Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Die SlideShare-Präsentation wird heruntergeladen. ×

2 o juizado de samuel

Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Nächste SlideShare
6   o reino dividido
6 o reino dividido
Wird geladen in …3
×

Hier ansehen

1 von 23 Anzeige

Weitere Verwandte Inhalte

Diashows für Sie (20)

Ähnlich wie 2 o juizado de samuel (20)

Anzeige

Aktuellste (20)

Anzeige

2 o juizado de samuel

  1. 1. A MONARQUIA DE ISRAEL – PRINCÍPIOS DE LIDERANÇA - 2ª AULA O JUIZADO DE SAMUEL O MODO DE LIDERANÇA DA FAMÍLIA AFETA A LIDERANÇA DO POVO 1 EBD - ESCOLA BÍBLICA DISCIPULADORA – 2021 – 2º SEMESTRE Facilitadores: Dr. Eliel Cardoso e Eng. Francisco Tudela
  2. 2. SAMUEL, O ÚLTIMO DOS JUÍZES, PROFETA E O FUNDADOR DA MONARQUIA ESBOÇO I. A vida e o ministério de Samuel. 1.1 – 7.17. A. O nascimento e a infância de Samuel. 1.1 – 4.1a B. A captura e a volta da arca. 4.1b – 7.1 C. A vitória sobre os filisteus. 7.2-17
  3. 3. No período dos juízes houve uma tentativa de estabelecer um rei da família de Gideão que foi aclamado para governar como um rei e estabelecer uma dinastia em Israel, mas ele declinou desse pedido, pois sabia que Deus era quem deveria dominar sobre o povo. Jz 8.22,23 “Os israelitas disseram a Gideão, "Reine sobre nós! você, seu filho e seu neto, pois você nos libertou das mãos de Midiã". "Não reinarei sobre vocês", respondeu-lhes Gideão, "nem meu filho reinará sobre vocês. O Senhor reinará sobre vocês.“ Seu filho, Abimeleque, não teve o mesmo entendimento, e tomou a liderança de Israel após o massacre de seus irmãos, e exerceu a soberania local por três anos até ser abatido por Deus. Jz 9.55,56 “Quando os israelitas viram que Abimeleque estava morto, voltaram para casa. Assim Deus retribuiu a maldade que Abimeleque praticara contra o seu pai, matando os seus setenta irmãos.”
  4. 4. A confusão em Israel se intensificou no final da liderança do sumo sacerdote Eli. Os filhos de Eli eram homens incrédulos que desprezavam a Lei de Deus e profanavam o culto ao Senhor. Não é porque a sociedade ao nosso redor está em crise e lhe faltam modelos inspirativos de liderança que devemos também nos contaminar e fazer a obra de Deus relaxadamente, parece que foi o que ocorreu com os filhos de Samuel. O auge do caos ocorreu quando os dois filhos de Eli perderam a Arca da Aliança durante uma batalha contra os filisteus. Os dois nomes são egípcios: Hofni, significa girino, e Finéias, significa o negro. Naquela ocasião eles foram mortos e o exército israelita massacrado. Ao receber as más notícias da morte dos filhos, da derrota de Israel e da perda da Arca, Eli, sumo sacerdote e juiz, também morreu (tinha 98 anos e já não tinha autoridade sobre os filhos, porém deveria tê-los exortado) .
  5. 5. A ARCA DA ALIANÇA 1. Em 1001 aC - Estava em Siló (1Sm 4.11) 2. Levada para o acampamento de batalha em Ebenézer (1Sm 4.4) 3. Filisteus a levam para Asdode (1Sm 5.1) 4. Devolvem-na 7 meses depois em Bete-Semes (1Sm 6.12) 5. em seguida vai para Quiriate-Jearim por 20 anos (1Sm 7.1,2) 6. Em 1014 aC Davi a leva para Jerusalém. (2Cr 1.4) 1Sm 4.16-18 “O homem lhe disse: "Acabei de chegar da linha de batalha ...Israel fugiu dos filisteus, e houve uma grande matança ... seus dois filhos, Hofni e Finéias, estão mortos, e a arca de Deus foi tomada". Quando ele mencionou a arca de Deus, Eli caiu da cadeira para trás, ao lado do portão, quebrou o pescoço, e morreu...”
  6. 6. Uso supersticioso da Arca, usada como amuleto: a Arca não era o baú da sorte que os israelitas imaginavam. Quando o símbolo passa a ser adorado, nasce a idolatria. A Arca usada para livramento (1Sm 4.3) - Morrem 30 mil homens (1Sm 4.10) A Arca diante do deus Dagom. - Dagom ficou esquartejado. (1Sm 5.3) A Arca em Asdode, Gate e Ecrom. - Os moradores adoeceram. (1Sm 5.6) A Arca volta para Israel (1Sm 6.1-12). - As vacas foram para Bete-Semes sem se desviar do caminho”. A Arca em Bete-Semes (1Sm 6.19). - Setenta homens olharam para dentro da arca da aliança e o Senhor os matou. Deus ou o acaso? Há quem prefira atribuir ao acaso a autoria dos fatos, em vez de reconhecer a mão de Deus agindo através deles.
  7. 7. Samuel foi contemporâneo de um ministério sacerdotal decadente em Israel. O sumo sacerdote Eli estava limitado pela idade e pela falta de liderança na família: 1Sm 2.22 “Eli, já bem idoso, ficou sabendo de tudo que seus filhos faziam a todo o Israel e que eles se deitavam com as mulheres que serviam na entrada da Tenda do Encontro.” O acesso de Samuel aos ministérios sacerdotal, profético e juiz foi uma obra divina. 1Sm 2.35 “Levantarei para mim um sacerdote fiel, que agirá de acordo com o meu coração e o meu pensamento. Edificarei firmemente a família dele, e ele ministrará sempre perante o meu rei ungido.” É interessante que Deus esperava uma liderança exemplar de Samuel na sua família 1Sm 8.3 “Mas os filhos dele não andaram em seus caminhos. Eles se tornaram gananciosos, aceitaram suborno e perverteram a justiça.” A fé em Deus não é herança genética, mas uma experiência pessoal e intransferível. 1Sm 7.15 “Samuel continuou como juiz de Israel durante todos os dias de sua vida.”
  8. 8. A nação que desde a morte de Josué estava sem uma liderança centralizada, passou a ter uma liderança comum a todas as tribos. Samuel estabeleceu um governo que possibilitava que ele julgasse Israel em diferentes centros locais. 1Sm 3.20 “Todo o Israel, de Dã até Berseba, reconhecia que Samuel estava confirmado como profeta do Senhor.” 1Sm 7.16 “A cada ano percorria Betel, Gilgal, e Mispá, decidindo as questões de Israel em todos esses lugares.”
  9. 9. Gn 26.1 “...Abimeleque era o rei dos filisteus.”. Criam que os filisteus dominavam por terem um rei e não por deterem a técnica dos ferreiros: só eles tinham armas e afiavam ferramentas. Relata Samuel: 1Sm 13.19-22 “Naquela época não havia nem mesmo um único ferreiro em toda a terra de Israel, pois os filisteus não queriam que os hebreus fizessem espadas e lanças. Assim, eles tinham que ir aos filisteus para afiar seus arados, enxadas, machados e foices. O preço para afiar rastelos e enxadas era oito gramas de prata.... Por isso no dia da batalha nenhum soldado... tinha espada ou lança nas mãos” Nada muda: Será que há países que são ou podem vir a ser os nossos “filisteus”? “As imagens de combatentes talibãs portando rifles M4 e M18 e fuzis M24 causam constrangimento ao governo americano”. Isto É – Ed 2692
  10. 10. Samuel é exemplo de homem de oração. Orando os israelitas ganharam a guerra: 1Sm 7.8-10 “E disseram a Samuel: "Não pare de clamar por nós ao Senhor nosso Deus, para que nos salve das mãos dos filisteus". Então Samuel pegou um cordeiro ainda não desmamado e o ofereceu inteiro como holocausto ao Senhor. Ele clamou ao Senhor em favor de Israel, e o Senhor lhe respondeu. Enquanto Samuel oferecia o holocausto, os filisteus se aproximaram para combater Israel. Naquele dia, porém, o Senhor trovejou com fortíssimo estrondo contra os filisteus e os colocou em pânico. Então foram derrotados por Israel.” A vitória contra os filisteus foi uma clara demonstração do poder de Deus. Mesmo assim os israelitas insistiram em ter um rei, numa tentativa de buscar uma forma de organização eficaz para enfrentar os inimigos. Samuel na sua velhice procedeu arbitrariamente, constituindo seus filhos como juízes sobre Israel, ato de exclusividade divina. 1Sm 8.1 “Quando envelheceu, Samuel nomeou seus filhos como líderes de Israel.”
  11. 11. Samuel não aprendeu a lição de Eli e seus filhos. 1 Sm 8.3-5 “Mas os filhos dele não andaram em seus caminhos. Eles se tornaram gananciosos, aceitaram suborno e perverteram a justiça. Por isso, todas as autoridades de Israel reuniram-se e foram falar com Samuel, em Ramá. E disseram- lhe: "Tu já estás idoso, e teus filhos não andam em teus caminhos; escolhe agora um rei para que nos lidere, à semelhança das outras nações".” Ramá, região montanhosa de Efraim, a 15Km de Betel e 32 Km de Jerusalém; lugar do nascimento (1.19), residência (7.17) e sepultamento (25.1) do profeta Samuel. Israel descobre-se portador de um complexo de inferioridade “à semelhança das outras nações”. A Realeza Israelita não foi resultado de uma ordem divina, partiu de uma decisão das autoridades do povo, diferente da instituição da monarquia na Suméria e Egito que teve origem e continuidade apoiadas na religião, nos sacerdotes e nos deuses.
  12. 12. O problema não estava em Israel desejar ter um monarca humano, mas na sua motivação por trás desse desejo, não estavam preocupados em ter governando sobre eles um homem comprometido com a vontade de Deus, mas em ser como todas as outras nações: estavam tomando como modelo as nações pagãs vizinhas. 1Sm 8.5 “...escolhe agora um rei ... à semelhança das outras nações".” O mal do povo não estava em pedir por um rei, fato já previsto por Deus: Dt 17.14,15 “Se quando entrarem na terra que o Senhor, o seu Deus, lhes dá, tiverem tomado posse dela, nela tiverem se estabelecido, vocês disserem: "Queremos um rei que nos governe, como têm todas as nações vizinhas", tenham o cuidado de nomear o rei que o Senhor, o seu Deus, escolher....”. Quem escolheria o rei seria Samuel e não o escolhido de Deus. O modo como o queriam era contrário ao plano de Deus, e isto explica a aparente atitude antimonárquica do cap. 8.1-22.
  13. 13. Ao pedirem o fim do mandato Samuel não saiu dizendo que era golpe, mas foi orar: 1Sm 8.6,21”Quando, porém, disseram: "Dá-nos um rei para que nos lidere", isto desagradou a Samuel; então ele orou ao Senhor.” “Depois de ter ouvido tudo o que o povo disse, Samuel o repetiu perante o Senhor.” Esse pedido do povo foi visto por Samuel e por Deus como uma apostasia, pois estavam rejeitando o próprio Deus e seu modelo de governo teocrático 1Sm 8.7 “E o Senhor lhe respondeu: "Atenda a tudo o que o povo está lhe pedindo; não foi a você que rejeitaram; foi a mim que rejeitaram como rei.” Assim, eles desprezaram o domínio e a proteção de Deus. 1Sm 8.20 “Seremos como todas as outras nações; um rei nos governará, e sairá à nossa frente para combater em nossas batalhas.” Esse período dos juízes terminou num contexto de caos social: Jz 21.25 “Naquela época não havia rei em Israel; cada um fazia o que lhe parecia certo.”
  14. 14. CRONOLOGIA DOS EVENTOS 1021 aC 14º juiz- Samuel 1Sm 3.8 1016 aC Início da Monarquia em Israel - Saul 1Sm 9.17 1016 aC Samuel deixa o cargo de juiz 1Sm 12 1016 aC Saul rejeitado por Deus 1Sm 15.26-28 1016 aC Davi ungido por Samuel 1Sm 16.13 1016 aC Davi (com 29anos*) mata Golias 1Sm 17.51 1015 aC Morre Samuel 1Sm 25.1 Apesar de seu desagrado e sentimento de rejeição, Samuel nomeou Saul como rei, e fez a transição da liderança pacifica e colaborativamente. 1Sm 10.1,24 “Então Samuel apanhou um jarro de óleo, derramou-o sobre a cabeça de Saul e o beijou, dizendo: "O Senhor o tem ungido como líder da herança dele.”...E Samuel disse a todos: "Vocês veem o homem que o Senhor escolheu? Não há ninguém como ele entre todo o povo". Então todos gritaram: "Viva o rei! "
  15. 15. Síntese das principais causas da crise em israel Ameaça constante dos Filisteus INSEGURANÇA (ausência de exército treinado e governo central) Corrupção do Sacerdócio e dos Juízes Israel tinha motivos para querer uma monarquia, mas será que ela era o melhor sistema ou meio para atender suas necessidades? Qual o primeiro passo a ser dado antes de tomar qualquer decisão?
  16. 16. Princípios de liderança no juizado de Samuel Princípios Comentário/referência Honrou os pais: Ana fez um voto duplo sobre Samuel (1 Sm 1.11) a) serviço de levita para toda a vida; b) voto de nazireu para toda vida. Fiel a Deus Samuel foi contemporâneo de um ministério sacerdotal decadente em Israel. Bom administrador 1Sm 7.16 “A cada ano percorria Betel, Gilgal, e Mispá, decidindo as questões de Israel em todos esses lugares.”
  17. 17. Princípios de liderança no juizado de Samuel Princípios Comentário/referência Orava 1Sm 7.8-10 “E disseram a Samuel: "Não pare de clamar por nós ao Senhor nosso Deus, para que nos salve das mãos dos filisteus". 1Sm 8.6 “Quando, porém, disseram: "Dá-nos um rei para que nos lidere", isto desagradou a Samuel; então ele orou ao Senhor.”
  18. 18. Erros e falhas de Princípios de liderança no juizado de Samuel Princípios Comentário/referência Descuidou da liderança na família 1Sm 8.3 “Mas os filhos dele não andaram em seus caminhos. Eles se tornaram gananciosos, aceitaram suborno e perverteram a justiça.” Constituiu seus filhos como juízes sobre Israel, ato de exclusividade divina. 1Sm 8.1 “Quando envelheceu, Samuel nomeou seus filhos como líderes de Israel.” Recebeu com desagrado sua rejeição Encerrar uma liderança não deve ser vista como uma questão de fracasso, antes, como o último ato de sabedoria na condução do novo líder.
  19. 19. 19 COMENTÁRIOS SOBRE A LIÇÃO DE CASA: 1) Qual a falha de liderança que Eli e Samuel cometeram em relação aos seus filhos? (1Sm 2.22-24,29; 3.13; 8.3) Resposta: 1. Ênfase: Enfatizaram o ensino aos outros e não aos familiares. 2. Expectativa: Pensavam que seus filhos dariam conta de si pelo fato de viverem na Casa do Senhor. 3. Exemplo: Não viveram no lar o que ensinavam no trabalho. 4. Embaraços: Ocuparam-se tanto na sua profissão que não viam as próprias faltas.
  20. 20. 20 COMENTÁRIOS SOBRE A LIÇÃO DE CASA: 2) Pesquisar nos jornais, livros ou mídia um caso que ilustre o uso supersticioso da Bíblia ou de elementos do culto cristão. 3) Surgiu uma vaga de coordenador no seu trabalho, na igreja, na comunidade,... que naturalmente seria sua e por algum critério ou motivo escolheram outro. a) Como você se sentiu? b) Como você reagiu?
  21. 21. 21 PRÓXIMA AULA : 3. O REINO UNIDO I – SAUL 1) Qual o sentimento de Saul em relação a Davi? (1Sm 18.9) 2) Qual o nome do exilado político no reinado de Saul? (1Sm 27.7) 3) Quando você toma uma decisão pelo grupo e é bem sucedido como manifesta seu contentamento? 4) Como você reage quando alguém toma uma decisão e o grupo “se dá bem”? Plano de leitura semanal 1 Sm 2 Sm 1 Rs 2 Rs 1 Cr 2 Cr 3. O Reino Unido (I) – Saul 11 a 31 10
  22. 22. CONCLUINDO: JZ 21.25 “CADA UM FAZIA O QUE LHE PARECIA CERTO.” Livre arbítrio é a capacidade para fazer escolhas que podem, ou não, ser contrárias a nossa natureza. E QUALÉ A NOSSANATUREZA? ►Jr 13.23 “....Assim também vocês são incapazes de fazer o bem, VOCÊS QUE ESTÃO ACOSTUMADOS A PRATICAR O MAL.”. ►Rm 3.10-12 “.....NÃO HÁ NINGUÉM QUE FAÇA O BEM....“ NÃO HÁ LIVRE ARBÍTRIO PARA QUEM É DOMINADO PELA SUA NATUREZA  Que escolhas estamos fazendo para nossa vida?  Que liderança estamos adotando no dia-dia: o Bíblico ou o da mídia moderna?  Às vezes fazemos escolhas erradas, Deus no abandona por isso?
  23. 23. 1. Bíblia NVI – Editora Vida – 2000 2. Bíblia de Estudo Arqueológica NVI – Kunz André Claiton e outros – Ed. Vida – 2013 3. Comentário Bíblico do professor – Lawrence Richards – 3ª Ed. Vida - SP 4. Revista Compromisso - impressa pela Convicção Editora 5. A Bíblia da Liderança Cristã - John C. Maxwell –Ed. SBB – 2ª Ed 6. A monarquia em Israel – João S. da Fonseca – 2ª Ed. JUERP - RJ 7. Reflexões extraídas da World Wide Web Esta apresentação está disponível no site: www.escolabiblicavirtual.com.br 23 BOA SEMANA

×