Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

Innovation sprint using design thinking

837 Aufrufe

Veröffentlicht am

Sprint de inovação realizado em parceria com a SDS e iLove E-commerce usando como base a metodologia MVS, baseada no Design Thinking

Veröffentlicht in: Design
  • Loggen Sie sich ein, um Kommentare anzuzeigen.

Innovation sprint using design thinking

  1. 1. Innovative sprint SDS + iLove e-commerce
  2. 2. Etapa 1 Descobrir Para rastrear o que está sendo feito, insights e apontar modelos mentais e caminhos futuros. Por que? Usando metodologias como, por exemplo, análise de mercado, linha do tempo, entrevistas rápidas, entre outros. Como?
  3. 3. Etapa 1 | Descobrir Fazemos análise de mercado para entender como é o cenário atual. Nessa fase também pesquisamos como o problema era resolvido no passado e como será no futuro. As informações são agrupadas e discutidas em grupo para chegar aos tops insights. Análise e linha do tempo METODOLOGIAS
  4. 4. A partir das pesquisas são feitas entrevistas rápidas com pessoas dentro do perfil definido para levantar comportamentos extremos. Usando as dimensões de como descobrem o serviço, como o usam e como se lembram dele, podemos definir personas que representam o uso extremo do serviço para serem entrevistadas. Entrevistas rápidas e perfis extremos Etapa 1 | Descobrir METODOLOGIAS
  5. 5. Convidamos pessoas que representam os perfis extremos para entrevistas de profundidade e, assim, reunimos mais conhecimento direto com o cliente. Quando possível, observamos essas pessoas usando o serviço estudado ou análogo no cenário real ou no mais próximo dele. Entrevistas de profundidade e observações em serviços semelhantes Etapa 1 | Descobrir METODOLOGIAS
  6. 6. A partir dos achados, consolidamos a jornada atual das pessoas dentro do serviço estudado ou em um análogo. Demonstrar a jornada atual Etapa 1 | Descobrir METODOLOGIAS
  7. 7. Etapa 2 Definir Para levantar ideias e hipóteses diretamente com o cliente que buscamos minimizando possíveis erros no MVP. Por que? Usando metodologias como, por exemplo, atividades generativas em cocriação e entrevistas que acontecem de modo unificado. Como?
  8. 8. Etapa 2 | Definir Recrutamos pessoas com perfis extremos e as reunimos para solucionar desafios do nosso interesse a partir do conhecimento e experiência deles. Posteriormente, com a troca e choque de suas ideias, temos possibilidades de caminhos a seguir. Cada pequeno grupo também apresenta suas soluções para os demais, assim consolidamos mais conhecimento ao acrescentar novos insights. Sessão generativa com troca (SWAP) METODOLOGIAS
  9. 9. Etapa 2 | Definir A partir da ideação feita com as pessoas de perfis extremos, retiramos os princípios que vão nortear nossa solução. Em posse das ideias geradas, princípios encontrados e todo o aprendizado reunido, começamos a desenhar a nova jornada do nosso serviço. Princípios do serviço e desenho da nova jornada METODOLOGIAS
  10. 10. Etapa 3 Desenvolver Para testarmos os pontos críticos diretamente com o cliente que buscamos refinando o MVP antes do lançamento. Por que? Usando prototipação em softwares, fisicamente, com encenação gravada em vídeo ou em outros. Como?
  11. 11. Etapa 3 | Desenvolver Usando ferramentas simples, reunimos pessoas com o perfil que buscamos para prototipar os momentos críticos enquanto mantemos uma conversa descontraída para extrair mais insights. Prototipação digital METODOLOGIAS

×