Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

Detecção de erros no computador-Arquitetura de Computadores

2.704 Aufrufe

Veröffentlicht am

Modulo 3 arquitetura

Veröffentlicht in: Technologie

Detecção de erros no computador-Arquitetura de Computadores

  1. 1. Arquitectura de computadores Mod.3-Técnicas de deteção de avarias Agrupamento de escolas de São João da Talha Trabalho Realizado por: Carlos Lopes nº3 Gabriel Caires nº6
  2. 2. Problemas no arranque; Problemas de vídeo; Problemas com a placa principal; Problemas com o teclado; Problemas com CMOS; Problemas com a memória; Problemas com o disco rígido;
  3. 3.  O computador não liga;  O computador liga mas não arranca ,ou arranca parcialmente;
  4. 4. Verificar se :  O computador está ligado à corrente;  A fonte de alimentação está avariada;  As ventoinhas está funcionar;  Os leds do computador acendem. Verificar se :  Existe sinal no monitor;  Memória Ram tem os contatos oxidados;  O computador emite bips ;  Os cabos periféricos IDE estão corretamente ligados.
  5. 5. Os problemas na placa principal são raros! Antes de colocar as ‘culpas’ na placa principal, verifique se: Se os cabos estão bem colocados. Se as placas estão bem encaixadas. Verificar se falta algum componente. Verificar se a fonte de alimentação tem potencia suficiente para alimentar todos os periféricos instalados. Verificar se a Placa principal não tem nenhuma rachadura ou pinos dobrados que possa fazer algum contato indevido.
  6. 6. Alguns dos problemas principais da placa principal são: condensadores podem estar queimados . Se a placa principal está com algum tipo de problema emite bips. O computador comunica através de sons a ,dominada mente o número de bips abaixo: Nenhum bip  Deverá sempre ouvir um bip quando há arranque. Caso Caso não haja nenhum som significa que existe ou um problema de coluna, na placa principal ou a fonte de alimentação pode estar estragada.
  7. 7. Um bip  Verificar se a RAM está bem posicionada e se está danificada, verificar se os contatos da RAM estão devidamente cuidados. Solução: Caso o problema seja da RAM estar com contatos oxidados, pegar num pedaço de papel cuidadamente limpa-los.
  8. 8. Dois ou três bips  Indica problemas de memória. Caso exista imagem procure mensagens de erro. Verificar se o encaixe da RAM está danificado Solução: Substitui-la caso esteja danificada. Se por acaso o encaixe esteja danificado, experimentar troca-la de sitio ou então se necessário substitui-la
  9. 9. Quatro bips Indica avaria do relógio do sistema. Solução: Substituir a placa principal.
  10. 10. Cinco bips Indica avaria na CPU. Solução: Substituir o processador.
  11. 11. Seis bips Indica erro no teclado. Solução: Substituir o teclado. Se não resultar verificar se o chipe necessita de ser substituído. Se o problema persistir, então substituir a placa principal.
  12. 12. Sete bips Indica que CPU não é suportada pela placa principal. Solução: Substituir o processador.
  13. 13. Oito bips Indica avaria na placa gráfica. Solução: Verificar se a placa gráfica esta bem presa. Se persistir, substituir a placa.
  14. 14. Nove bips Indica erro de ROM cheksum. A ROM da bios está danificada. Solução: Substitua a ROM da BIOS. Talvez seja mais fácil substituir a Placa principal.
  15. 15. Dez bips  Indica que existe algum problema com a CMOS. Solução: Substituir a placa principal.
  16. 16. Onze bips  Indica avaria na memória CacheL2.O computador desligou-a. Solução: substituir a memoria cache l2.Se necessário a placa principal.
  17. 17. Um longo e Três curtos  Indica falha no teste de memoria RAM nos primeiros 64k. Solução: Substituir RAM ou placa principal
  18. 18. Um longo e oito curtos  Indica erro no monitor. Avaria da Placa gráfica. Solução:Substituir placa grafia, se falhar substituir a placa principal ou utilizar adaptador numa slot PCI.
  19. 19. Quando o computador arranca, parte do processo é contar a memória. Em algumas máquinas, a contagem aparece no ecrã, noutros esta contagem esta “escondida”. Se a contagem estiver “escondida”, entrar no “Menu Setup” do computador (BIOS) e verificar qual a quantidade de memória que o computador “pensa” que tem. Entretanto se aparecer um valor inferior da capacidade que instalou, então o computador não está a reconhecer toda a memória.
  20. 20. A causa mais comum para um ecrã preto é a placa gráfica esta deslocada, a memória RAM mal encaixada ou a memória não suportada pelo computador. Confirmar se a memória é correta e se está instalada corretamente.
  21. 21. Memory mismatch error: Isto é, na realidade, um erro .Alguns computadores requerem que se indique que pode ter uma nova quantidade de memória. Utilize o “Menu de Setup” (BIOS) para indicar ao computador que tem mais memória. Erros de memória ou erros de endereço: Todos as erros seguintes (e todos os semelhantes a estes) indicam que o computador tem problemas de memória:  Memory parity interrupt at xxxxx; Memory address error at xxxxx; Memory failure at xxxxx, read xxxxx, expecting xxxxx;
  22. 22. Quando não estão a funcionar corretamente, as placas gráficas podem causar interrupção de fluxo do vídeo, uma reprodução de vídeo instável ou um fraco desempenho de visualização .Os problemas de placa gráfica podem causar códigos de erro em aplicações de vídeo como, por exemplo, 0xc00d11d1 ou mensagens de erro sobre o “modo OpenGL” ao iniciar alguns jogos. Frequentemente actualizar o controlador da placa gráfica resolve estes problemas
  23. 23. As drives de disquete são componentes do computador mais sujeito a avaria. Isto deve- se ao facto de as drives estarem expostas a pó, à sujidade e à intrusão de vários objetos. Pode-mos utilizar cotonetes e um pouco de álcool para limpar o pó e a sujidade de dentro da drive. 1.Verificar se a disquete está danificada: -Quando uma drive de disquetes não consegue ler uma disquete, devemos culpar, em primeiro lugar, a disquete. -Deve-mos experimentar outras disquetes, de preferência de outra marca. 2.Verificar erros de gravação nas disquetes: -Formatar novamente a disquete. -Executar um programa de erros. -Substituir a disquete.
  24. 24. 3.Verificar a configuração da BIOS: -Todos os fabricantes de BIOS configuram a drive de disquete. -Se por acaso a informação da bateria do CMOS for apagada, as BIOS definem as drives automaticamente. -Deve-mos sempre verificar a configuração das disquetes na BIOS por precaução. É tão raro haver problemas deste tipo que os técnicos nunca verificam. 4. “Culpar” o controlador da drive: -Se o flat cable ou o cabo de alimentação da drive estiverem soltos, o post irá dar erros “FDD controler failure” é porque indica falta de controladores na drive ou a drive não está pronta. -Deve-mos abrir o CPU e verificar as ligações. -Deve-mos desativar a opção da BIOS “onboard FDD controller option”.
  25. 25. 5.Verificar o flat cable: -O windows só lê as disquetes, quando este está ativado. -Um dos erros mais frequentes é ligar o flat cable de disquetes ao contrário.
  26. 26. Quando um disco rígido deixa de funcionar temos de seguir passo a passo para ver a solução do problema. Começamos pela “Raiz” do problema, que é a placa principal. O disco rígido está ligado à placa principal através de um cabo onde vai engatar nas entradas IDE. Normalmente existem duas entradas. IDE1 e IDE2. IDE1 É usado normalmente para conetar o disco rígido. IDE2 É usado para conetar a drive de CD. Podemos verificar várias possibilidades para resolver a avaria: -Os pinos das entradas IDE podem estar danificados. Se nada estiver errado com a IDE verificar se existe alimentação ao disco rígido. Deve-se verificar se a fonte de alimentação está devidamente funcional, se não estiver substitui-la.
  27. 27. O disco rígido pode ter erros de leitura e escrita. Algumas vezes a causa dos erros pode ser um vírus.Verifique com um programa de verificação de vírus se o computador tem algum vírus que possa ser a causa do problema. Um sistema de ficheiros corrompido pode também originar erros de leitura/escrita. Utilize a ferramenta de verificação de erros doWindows nas propriedades da unidade e faça uma verificação de sistema de ficheiros. Sectores danificados no disco rígido podem originar erros de leitura/escrita. Para verificar se o seu disco rígido tem sectores danificados, procure na Internet uma dessas ferramentas e faça uma verificação da unidade se possível.
  28. 28. O disco rígido está com ruídos: Se o disco rígido emitir ruídos, independente do tipo de ruídos, isso indica que o disco rígido tem um problema mecânico grave. esses ridos podem indicar setores danificados, um motor avariado ou qualquer outra avaria do seu disco rígido. Faça uma copia de segurança dos sus dados, se possível, antes que a unidade tenha uma falha total o que levaria á perda de todos os dados guardados no disco rígido. Deve fazer uma verificação do hardware.
  29. 29. Nome de avarias mais comuns: Headcrash: é utilizado para denominar a avaria que se produz quando as cabeças de escritura/leitura chegam a tocar a superfície dos pratos dos discos rígidos, este facto faz com que a camada magnética dos mesmos desprenda-se tornando impossível ler ou escrever dados nesse ponto. Electrónica: as flutuações no fornecimento eléctrico que alimenta os dispositivos podem podem provocar avarias nos circuitos electrónicos presentes no controlador do disco. O excesso de temperatura também pode provocar falhas na electrónica dos discos rígidos. Descompensação térmica: trata-se de uma avaria que pode afectar qualquer componente do componente do dispositivo, é produzida pelas variações de temperatura que sofrem os discos
  30. 30. Cabeças: trata-se do conjunto de avarias localizadas nas cabeças de escritura/leitura ou de qualquer das partes que as compõem (cabeças, flextores, bobinas). As razões de que se produzam variam dependendo da avaria: da acumulação de impurezas nas cabeças de leitura faz com que o mesmo eficiência, os golpes podem ocasionar o desprendimento das cabeças, os desajustes bobinas impossibilitando assim a leitura dos dados... Motor: como outras partes do disco rígido, está formado por vários componentes (bobinas, rolamentos, eixos) e pode apresentar falhas em cada um deles. As altas temperaturas às que se submetem os dispositivos no seu funcionamento podem os rolamentos, provocando ruídos e vibrações que impedem uma posição estável
  31. 31. Unidade de CD ou DVD não lê os discos: As vezes, uma unidade de CD ou DVD pode retornar um erro quando um disco é inserido, tente: 1. Fechar todos os softwares de DVD e de gravação. Esses programas podem estar a tentar usar a unidade, impedindo que o windows alcance o disco. 2. Faça teste com vários discos. O disco original pode estar arranhado ou danificado a ponto de tornar-se elegível. Se outro disco funcionar corretamente substitua o disco danificado. 3. Atualize o firmware da unidade óptica e o BIOS do computador. Em alguns casos, o firmware da unidade pode estar corrompido ou a BIOS pode “perder” a unidade.
  32. 32. A unidade não ejecta os discos: Talvez não seja possível ejectar CD’s ou DVD’s do computador usando o recurso windows eject ou pressionando o botão na unidade. 1. Tente ejectar o CD durante o system Setup.O software pode estar a interferir na operação normal da unidade. Reinicie o computador e pressione a tecla para entrar no system setup. Em seguida, tente ejetar o CD através do botão na unidade. Se a unidade ejectar corretamente, existe um conflito de software que deve ser resolvido. 1. No windows, clique em iniciar e, na caixa de pesquisar digite “msconfig” e pressione a tecla “ENTER”. 2. Clique em inicialização de diagnóstico para carregar os dispositivos e serviços básicos.
  33. 33. Sujidade na unidade óptica: Retire a unidade e limpe com um pano a sujidade. Em alguns casos é necessário limpar dentro da unidade, nesses casos é aconselhável que contacte um especialista, pois pode danificar a unidade.
  34. 34. Verificar conexões da unidade e a placa principal. Pode acontecer de existir um erro com os cabos IDE, verifique se estão a funcionar. A placa principal pode não estar a funcionar corretamente, deve nesse caso substituir a placa principal.
  35. 35. As portas de serie e as portas paralelas devem estar ativadas no BIOS para que funcionem correctamente.Vários dispositivos paralelos também requerem que o modo ECP sejam usados. Caso estejam desativados: 1. Ligue o computador e pressione a tecla para entrar no “Setup” repetidamente quando a tela for exibida. 2. Pressione a tecla para seleccionar avançado. 3. Entre na configuração de dispositivos e/s e pressione a tecla “ENTER”. 4. Seleccione a opção ao lado de porta de serie A. 5. Se a opção ainda não estiver definida como activada pressione ENTER para
  36. 36. Remova e reinstale as portas, para forçar oWindows a redefinir as informações das portas quando oWindows descobrir as portas, procurará número de IRQ disponíveis e retribuirá um novo IRQ e endereço base para cada uma. 1. Reinicie o computador e pressione a tecla repetidamente ate que um menu seja exibido. 2. Seleccione o modo de segurança e pressione a tecla ENTER.OWindows será iniciado com o Modo segurança exibido nos cantos da área de trabalho. 3. Clique em iniciar e digite gerenciador de dispositivos no campo de pesquisa. 4. Clique duas vezes em portas (COM e LPT). 5. Clique com o botão direito em uma porta serie ou paralela e clique em Desinstalar.
  37. 37. É comum a porta USB do computador não reconhecer uma câmara, telemóvel ou USB. A culpa, porém, nem sempre é do dispositivo externo. As entradas são susceptíveis a falhas e existem quatro maneiras simples de resolver os problemas mais usuais.
  38. 38. Verificar o gerenciador de dispositivos 1. Teste seu dispositivo em todas as portas USB do computador e se não funciona em nenhuma delas antes de prosseguir; 2. Experimente outros equipamentos na porta USB com defeito e verifique não os reconhece. Se o problema for o dispositivo externo, é capaz que o computador identifique normalmente outras ferramentas; 3. Caso nada funcione, abra a opção "Painel de Controle" no menu Iniciar do Windows. Em seguida, digite "Gerenciador de Dispositivos" na barra de pesquisas, ou clique directo nesta opção, caso esteja a usar o Windows 8;
  39. 39. Em seguida, vá até à opção "Controladores USB";
  40. 40. Verifique se há alguma opção marcada com pontos de exclamação. Caso haja, clique com o botão direito e escolha "Desactivar";
  41. 41. Aguarde alguns segundos e ative novamente o dispositivo USB e com o botão direito e escolhendo a opção ‘Activar’;
  42. 42. Em seguida, tente conectar o dispositivo na porta USB.Caso não resolva, tente actualizar o driver do dispositivo.
  43. 43. Actualizar o driver Clique com o botão direito do mouse sobre o USB defeituoso e escolha a "Actualizar driver". Caso use uma versão do Windows que não seja a 8, vá "Propriedades", depois escolha a aba "Driver" e clique no botão "Actualizar
  44. 44. Clique em "Pesquisar automaticamente software de driver atualizado". Após terminar o processo de instalação, veja mais uma vez se a porta está a funcionar, conectando o aparelho na entrada USB.
  45. 45. Se ainda assim, o problema persistir após a atualização do driver, ou se o driver instalado já era o mais atual, tente desinstalar o dispositivo USB.
  46. 46. Desinstalando o dispositivo USB Clique com o botão direito no item correspondente à entrada com problema e ‘Desinstalar’. Caso use o Windows 7 ou uma versão mais antiga do sistema clique com o botão direito sobre a opção desejada e, em seguida, em nova janela, escolha a aba "Drivers" e, depois, "Desinstalar";
  47. 47. Se a pen ainda estiver conectado, retire-a da porta USB e conecte novamente. Se o procedimento funcionou, o computador irá reconhecer o aparelho normalmente. Há ainda como fazer o próprio sistema operativo verificar se há algum problema na porta USB.
  48. 48. Verificando automaticamente Para realizar esta alternativa, abra o menu Iniciar e digite "msconfig" sem as aspas;
  49. 49. Em seguida, marque a caixa "Inicialização de diagnóstico" e clique em "OK";
  50. 50. Na tela seguinte, clique em "Reiniciar".Aguarde o processo de reset com diagnóstico terminar e tente mais uma vez conectar o aparelho à porta USB do computador. Na maioria dos casos, uma destas soluções deve resolver os problemas com as conexões USB do computador. Mas, antes de começar a fazer alguns dos procedimentos, lembre-se de testar o aparelho em outras portas - e até em outros computadores, se for possível.Tente também ligar outro equipamento à saída que pode estar com defeito.
  51. 51. www.slideshare.com www.google.com www.google.com/imagens fernandosite.weebly.com/ danieltendeiro.weebly.com windows.microsft.com meireles11.blogspot.pt www.dell.com www.pcguia.com support.hp.com www.techtudo.com

×