Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.
Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar
Auto-Avaliação O que é? Para que serve? <ul><li>Modelo que pretende objectivar o trabalho desenvolvido pela BE, através de...
<ul><li>Avaliar se a missão e os objectivos da BE estão a ser alcançados </li></ul><ul><li>Identificar os pontos fortes e ...
Avaliar  <ul><li>No Passado </li></ul><ul><li>Colecção </li></ul><ul><li>Tratamento da colecção </li></ul><ul><li>Número d...
<ul><li>O Processo </li></ul><ul><li>Domínios considerados áreas essenciais para a BE: </li></ul><ul><li>A – Apoio ao dese...
<ul><li>Etapas do Processo </li></ul><ul><li>Difusão do Modelo de Auto-Avaliação da RBE e Domínios a Avaliar </li></ul><ul...
<ul><li>Envolvimento </li></ul><ul><li>da </li></ul><ul><li>Comunidade </li></ul><ul><li>Educativa </li></ul><ul><li>Órgão...
Perspectivas <ul><li>Diagnosticar o que pode ser melhorado </li></ul><ul><li>Perspectivar acções consonantes com as metas ...
Integração do Relatório da BE no Relatório de Avaliação da Escola <ul><li>Conselho Pedagógico </li></ul><ul><li>Conselho G...
Nächste SlideShare
Wird geladen in …5
×

Modelo de auto avaliação da biblioteca escolar

646 Aufrufe

Veröffentlicht am

Veröffentlicht in: Bildung
  • Als Erste(r) kommentieren

Modelo de auto avaliação da biblioteca escolar

  1. 1. Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar
  2. 2. Auto-Avaliação O que é? Para que serve? <ul><li>Modelo que pretende objectivar o trabalho desenvolvido pela BE, através de uma abordagem qualitativa, que permite identificar as necessidades com vista à melhoria do desempenho. Desenvolve-se ao longo de quatro anos, em que em cada um deles é avaliado um domínio. Com base nos resultados obtidos, é elaborado um plano de acção com vista a colmatar os aspectos considerados menos positivos. </li></ul><ul><li>Avaliar o contributo da BE para as aprendizagens e para o sucesso educativo </li></ul><ul><li>Aferir a eficácia dos serviços prestados e a satisfação dos utilizadores </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Avaliar se a missão e os objectivos da BE estão a ser alcançados </li></ul><ul><li>Identificar os pontos fortes e fracos com vista a uma melhoria </li></ul><ul><li>Saber se a BE contribui efectivamente para os objectivos delineados no Projecto Educativo da Escola </li></ul>
  4. 4. Avaliar <ul><li>No Passado </li></ul><ul><li>Colecção </li></ul><ul><li>Tratamento da colecção </li></ul><ul><li>Número de empréstimos </li></ul><ul><li>Número de utilizadores </li></ul><ul><li>Actividades realizadas, etc. </li></ul><ul><li>No Presente </li></ul><ul><li>Para além do já descrito no quadro ao lado, foi acrescentado </li></ul><ul><li>Centra-se nas mais valias que a BE pode dar na melhoria das atitudes e valores e do processo de ensino/aprendizagem </li></ul>
  5. 5. <ul><li>O Processo </li></ul><ul><li>Domínios considerados áreas essenciais para a BE: </li></ul><ul><li>A – Apoio ao desenvolvimento curricular </li></ul><ul><li>Articulação curricular da BE com as estruturas de coordenação educativa e supervisão pedagógica e os docentes </li></ul><ul><li>B – Leitura e literacia </li></ul><ul><li>C – Projectos, parcerias e actividades livres e de abertura à comunidade </li></ul><ul><li>Apoio a actividades livres, extra-curriculares e de enriquecimento curricular </li></ul><ul><li>Projectos e parcerias </li></ul><ul><li>D – Gestão da BE </li></ul><ul><li>Articulação da BE com a escola/agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE </li></ul><ul><li>Condições humanas e materiais para a prestação dos serviços </li></ul><ul><li>Gestão da colecção/informação </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Etapas do Processo </li></ul><ul><li>Difusão do Modelo de Auto-Avaliação da RBE e Domínios a Avaliar </li></ul><ul><li>Reunião do Professor Bibliotecário com o Director </li></ul><ul><li>Selecção do Domínio a Avaliar </li></ul><ul><li>Difusão do Domínio a Avaliar e Instrumentos de Medição no Conselho Pedagógico </li></ul><ul><li>Aplicação do Modelo de Auto-Avaliação </li></ul><ul><li>Recolha de Dados </li></ul><ul><li>Tratamento e Análise dos Dados </li></ul><ul><li>Comparação com as Referências do Modelo da RBE </li></ul><ul><li>Produção de Relatório e Plano de Melhoria </li></ul><ul><li>Difusão dos Resultados e do Plano de Melhoria </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Envolvimento </li></ul><ul><li>da </li></ul><ul><li>Comunidade </li></ul><ul><li>Educativa </li></ul><ul><li>Órgão Directivo </li></ul><ul><li>Acompanhamento de processo em colaboração com o professor bibliotecário </li></ul><ul><li>Equipa da BE </li></ul><ul><li>Alunos e Professores </li></ul><ul><li>Amostra da opinião dos alunos </li></ul><ul><li>Amostra da opinião dos professores </li></ul><ul><li>Comunidade Educativa </li></ul><ul><li>Amostra da opinião dos encarregados de educação e de outros utilizadores </li></ul>
  8. 8. Perspectivas <ul><li>Diagnosticar o que pode ser melhorado </li></ul><ul><li>Perspectivar acções consonantes com as metas estabelecidas no Projecto Educativo da Escola </li></ul><ul><li>Fazer face aos constantes desafios da sociedade actual e com ao quais a BE se depara diariamente </li></ul>
  9. 9. Integração do Relatório da BE no Relatório de Avaliação da Escola <ul><li>Conselho Pedagógico </li></ul><ul><li>Conselho Geral </li></ul><ul><li>Departamentos, Professores e Encarregados de Educação </li></ul><ul><li>Integração do Relatório de Auto-Avaliação da BE no Relatório de Avaliação da Escola </li></ul><ul><li>Fátima Gonçalves </li></ul>

×