Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Die SlideShare-Präsentation wird heruntergeladen. ×

MAPA - BIO - FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA - 542022.docx

Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Wird geladen in …3
×

Hier ansehen

1 von 4 Anzeige

MAPA - BIO - FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA - 542022.docx

Herunterladen, um offline zu lesen

CARO(A) ALUNO(A):

Seja bem-vindo (a) à atividade de M.A.P.A. (Material de Avaliação Prática de Aprendizagem) da Disciplina de Fundamentos de Microbiologia e Imunologia

Instruções iniciais:
1- UTILIZE o modelo de M.A.P.A. padrão para realizar esta atividade. Ele se encontra em "MATERIAL DA DISCIPLINA". Siga todas as instruções constantes neste modelo.
2- Assista o vídeo com as instruções para a realização do M.A.P.A., que estará na "Sala do Café".

CONTEXTUALIZAÇÃO

No início do ano de 2020, a rápida difusão internacional do coronavírus, identificado como SARS-CoV-2, em menos de 1 mês, com uma centena de mortos e milhares de doentes, e mais de 20 países afetados, fez com que a OMS declarasse situação de emergência de saúde internacional (SENHORAS, 2020).
O espectro clínico da COVID-19 é muito amplo, podendo variar de um simples resfriado até uma pneumonia grave, cujas complicações podem levar ao óbito (LIMA, 2020; MACIEL et al., 2020). A maior parte dos casos ocorre de forma branda e inicia-se com sintomas gerais de resfriado como mal-estar, coriza, febre persistente, tosse seca, falta de ar, fadiga e mialgia, tendo início em média de 5 a 6 dias após a infecção (período médio de incubação de 5 a 6 dias, intervalo de 1 a 14 dias) (BRASIL, 2020; LIMA, 2020).
A idade é um fator importante relacionado ao risco de infecção sintomática, assim, jovens e crianças tendem a ser portadores assintomáticos (XAVIER et al., 2020). As pessoas mais vulneráveis a desenvolver a forma grave da COVID-19 têm doenças pré-existentes, algum tipo de imunocomprometimento ou predisponentes genéticos (SCUDIERO, 2021). Além disso, estudos têm revelado uma relação significativa entre gravidade da doença e marcadores imunes. Foi sugerido que, durante a resposta ao SARS-CoV-2, a desregulação imunológica e o alto nível de citocinas pró-inflamatórias poderiam ser a causa principal de lesão tecidual (BRANDÃO et al., 2020).
Também em 2020 vimos o desenvolvimento e teste de vacinas contra o SARS-CoV-2 em um ritmo sem precedentes, e já no primeiro semestre de 2021 vimos o lançamento de vacinas em muitos países. A vacinação, em combinação com intervenções não farmacêuticas, é a melhor forma de controlar a pandemia (TREGONING et al., 2021).

Diante de todos estes fatos, você já parou para pensar sobre a morfologia do SARS-CoV-2 e como o sistema imunológico atua para combater este invasor?


ENTÃO, O QUE DEVO FAZER NESTA ATIVIDADE?

Imagine que você já é um profissional de saúde atuante na área e que precisa entender sobre o SARS-CoV-2, para aconselhar o secretário municipal de saúde da cidade que você trabalha sobre a COVID 19 eseus efeitos. Você deverá identificar a estrutura morfológica do vírus SARS-CoV-2 e correlacionar como o sistema imunológico responde ao estímulo de infecção por este vírus, utilizando o aprendizado da disciplina.

Para isso, iremos orientá-lo a desenvolver esta atividade, seguindo alguns passos para atingirmos nosso objetivo. Siga-os e você terá a

CARO(A) ALUNO(A):

Seja bem-vindo (a) à atividade de M.A.P.A. (Material de Avaliação Prática de Aprendizagem) da Disciplina de Fundamentos de Microbiologia e Imunologia

Instruções iniciais:
1- UTILIZE o modelo de M.A.P.A. padrão para realizar esta atividade. Ele se encontra em "MATERIAL DA DISCIPLINA". Siga todas as instruções constantes neste modelo.
2- Assista o vídeo com as instruções para a realização do M.A.P.A., que estará na "Sala do Café".

CONTEXTUALIZAÇÃO

No início do ano de 2020, a rápida difusão internacional do coronavírus, identificado como SARS-CoV-2, em menos de 1 mês, com uma centena de mortos e milhares de doentes, e mais de 20 países afetados, fez com que a OMS declarasse situação de emergência de saúde internacional (SENHORAS, 2020).
O espectro clínico da COVID-19 é muito amplo, podendo variar de um simples resfriado até uma pneumonia grave, cujas complicações podem levar ao óbito (LIMA, 2020; MACIEL et al., 2020). A maior parte dos casos ocorre de forma branda e inicia-se com sintomas gerais de resfriado como mal-estar, coriza, febre persistente, tosse seca, falta de ar, fadiga e mialgia, tendo início em média de 5 a 6 dias após a infecção (período médio de incubação de 5 a 6 dias, intervalo de 1 a 14 dias) (BRASIL, 2020; LIMA, 2020).
A idade é um fator importante relacionado ao risco de infecção sintomática, assim, jovens e crianças tendem a ser portadores assintomáticos (XAVIER et al., 2020). As pessoas mais vulneráveis a desenvolver a forma grave da COVID-19 têm doenças pré-existentes, algum tipo de imunocomprometimento ou predisponentes genéticos (SCUDIERO, 2021). Além disso, estudos têm revelado uma relação significativa entre gravidade da doença e marcadores imunes. Foi sugerido que, durante a resposta ao SARS-CoV-2, a desregulação imunológica e o alto nível de citocinas pró-inflamatórias poderiam ser a causa principal de lesão tecidual (BRANDÃO et al., 2020).
Também em 2020 vimos o desenvolvimento e teste de vacinas contra o SARS-CoV-2 em um ritmo sem precedentes, e já no primeiro semestre de 2021 vimos o lançamento de vacinas em muitos países. A vacinação, em combinação com intervenções não farmacêuticas, é a melhor forma de controlar a pandemia (TREGONING et al., 2021).

Diante de todos estes fatos, você já parou para pensar sobre a morfologia do SARS-CoV-2 e como o sistema imunológico atua para combater este invasor?


ENTÃO, O QUE DEVO FAZER NESTA ATIVIDADE?

Imagine que você já é um profissional de saúde atuante na área e que precisa entender sobre o SARS-CoV-2, para aconselhar o secretário municipal de saúde da cidade que você trabalha sobre a COVID 19 eseus efeitos. Você deverá identificar a estrutura morfológica do vírus SARS-CoV-2 e correlacionar como o sistema imunológico responde ao estímulo de infecção por este vírus, utilizando o aprendizado da disciplina.

Para isso, iremos orientá-lo a desenvolver esta atividade, seguindo alguns passos para atingirmos nosso objetivo. Siga-os e você terá a

Anzeige
Anzeige

Weitere Verwandte Inhalte

Weitere von DlAssessoriaacadmica (18)

Aktuellste (20)

Anzeige

MAPA - BIO - FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA - 542022.docx

  1. 1. :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: MAPA - BIO - FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA - 54/2022 Assessoria nos seus TRABALHOS entre em contato com a DL ASSESSORIA E-mail: assessoriaacademicadl@gmail.com (15) 99143-3322 :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: QUESTÃO 1 CARO(A) ALUNO(A): Seja bem-vindo (a) à atividade de M.A.P.A. (Material de Avaliação Prática de Aprendizagem) da Disciplina de Fundamentos de Microbiologia e Imunologia Instruções iniciais: 1- UTILIZE o modelo de M.A.P.A. padrão para realizar esta atividade. Ele se encontra em "MATERIAL DA DISCIPLINA". Siga todas as instruções constantes neste modelo. 2- Assista o vídeo com as instruções para a realização do M.A.P.A., que estará na "Sala do Café". CONTEXTUALIZAÇÃO No início do ano de 2020, a rápida difusão internacional do coronavírus, identificado como SARS-CoV-2, em menos de 1 mês, com uma centena de mortos e milhares de doentes, e mais de 20 países afetados, fez com que a OMS declarasse situação de emergência de saúde internacional (SENHORAS, 2020). O espectro clínico da COVID-19 é muito amplo, podendo variar de um simples resfriado até uma pneumonia grave, cujas complicações podem levar ao óbito (LIMA, 2020; MACIEL et al., 2020). A maior parte dos casos ocorre de forma branda e inicia-se com sintomas gerais de resfriado como mal-estar, coriza, febre persistente, tosse seca, falta de ar, fadiga e mialgia, tendo início em média de 5 a 6 dias após a infecção (período médio de incubação de 5 a 6 dias, intervalo de 1 a 14 dias) (BRASIL, 2020; LIMA, 2020). A idade é um fator importante relacionado ao risco de infecção sintomática, assim, jovens e crianças tendem a ser portadores assintomáticos (XAVIER et al., 2020). As pessoas mais vulneráveis a desenvolver a forma grave da COVID-19 têm doenças pré-existentes, algum tipo de imunocomprometimento ou predisponentes genéticos (SCUDIERO, 2021). Além disso, estudos têm revelado uma relação significativa entre gravidade da doença e marcadores imunes. Foi sugerido que, durante a resposta ao SARS-CoV-2, a desregulação
  2. 2. imunológica e o alto nível de citocinas pró-inflamatórias poderiam ser a causa principal de lesão tecidual (BRANDÃO et al., 2020). Também em 2020 vimos o desenvolvimento e teste de vacinas contra o SARS-CoV-2 em um ritmo sem precedentes, e já no primeiro semestre de 2021 vimos o lançamento de vacinas em muitos países. A vacinação, em combinação com intervenções não farmacêuticas, é a melhor forma de controlar a pandemia (TREGONING et al., 2021). Diante de todos estes fatos, você já parou para pensar sobre a morfologia do SARS-CoV-2 e como o sistema imunológico atua para combater este invasor? ENTÃO, O QUE DEVO FAZER NESTA ATIVIDADE? Imagine que você já é um profissional de saúde atuante na área e que precisa entender sobre o SARS-CoV-2, para aconselhar o secretário municipal de saúde da cidade que você trabalha sobre a COVID 19 eseus efeitos. Você deverá identificar a estrutura morfológica do vírus SARS-CoV-2 e correlacionar como o sistema imunológico responde ao estímulo de infecção por este vírus, utilizando o aprendizado da disciplina. Para isso, iremos orientá-lo a desenvolver esta atividade, seguindo alguns passos para atingirmos nosso objetivo. Siga-os e você terá a oportunidade de fazer um trajeto imersivo, e se sentir um profissional de saúde capaz de impactar positivamente a comunidade. DESENVOLVENDO O TRABALHO a) Quais as estruturas que constituem o vírus SARS-CoV-2? Inicialmente, você deverá pesquisar e estudar a estrutura morfológica do vírus SARS-CoV- 2. Após ter adquirido o conhecimento, irá montar uma maquete demonstrando toda estrutura do vírus. Para a conclusão do trabalho, você deverá colocar no seu arquivo do MAPA uma foto da sua maquete. Nesta foto você deverá apontar todas as estruturas demonstradas através de setas e/ou legendas. b) Como ocorre a ativação e a ação do sistema imunológica após a infecção por um vírus? Após finalizar a primeira etapa da sua atividade, você deverá estudar e compreender como nosso sistema imunológico é ativado e como ocorre as respostas imune inata e adaptativas, tanto celular quanto humoral, quando existe uma infecção viral. Nesta etapa você deve descrever toda esta ação imunológica contra o vírus, podendo fazer esta descrição na forma de esquemas explicativos. ORIENTAÇÕES FINAIS Sobre o arquivo a ser enviado: O arquivo deve ser enviado única e exclusivamente pelo seu Studeo, no campo “M.A.P.A.” desta disciplina. Toda e qualquer outra forma de entrega deste Modelo de Resposta MAPA não é considerada. Apenas o formato PDF será aceito.
  3. 3. SOMENTE UM ARQUIVO PODE SER ANEXADO NO STUDEO. SE VOCÊ TIROU FOTOS, SE TEM OUTROS TIPOS DE REGISTROS PARA ANEXAR, COLOQUE TODOS EM UM ÚNICO ARQUIVO. A qualidade do trabalho será considerada na hora da avaliação, então faça tudo com cuidado, responda à demanda adequadamente e mostre sempre o seu raciocínio de modo claro e direto. Problemas frequentes a evitar: → Coloque um nome simples no seu arquivo. Se o nome tiver caracteres estranhos (principalmente pontos) ou for muito grande, a equipe de correção pode não conseguir abrir o seu trabalho, e ele pode ser zerado; → Se você usa OPEN OFFICE ou MAC, transforme o arquivo em .pdf para evitar incompatibilidades; → Verifique se você está enviando o arquivo correto! Identifique o arquivo com o seu primeiro e último nome e a disciplina, para evitar que você troque o arquivo na hora de anexar. Ex: MAPA_MicroImuno_MariaSouza.pdf Como enviar o seu arquivo: → Ao final do enunciado desta atividade, no Studeo, tem uma caixa de envio de arquivo. Basta clicar e selecionar sua atividade, ou arrastar o arquivo até ela; → Antes de clicar em FINALIZAR, certifique-se de que está tudo certo, pois uma vez finalizado você não poderá mais modificar o arquivo. Sugerimos que você clique no link gerado da sua atividade e faça o download para conferir. REFERÊNCIAS BRANDÃO, S. C. S. et al. COVID-19 grave: entenda o papel da imunidade, do endotélio e da coagulação na prática clínica. J Vasc Bras. 19:e20200131, 2020. Disponível em: https://www.scielo.br/j/jvb/a/j7v6NtBNvGSGGTDz38wnRxm/?format=pdf&lang=pt BRASIL. Ministério da Saúde. Protocolo de manejo clínico para o novo-coronavírus (2019- nCoV). 2020. Disponível em: https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2020/fevereiro/11/protocolo-manejo- coronavirus.pdf. LIMA, C.M.A.O. Informações sobre o novo coronavírus (COVID-19). Radiol Bras. v. 53, n. 2, p. 5-6, 2020. TREGONING, J. S., Flight, K. E., Higham, S. L., Wang, Z., & Pierce, B. F. (2021). Progress of the COVID-19 vaccine effort: viruses, vaccines and variants versus efficacy, effectiveness and escape. Nature Reviews. Immunology, 21(10), 626–636. https://doi.org/10.1038/s41577- 021-00592-1 SCUDIERO, O. et al. Exercise, Immune System, Nutrition, respiratory and Cardiovascular Diseases during COVID-19: A Complex Combination. Int. J. Environ. Res. Public. Health., v. 18, n. 3, p. 904, 2021.
  4. 4. SENHORAS, E.M. coronavírus e o papel das pandemias na história humana. Bol. Conjuntura (BOCA). vol. 1, n. 1, 2020. XAVIER, A. L. et al. COVID-19: Manifestações clínicas e laboratoriais na infecção pelo novo coronavírus. J. Bras. Patol. Med. Lab., v. 56, p. 1-9, 2020.

×