R econhecer   C ompetências João Lima   | 2009
«A memória pertence ao imediato e é socorrida pelo imediato, enquanto a recordação só o é pela reflexão. Por isso é que re...
 
|   Portefólios  | <ul><li>O que  fui … </li></ul>O que  sou … O que  desejo ser … O que  aprendi ! O que sei,  hoje … O q...
 
|   Colaboração e  Cooperação   | Confiança Reuniões  Sessões de Trabalho Comunicação Diálogo Reflexão e Acompanhamento Re...
 
|  Coerência e  Equilíbrio  | História(s) de Vida  Exigência, rigor e equilíbrio RVCC Aprendizagens  Formais, Não Formais ...
 
|   Riscos  e   Futuro(s)   | Certificação Processo técnico e superficial   Trivialização  Subverter a natureza, lógica e ...
 
F im … <ul><li>«De um modo geral aceita-se que nenhuma actividade pode ser levada a cabo com sucesso por um indivíduo que ...
Nächste SlideShare
Wird geladen in …5
×

Drec Monit09

520 Aufrufe

Veröffentlicht am

Veröffentlicht in: Business
  • Als Erste(r) kommentieren

Drec Monit09

  1. 1. R econhecer C ompetências João Lima | 2009
  2. 2. «A memória pertence ao imediato e é socorrida pelo imediato, enquanto a recordação só o é pela reflexão. Por isso é que recordar é também uma arte. Em vez de me lembrar, (…) prefiro esquecer; mas recordar e esquecer não são contrários.» Kierkegaard, O Banquete.
  3. 4. | Portefólios | <ul><li>O que fui … </li></ul>O que sou … O que desejo ser … O que aprendi ! O que sei, hoje … O que preciso saber, amanhã …
  4. 6. | Colaboração e Cooperação | Confiança Reuniões Sessões de Trabalho Comunicação Diálogo Reflexão e Acompanhamento Reconhecimento
  5. 8. | Coerência e Equilíbrio | História(s) de Vida Exigência, rigor e equilíbrio RVCC Aprendizagens Formais, Não Formais e Informais Valorização e capacidade prospectiva
  6. 10. | Riscos e Futuro(s) | Certificação Processo técnico e superficial  Trivialização Subverter a natureza, lógica e coerência Industrialização
  7. 12. F im … <ul><li>«De um modo geral aceita-se que nenhuma actividade pode ser levada a cabo com sucesso por um indivíduo que esteja preocupado, uma vez que, quando distraída, a mente nada absorve com profundidade, mas rejeita tudo quanto, por assim dizer, a assoberba. Viver é a actividade menos importante do homem preocupado, no entanto, nada há mais difícil de aprender ; por todo o lado, encontram-se muitos instrutores das outras artes: na realidade, algumas destas artes são captadas tão intensamente por simples rapazes que assim as podem ensinar. Mas aprender a viver exige uma vida inteira …» </li></ul><ul><li>Séneca, in 'Da Brevidade da Vida'   </li></ul>João Lima | joecalima@gmail.com

×