanho, ícones precisos e lúcidos, foco no design motivando o uso de funcionalidades 14
  15. 15. 4.1.3 Profundidade Utilização de camadas visuais e movimentos realistas para aumentar a alegria e compreensão durante o uso 15
  16. 16. 4.2 Layout adaptativo Sugere-se que todo conteúdo do aplicativo deve ser adaptativo a diversas resoluções de dispositivos 16
  17. 17. 4.3 Evolução do design e experiência 17
  18. 18. 4.3.1 Skeuomorphism Princípio do design em que os componentes mantém a estrutura dos objetos originais representados 18
  19. 19. 4.3.2 Flat design Flat design, ou design plano, é representado por interfaces minimalistas, simples, com poucos efeitos visuais. Onde o foco está na tipografia e cores 19
  20. 20. 4.3.3 Semi Flat Combina a utilização intensa de cores, profundidade, minimalismo, animações de transições, com a representação das características de objetos da vida real em componentes visuais 20
  21. 21. 5. Pacotes de desenvolvimento 21
  22. 22. 5.1 Requisitos para desenvolvimento • Sistema operacional Mac OS 10.8 ou superior; • Xcode 5 ou superior; • iPhone e/ou com iOS 7 ou superior; • Licença anual de desenvolvedor (no caso da publicação de app’s) 22
  23. 23. 6. Linguagens de desenvolvimento 23
  24. 24. 6.1 Objective-c 24
  25. 25. 6.1.1 História • Derivada do Smalltalk e C; • Desenvolvida no início do ano de 1980; • Escolhida para ser utilizada nos computadores da NeXT para o NeXTSTEP; 24
  26. 26. 6.1.2 Estrutura • Separadas por dois arquivos: • “.h” : Cabeçalho ou header; • “.m” : Implementação de métodos e funções do cabeçalho; • Não existe conceito de objetos, porém é implementado os “ponteiros”; • Não possui “Garbarage Collector”, porém foi implementado o “ARC” (Automatic Reference Counting) 25
  27. 27. 6.1.3 Organização do arquivo .h 26
  28. 28. 6.2 Swift 27
  29. 29. 6.2.1 História • Apresentada no final do ano de 2014 durante a WWDC; • Inspirada no Objetive-C, Haskell, Ruby, Phyton e outras linguagens • Atualmente está na versão 1.2; 28
  30. 30. 6.2.2 Estrutura • Implementado por apenas 1 arquivo “.swift”; • Ambientes para aprendizado e testes com a linguagem (“playground”); • Possui, por padrão, o “ARC”; 29
  31. 31. 6.3 Objective-c VS Swift vs 30
  32. 32. 7. Apple Watch 31
  33. 33. 7.1 História • Mais de 3 anos de rumores sobre o seu lançamento e criação; • Lançado após diversos smartwatchs (Galaxy Gear e Moto 360, como por exemplo); • Desenvolvimento direcionado por Kevyn Linch, ex-CTO da “Adobe” e principal personagem na luta pela sobrevivência do “Adobe Flash"; 32
  34. 34. 7.1 Health Kit • Como a Apple citou, o  Watch não tem uma bateria que “dura" muito tempo; • Só poderá ser utilizado integrado com algum iDevice (iPhone, iPod e/ou iPad); • É um mero receptor, "acionador" e organizador de notificações de um app instalado em algum iDevice; • Até agora, a Apple não liberou nenhum recurso de desenvolvimento para tarefas mais complexas. 33
  35. 35. 8. Considerações finais “One more thing…” 34
  36. 36. 9. Referências 34 http://www.theverge.com/2011/12/13/2612736/ios-history-iphone-ipad http://codigofonte.uol.com.br/noticias/apple-anuncia-quebra-de-recordes-em-vendas-de-apps http://developer.apple.com/ http://pt.wikipedia.org/wiki/Esqueumorfismo http://en.wikipedia.org/wiki/Objective-C http://en.wikipedia.org/wiki/Swift_%28programming_language%29 http://www.wired.com/2015/04/the-apple-watch/

×