Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.
PROCESSO DE TERRITORIALIZAÇÃO
Alunos: Isadora Souza Ribeiro e João Hercos Neto
Preceptora: Márcia Lopes Urquiza
Disciplina...
SOBRE O TERMO
 Território = do latim territorium, que deriva de terra.
 Dupla conotação: simbólica e material.
 Terra-t...
CONCEITUAÇÃO
 De acordo com a Geografia → espaço localizável e
definido, onde a ação do homem transforma o meio
natural. ...
TERRITORIALIZAÇÃO
 É o reconhecimento e o esquadrinhamento do
território segundo a lógica das relações entre
condições de...
TERRITORIALIZAÇÃO
 Para habitar um território é necessário explorá-lo,
torná-lo seu, ser sensível às suas questões, ser
c...
DIAGNÓSTICO LOCAL
 Perfil demográfico
 Gênero
 Migração
 Tipos de família
 Domicílios
 Perfil epidemiológico
 Morbi...
DIAGNÓSTICO LOCAL
 Perfil socioeconômico
 Moradia
 Hábitos
 Costumes
 Estilo de vida
 Atividades econômicas
 Renda
...
DIAGNÓSTICO LOCAL
 Perfil ambiental
 Saneamento básico
 Micro áreas de risco (água contaminada, esgoto a céu
aberto foc...
RECONHECIMENTO E DEFINIÇÃO
 Aspectos físicos e geográficos
 Quais e como são os limites geográficos (barreiras
geográfic...
RECONHECIMENTO E DEFINIÇÃO
 Hortas, feiras livres, comércio, serviços, táxi (pontos e
tipos) e serviço de correio.
 Reli...
RECONHECIMENTO E DEFINIÇÃO
 Aspectos populacionais e de organização social
 Associação de moradores e comissão local de ...
 Segurança das ruas e presença/ausência das pessoas
 Acidentes de trânsito (local e frequência)
 Utilização dos recurso...
POR QUE FAZER O DIAGNÓSTICO LOCAL?
 Propor ações para solucionar os problemas
identificados
 Definir prioridades e recur...
07/04/2014
14
TERRITORIALIZAÇÃO
“Localizar significa mostrar o lugar. Quer dizer, além
disto, reparar no lugar. Ambas as coisas, mostrar o
lugar e reparar...
REFERÊNCIAS
Caccia-Bava, MCGG, Teixeira RA, Pereira MJB . A
arena política da territorialidade. 2007.
Gadelha CAG, Machado...
Nächste SlideShare
Wird geladen in …5
×

Processo de territorialização

  • Loggen Sie sich ein, um Kommentare anzuzeigen.

Processo de territorialização

  1. 1. PROCESSO DE TERRITORIALIZAÇÃO Alunos: Isadora Souza Ribeiro e João Hercos Neto Preceptora: Márcia Lopes Urquiza Disciplina: PIESF Etapa: 1 Ano: 2014 Curso de Medicina da Universidade de Franca
  2. 2. SOBRE O TERMO  Território = do latim territorium, que deriva de terra.  Dupla conotação: simbólica e material.  Terra-territorium: identificação, apropriação, pertencimento.  Terreo-territor: terror, aterrorizar, dominação. Em qualquer acepção, território tem relação com poder: poder no sentido simbólico de apropriação e poder no sentido material de dominação. 07/04/2014 2 TERRITORIALIZAÇÃO
  3. 3. CONCEITUAÇÃO  De acordo com a Geografia → espaço localizável e definido, onde a ação do homem transforma o meio natural. Os critério geopolíticos o definem.  De acordo com a Sociologia → produto social percebido e sentido, carregado de subjetividades, desejos, conflitos resultado histórico da prática humana sobre um dado espaço geográfico em função de necessidades construídas construídas coletivamente. 07/04/2014 3 TERRITORIALIZAÇÃO
  4. 4. TERRITORIALIZAÇÃO  É o reconhecimento e o esquadrinhamento do território segundo a lógica das relações entre condições de vida, ambiente e acesso às ações e serviços de saúde.  Estratégia dos indivíduos ou grupo social para influenciar ou controlar pessoas, recursos, fenômenos e relações, delimitando e efetivando o controle sobre uma área.  Resulta das relações políticas, econômicas e culturais, estando intimamente ligado com o contexto 07/04/2014 4 TERRITORIALIZAÇÃO
  5. 5. TERRITORIALIZAÇÃO  Para habitar um território é necessário explorá-lo, torná-lo seu, ser sensível às suas questões, ser capaz de movimentar-se por ele com alegria e descoberta, detectando as alterações de paisagem e colocando em relação fluxos diversos - não só cognitivos, não só técnicos, não só racionais - mas políticos, comunicativos, afetivos e interativos no sentido concreto, detectável na realidade. (CECCIM, 2005) 07/04/2014 5 TERRITORIALIZAÇÃO
  6. 6. DIAGNÓSTICO LOCAL  Perfil demográfico  Gênero  Migração  Tipos de família  Domicílios  Perfil epidemiológico  Morbidade (incidência, prevalência, fatores de risco, internações e incapacidade)  Mortalidade (faixas estárias acometidas, causas, letalidade) 07/04/2014 6 TERRITORIALIZAÇÃO
  7. 7. DIAGNÓSTICO LOCAL  Perfil socioeconômico  Moradia  Hábitos  Costumes  Estilo de vida  Atividades econômicas  Renda  Escolaridade  Crenças religiosas  Meios de comunicação  Transporte  Lazer  Participação social 07/04/2014 7 TERRITORIALIZAÇÃO
  8. 8. DIAGNÓSTICO LOCAL  Perfil ambiental  Saneamento básico  Micro áreas de risco (água contaminada, esgoto a céu aberto foco de vetores, lixão, poluição do ar, radioatividade, agrotóxico, radiação eletromagnética)  Demandas/necessidades sentidas pela população  Dados coletados através do cadastramento familiar  Discutido com a comunidade e suas lideranças 07/04/2014 8 TERRITORIALIZAÇÃO
  9. 9. RECONHECIMENTO E DEFINIÇÃO  Aspectos físicos e geográficos  Quais e como são os limites geográficos (barreiras geográficas, ligação com outros bairros ou regiões do mesmo bairro e como é o acesso)  Característica geral da área (tipo de bairro e aspecto)  Coleta de lixo (como é, destino e necessidades)  Arborização, pavimentação (presença, tipo e preservação) e transporte público (funcionamento e disponibilidade)  Rede telefônica e elétrica (presença e preservação)  Esgoto tratado e suprimento público de água (presença, destino e falta)  Elementos poluidores (presença e tipo) 07/04/2014 9 TERRITORIALIZAÇÃO
  10. 10. RECONHECIMENTO E DEFINIÇÃO  Hortas, feiras livres, comércio, serviços, táxi (pontos e tipos) e serviço de correio.  Religião (quais, atuação e mais frequentadas)  Animais errantes (quais e perigo que oferecem)  Acesso (ao centro, a hospitais e a centros de saúde)  Equipamentos sociais  Tipos de construção (predominância)  Terrenos baldios, praças públicas e áreas de lazer (presença, preservação, lixo acumulado, quem frequenta)  Vias para pedestres (segurança e preservação)  Pontos de: tráfico de drogas, prostituição, desmonte de carros, imóveis desocupados/abandonados/para alugar ou vender  Creches e escolas (presença, quantidade, tipo e atendimento) 07/04/2014 10 TERRITORIALIZAÇÃO
  11. 11. RECONHECIMENTO E DEFINIÇÃO  Aspectos populacionais e de organização social  Associação de moradores e comissão local de saúde (atuação e reuniões), outras associações e ONGs  Grupos comunitários  Características das pessoas da micro área (quantidade, idade, sexo, faixa etária, escolaridade, evasão escolar, trabalho infantil [tipo], ocupação dominante, desempregos, egressos do sistema penitenciário)  Tipo de estrutura familiar (nuclear – casal sozinha ou casal + filhos; monoparental – só a mãe ou só o pai + filhos; ampliada – agregados, parentes ou não; unipessoal – pessoa sozinha; outros)  Característica das residências (quantidade de pessoas por residência, número de pessoas por cômodo, outros cômodos sendo “transformados” em quartos, presença de 1 quarto 1 cozinha e 1 banheiro) 07/04/2014 11 TERRITORIALIZAÇÃO
  12. 12.  Segurança das ruas e presença/ausência das pessoas  Acidentes de trânsito (local e frequência)  Utilização dos recursos do território, dos Núcleos de Saúde da Família e de serviços privados de saúde  Solidariedade entre famílias  Relação entre as pessoas  Padrão de renda familiar  Renda per capita dos moradores 07/04/2014 12 TERRITORIALIZAÇÃO Miseráveis 0,5 salário mínimo per capita Indigentes 0,5 a 1 salário mínimo per capita Pobres 1 a 2 salário(s) mínimo(s) per capita Acima da linha da pobreza 2 ou mais salários mínimos per capita
  13. 13. POR QUE FAZER O DIAGNÓSTICO LOCAL?  Propor ações para solucionar os problemas identificados  Definir prioridades e recursos a ser empregados Ou seja: fazer o PLANEJAMENTO ASCENDENTE 07/04/2014 13 TERRITORIALIZAÇÃO
  14. 14. 07/04/2014 14 TERRITORIALIZAÇÃO
  15. 15. “Localizar significa mostrar o lugar. Quer dizer, além disto, reparar no lugar. Ambas as coisas, mostrar o lugar e reparar no lugar, são os passos preparatórios de uma localização. Mas é muita ousadia que nos conformemos com os passos preparatórios. A localização termina, como corresponde a todo método intelectual, na interrogação que pergunta pela situação do lugar.” (Heidegger,1998) 07/04/2014 15 TERRITORIALIZAÇÃO
  16. 16. REFERÊNCIAS Caccia-Bava, MCGG, Teixeira RA, Pereira MJB . A arena política da territorialidade. 2007. Gadelha CAG, Machado CV, Lima LD, Baptista TWF. Saúde e territorialização na perspectiva do desenvolvimento. Ciênc. saúde coletiva [internet]. 2011 jun [citado 07 abr 2014];16(6). Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413- 81232011000600038&script=sci_arttext Gondim GM, Monken M. Territorialização em Saúde. Rio de Janeiro: Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, Fundação Oswaldo Cruz. P. 1-6 07/04/2014 16 TERRITORIALIZAÇÃO

×