SlideShare ist ein Scribd-Unternehmen logo
1 von 15
A Revolta da Vacina
Porque estudar a Revolta da Vacina?
 Objeto de conhecimento – Experiências republicanas e práticas autoritárias: as tensões e
disputas do mundo contemporâneo.
 Habilidade trabalhada – (EF09HI02) Caracterizar e compreender os ciclos da história
republicana, identificando particularidades da história local e regional até 1954.
Conhecer o passado através do
presente:Coronavirus, Fake news e a vacina.
 A desinformação como inimiga da Saúde Pública.
 O problema das Fake News.
 O papel da política na Saúde Pública.
A Revolta da Vacina em nosso cotidiano.
O contexto da Revolta
 O contexto das cidades Brasileiras: exploração, exclusão, pobreza, miséria, ausência de direitos
sociais e políticos etc.
 A “República” das elites: exclusão social e política.
 Ausência de políticas públicas: faltam escolas, hospitais, saneamento, água potável.
 Desinformação e a falta de instrução.
 A Luta por direitos: repressão dura do governo.
 Repressão estatal: greve é “caso de polícia”.
O início da Revolta
 Foi eleito em 1902 Rodrigues Alves para a Presidência do país.
 No Rio de Janeiro, o presidente nomeou Pereira Passos como prefeito da cidade.
 Pereira Passos criou um plano para a Modernização do Rio de Janeiro inspirado
pelas reformas urbanas européias.
 Dentre os objetivos dessa reforma estavam remodelar, sanear e embelezar a
capital da República.
 A apelidada “política do Bota abaixo” de Pereira Passos incluia: destruir cortiços e
favelas, abrir avenidas e boulevares e contruir bibliotecas, teatros e outros centros
de cultura principalmente para as elites.
 No seu programa de saneamento, combater doenças e epidemias estavam
inclusas.
A política sanitarista e o combate às
epidemias.
 Combate às principais doenças: Peste Bubônica (pulga do rato),
Febre Amarela (Aedes Aegypti), Varíola (vírus).
 A nomeação de Oswaldo Cruz para a Diretoria-Geral da Saúde
Pública.
 Oswaldo Cruz acabara de chegar da França após ter estudado
no Instituto Pasteur, tendo enorme leitura em epidemias,
virologia e em doenças infecto-contagiosas.
 Foi um grande defensor das profilaxias sanitárias e do uso de
vacinas para o combate de certos virus.
 Teve permissão do prefeito Pereira Passos para a criação de um
rigoroso plano de sanitarismo, incluindo a criação de brigadas
mata mosquito e ratos. Apresentou ao presidente uma lei que
tornaria a vacinação obrigatória com severas punições para os
que a descumprissem.
O Reflexo das políticas de Oswaldo Cruz
 Destruição de Cortiços e Casebres.
 Expulsão dos ditos “indesejados” do centro da cidade.
 Aceleração do processo de favelização nos morros.
 Falta de informação nas campanhas de saúde.
 Tentativa de vacinação forçada.
 Visão autoritária do higienismo.
O Reflexo das políticas de Oswaldo Cruz
O Reflexo das políticas de Oswaldo Cruz
O Reflexo das políticas de Oswaldo Cruz
Eclosão da Revolta
 União entre operários, marginalizados, republicanos reformistas, setores do
exército, negros ex-escravizados, imigrantes assalariados etc.
 A divergência de reinvindicações.
 O sentimento ‘anti-policial’.
 O papel da imprensa.
 A repressão severa por parte do governo.
O legado da Revolta.
 Reavivou na população o sentimento de revolta contra o sistema
social e as ações repressivas do governo.
 O sentimento de união entre diferentes segmentos da sociedade
permaneceu e foi se fortalecendo com o passar do tempo, até a
Revolução de 1930.
 Permitiu que a política sanitária fosse pensada de outras formas
não-autoritárias, principalmente com a reforma da Fundação
Oswaldo Cruz.
A Revolta da vacina para além da sala de
aula.
Cinema YouTube Podcast
Quadrinhos
Obrigado!

Weitere ähnliche Inhalte

Ähnlich wie Revolta Vacina

VIGIALNICIA EM SAUDE - HISTORIA.pptx
VIGIALNICIA EM SAUDE - HISTORIA.pptxVIGIALNICIA EM SAUDE - HISTORIA.pptx
VIGIALNICIA EM SAUDE - HISTORIA.pptxssuser51d27c1
 
Vigilância em saúde no Brasil ao longo do tempo
Vigilância em saúde no Brasil ao longo do tempoVigilância em saúde no Brasil ao longo do tempo
Vigilância em saúde no Brasil ao longo do tempoferaps
 
Plano de Aula - Labirinto do Oswaldo
Plano de Aula - Labirinto do OswaldoPlano de Aula - Labirinto do Oswaldo
Plano de Aula - Labirinto do OswaldoLeonardo Lira
 
teixeira - vírus fixo Pasteur.pdf
teixeira - vírus fixo Pasteur.pdfteixeira - vírus fixo Pasteur.pdf
teixeira - vírus fixo Pasteur.pdfssuser8658c3
 
Exercicios biologia parasitologia
Exercicios biologia parasitologiaExercicios biologia parasitologia
Exercicios biologia parasitologiaAlice MLK
 
Histéria da enfemagem
Histéria da enfemagemHistéria da enfemagem
Histéria da enfemagemAdhonias Moura
 
Trabalho P.E. Fontes historicas e biograficas.pptx
Trabalho P.E. Fontes historicas e biograficas.pptxTrabalho P.E. Fontes historicas e biograficas.pptx
Trabalho P.E. Fontes historicas e biograficas.pptxSamuelMendona15
 
Aula+2+estratégias+para+prevenção+da+transmissão+de+infecções 1
Aula+2+estratégias+para+prevenção+da+transmissão+de+infecções 1Aula+2+estratégias+para+prevenção+da+transmissão+de+infecções 1
Aula+2+estratégias+para+prevenção+da+transmissão+de+infecções 1Cintia Do Nascimento Batista
 
AULA- o que é saude coletiva.pdf
AULA- o que é saude coletiva.pdfAULA- o que é saude coletiva.pdf
AULA- o que é saude coletiva.pdfJOSILENEOLIVEIRA24
 
1 Epidemiologia Conceitos Historico 2024.pdf
1 Epidemiologia Conceitos Historico  2024.pdf1 Epidemiologia Conceitos Historico  2024.pdf
1 Epidemiologia Conceitos Historico 2024.pdfPupyFtr
 
Aula 1 historia da epidemiologia
Aula 1   historia da epidemiologiaAula 1   historia da epidemiologia
Aula 1 historia da epidemiologiaRicardo Alexandre
 
ICSA32 - História da vacinologia
ICSA32 - História da vacinologiaICSA32 - História da vacinologia
ICSA32 - História da vacinologiaRicardo Portela
 

Ähnlich wie Revolta Vacina (20)

VIGIALNICIA EM SAUDE - HISTORIA.pptx
VIGIALNICIA EM SAUDE - HISTORIA.pptxVIGIALNICIA EM SAUDE - HISTORIA.pptx
VIGIALNICIA EM SAUDE - HISTORIA.pptx
 
Vigilância em saúde no Brasil ao longo do tempo
Vigilância em saúde no Brasil ao longo do tempoVigilância em saúde no Brasil ao longo do tempo
Vigilância em saúde no Brasil ao longo do tempo
 
Texto história epidemiologia
Texto história epidemiologiaTexto história epidemiologia
Texto história epidemiologia
 
Plano de Aula - Labirinto do Oswaldo
Plano de Aula - Labirinto do OswaldoPlano de Aula - Labirinto do Oswaldo
Plano de Aula - Labirinto do Oswaldo
 
Sanitarismo em leopoldina (1895-1930)
Sanitarismo em leopoldina (1895-1930)Sanitarismo em leopoldina (1895-1930)
Sanitarismo em leopoldina (1895-1930)
 
teixeira - vírus fixo Pasteur.pdf
teixeira - vírus fixo Pasteur.pdfteixeira - vírus fixo Pasteur.pdf
teixeira - vírus fixo Pasteur.pdf
 
Exercicios biologia parasitologia
Exercicios biologia parasitologiaExercicios biologia parasitologia
Exercicios biologia parasitologia
 
Histéria da enfemagem
Histéria da enfemagemHistéria da enfemagem
Histéria da enfemagem
 
Revolta da vacina
Revolta da vacinaRevolta da vacina
Revolta da vacina
 
Trabalho P.E. Fontes historicas e biograficas.pptx
Trabalho P.E. Fontes historicas e biograficas.pptxTrabalho P.E. Fontes historicas e biograficas.pptx
Trabalho P.E. Fontes historicas e biograficas.pptx
 
Aula+2+estratégias+para+prevenção+da+transmissão+de+infecções 1
Aula+2+estratégias+para+prevenção+da+transmissão+de+infecções 1Aula+2+estratégias+para+prevenção+da+transmissão+de+infecções 1
Aula+2+estratégias+para+prevenção+da+transmissão+de+infecções 1
 
AULA- o que é saude coletiva.pdf
AULA- o que é saude coletiva.pdfAULA- o que é saude coletiva.pdf
AULA- o que é saude coletiva.pdf
 
Revoltas na Primeira República
Revoltas na Primeira RepúblicaRevoltas na Primeira República
Revoltas na Primeira República
 
1 Epidemiologia Conceitos Historico 2024.pdf
1 Epidemiologia Conceitos Historico  2024.pdf1 Epidemiologia Conceitos Historico  2024.pdf
1 Epidemiologia Conceitos Historico 2024.pdf
 
Aula 1 historia da epidemiologia
Aula 1   historia da epidemiologiaAula 1   historia da epidemiologia
Aula 1 historia da epidemiologia
 
Aula 1 de epidemiologia
Aula 1 de epidemiologiaAula 1 de epidemiologia
Aula 1 de epidemiologia
 
ICSA32 - História da vacinologia
ICSA32 - História da vacinologiaICSA32 - História da vacinologia
ICSA32 - História da vacinologia
 
Slidessaude
SlidessaudeSlidessaude
Slidessaude
 
História da Saúde Pública - Parte 1
História da Saúde Pública - Parte 1História da Saúde Pública - Parte 1
História da Saúde Pública - Parte 1
 
Breve Histórico do HIV
Breve Histórico do HIVBreve Histórico do HIV
Breve Histórico do HIV
 

Kürzlich hochgeladen

QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoSilvaDias3
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfAnaGonalves804156
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfpaulafernandes540558
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfNoções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfdottoor
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 

Kürzlich hochgeladen (20)

QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfNoções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 

Revolta Vacina

  • 1. A Revolta da Vacina
  • 2. Porque estudar a Revolta da Vacina?  Objeto de conhecimento – Experiências republicanas e práticas autoritárias: as tensões e disputas do mundo contemporâneo.  Habilidade trabalhada – (EF09HI02) Caracterizar e compreender os ciclos da história republicana, identificando particularidades da história local e regional até 1954.
  • 3. Conhecer o passado através do presente:Coronavirus, Fake news e a vacina.  A desinformação como inimiga da Saúde Pública.  O problema das Fake News.  O papel da política na Saúde Pública.
  • 4. A Revolta da Vacina em nosso cotidiano.
  • 5. O contexto da Revolta  O contexto das cidades Brasileiras: exploração, exclusão, pobreza, miséria, ausência de direitos sociais e políticos etc.  A “República” das elites: exclusão social e política.  Ausência de políticas públicas: faltam escolas, hospitais, saneamento, água potável.  Desinformação e a falta de instrução.  A Luta por direitos: repressão dura do governo.  Repressão estatal: greve é “caso de polícia”.
  • 6. O início da Revolta  Foi eleito em 1902 Rodrigues Alves para a Presidência do país.  No Rio de Janeiro, o presidente nomeou Pereira Passos como prefeito da cidade.  Pereira Passos criou um plano para a Modernização do Rio de Janeiro inspirado pelas reformas urbanas européias.  Dentre os objetivos dessa reforma estavam remodelar, sanear e embelezar a capital da República.  A apelidada “política do Bota abaixo” de Pereira Passos incluia: destruir cortiços e favelas, abrir avenidas e boulevares e contruir bibliotecas, teatros e outros centros de cultura principalmente para as elites.  No seu programa de saneamento, combater doenças e epidemias estavam inclusas.
  • 7. A política sanitarista e o combate às epidemias.  Combate às principais doenças: Peste Bubônica (pulga do rato), Febre Amarela (Aedes Aegypti), Varíola (vírus).  A nomeação de Oswaldo Cruz para a Diretoria-Geral da Saúde Pública.  Oswaldo Cruz acabara de chegar da França após ter estudado no Instituto Pasteur, tendo enorme leitura em epidemias, virologia e em doenças infecto-contagiosas.  Foi um grande defensor das profilaxias sanitárias e do uso de vacinas para o combate de certos virus.  Teve permissão do prefeito Pereira Passos para a criação de um rigoroso plano de sanitarismo, incluindo a criação de brigadas mata mosquito e ratos. Apresentou ao presidente uma lei que tornaria a vacinação obrigatória com severas punições para os que a descumprissem.
  • 8. O Reflexo das políticas de Oswaldo Cruz  Destruição de Cortiços e Casebres.  Expulsão dos ditos “indesejados” do centro da cidade.  Aceleração do processo de favelização nos morros.  Falta de informação nas campanhas de saúde.  Tentativa de vacinação forçada.  Visão autoritária do higienismo.
  • 9. O Reflexo das políticas de Oswaldo Cruz
  • 10. O Reflexo das políticas de Oswaldo Cruz
  • 11. O Reflexo das políticas de Oswaldo Cruz
  • 12. Eclosão da Revolta  União entre operários, marginalizados, republicanos reformistas, setores do exército, negros ex-escravizados, imigrantes assalariados etc.  A divergência de reinvindicações.  O sentimento ‘anti-policial’.  O papel da imprensa.  A repressão severa por parte do governo.
  • 13. O legado da Revolta.  Reavivou na população o sentimento de revolta contra o sistema social e as ações repressivas do governo.  O sentimento de união entre diferentes segmentos da sociedade permaneceu e foi se fortalecendo com o passar do tempo, até a Revolução de 1930.  Permitiu que a política sanitária fosse pensada de outras formas não-autoritárias, principalmente com a reforma da Fundação Oswaldo Cruz.
  • 14. A Revolta da vacina para além da sala de aula. Cinema YouTube Podcast Quadrinhos