Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

Ideologia e Alienação

28.993 Aufrufe

Veröffentlicht am

Apresentação da aula de Sociologia sobre Ideologia e Alienação do 2º ANO - Instituto Neuza Dutra. Elaborada pelo Prof. Gilmar Rodrigues.

  • Als Erste(r) kommentieren

Ideologia e Alienação

  1. 1. Sistema de ideias (crenças, tradições, princípios e mitos)interdependentes, sustentadas por um grupo social de qualquernatureza ou dimensão, as quais refletem, racionalizam edefendem os próprios interesses e compromissos institucionais,sejam estes morais, religiosos, políticos ou econômicosConjunto de convicções filosóficas, sociais, políticas etc. de umindivíduo ou grupo de indivíduos. A ideologia é umainterpretação da realidade, que valoriza arbitrariamente algumasideias em detrimento de outras.
  2. 2. Forma de conhecimento ilusório que leva aomascaramento dos conflitos sociais. Ideologiaé a falsa consciência. É qualquer formulaçãoteórica das relações sociais que não tenhapor base a produção material. Trata-se de uminstrumento de dominação, de alienação dosindivíduos.Totalidade das formas de consciência social,o que abrange o sistema de ideias quelegitima o poder econômico da classedominante (ideologia burguesa) e o conjuntode ideias que expressa os interessesrevolucionários da classe dominada(ideologia proletária ou socialista)
  3. 3.  Para Marx, tem um sentido negativo e é vinculada ao trabalho, que, ao invés de realizar o homem, o escraviza; ao invés de humanizá-lo, o desumaniza. O homem troca o verbo SER pelo TER: sua vida passa a medir-se pelo que ele possui, não pelo que ele é. A produção ideológica da ilusão social tem como finalidade fazer com que todas as classes sociais aceitem as condições em que vivem, julgando-as naturais, normais, corretas, justas, sem pretender transformá-las ou conhecê-las realmente, sem levar em conta que há uma contradição profunda entre as condições reais em que vivemos e as ideias. Indiferença aos problemas políticos e sociais

×