Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

Como montar e facilitar um workshop de Design Sprint - Coletivo Mola

3.392 Aufrufe

Veröffentlicht am

Material apresentado no workshop sobre facilitação de Design Sprint, realizado no Cubo em 16/07/2016.

Veröffentlicht in: Business
  • Als Erste(r) kommentieren

Como montar e facilitar um workshop de Design Sprint - Coletivo Mola

  1. 1. workshop Design Sprint + Jornada do usuário
  2. 2. nosso propósito: aprender formas de melhorar o mundo através da lente do design e compartilhar esse aprendizado para ajudar os outros a potencializarem suas habilidades para alavancar negócios em prol das pessoas  Natalí Garcia Lu Terceiro Matina Moreira quem somos nós
  3. 3. 3
  4. 4. 4422 Design thinking
  5. 5. “Design Thinking é uma abordagem centrada nas pessoas para inovação que usa ferramentas dos designers para integrar as necessidades das pessoas, as possibilidades da tecnologia e os requisitos para o sucesso dos negócios” Tim Brown, presidente e CEO, IDEO
  6. 6. • O design como “uma forma de pensar” (design thinking) começou a se estruturar dessa forma no final da década de 60 e início da década de 70. • David Kelley adaptou o Design Thinking para o mundo dos negócios e em 1991 fundou a IDEO, responsável por popularizar o termo. Design é processo!
  7. 7. desejável viável As pessoas desejam pois isto atende às suas necessidades e desejos O negócio é sustentável e permite continuidade e expansão É possível criar pois dispomos de tecnologia e conhecimento para tal serviços inovadores factível
  8. 8. desejável viávelfactível As pessoas desejam pois isto atende às suas necessidades e desejos Como descobrir?
  9. 9. 9 Está na moda Busca por “Design Thinking” fonte: Google Trends, filtro Brasil 2005 2007 2009 2011 2013 2015
  10. 10. Divergir Convergir Criar opções Fazer escolhas
  11. 11. Pesquisa & descoberta Insights e definições Ideação Protótipos e entregas Diamante Duplo
  12. 12. Divergir Convergir Criar opções Fazer escolhas Não é um processo linear e deve ser iterativo!
  13. 13. Design Thinking Conceitos fundamentais
  14. 14. Centrado no usuário
  15. 15. 16https://www.youtube.com/watch?v=_7BTwvVBrwE Empatia
  16. 16. Equipe multidisciplinar e diversidade
  17. 17. Colaboração e cocriação
  18. 18. Visualização
  19. 19. Prototipação Apenas quando colocamos nossas ideias no mundo podemos realmente entender as forças e fraquezas.
  20. 20. Teste
  21. 21. Iterativo
  22. 22. 2323 Por que isso é importante?
  23. 23. Estatísticas mostram que 80% a 95% dos novos produtos ou serviços falham.
  24. 24. O que as pessoas esperam que um serviço seja? ÚTIL FÁCIL DE USAR ANTECIPE NECESSIDADES ❤ Cria-se satisfação em um nível funcional Cria-se conexão emocional + ”word of mouth” + recorrência
  25. 25. 27 como montar e facilitar um design sprint
  26. 26. Design SprintIntrodução à metodologia
  27. 27. Metodologia Google Desafio: Do problema à solução de design em 5 dias Processo de imersão com o objetivo de tangibilizar um conceito de um produto ou serviço Google Ventures - startups - projetos internos
  28. 28. 30
  29. 29. Ganhos e benefícios do DS O sprint dá ao time um atalho para aprender sem construir e lançar o serviço de fato. The sprint gives teams a shortcut to learning without building and launching.
  30. 30. Ganhos e benefícios do DS - Testar uma ideia em apenas uma semana; - Reduzir o risco de falhas; - Aumentar o ganho de eficiência e alinhar a equipe; - Estabelecer um processo inicial ou define a direção para um novo esforço.
  31. 31. Research Insights Ideation Prototypes/tests Discover Define Develop Deliver processo iterativo Entender Divergir Decidir Prototipar Testar Double Diamond - Design Council UK Design Sprint
  32. 32. Cenário metodologia uso frequente Design Sprint solução ágil de design 3P Kaizen Scrum e Lean novo processo (preparação da produção) melhoria de processo metodologias de desenvolvimento ágil
  33. 33. Meu histórico setembro 2014 agosto 2016 1o. sprint fatura mobile vamos multiplicar! sprints: TI Marketing RH me dá um design sprint com fritas e refri pequeno... o livro oficial
  34. 34. Quando usar? Metodologias de desenvolvimento ágil Scrum Antes de iniciar um time de scrum ou uma célula Quando uma história no backlog tiver um problema de design complexo, antes do time Lean
  35. 35. Tempo e esforço esforço antes durante depois tempo
  36. 36. Checklist usando de base o checklist do livro + minha experiência
  37. 37. Checklist  ATENÇÃO: isso não é uma lista de regras, são apenas dicas e lembretes. Faça como eu, use como base para você criar seu próprio checklist e veja como funciona melhor para você e sua equipe.
  38. 38. Checklist Não engesse seu processo, cada sprint é uma sprint e sempre vai ter algo diferente e melhor para ser feito. Checklist
  39. 39. 41 Checklist Preparação
  40. 40. 42 Checklist Atividades e dicas dia-a-dia
  41. 41. 43 Checklist Fechamento
  42. 42. Como montar um DSPasso a passo de design sprint
  43. 43. Etapas Dividimos o DS em 4 etapas... Tangibilização do conceito do produto ou serviço Sprint Apresentação para boards de conselheiros/investidores e até o público Pitch Levantamento de material para semana de sprint Preparação Consolidação do material produzido durante o sprint e preparação da apresentação para o pitch Consolidação
  44. 44. Etapas ...sendo a preparação a primeira delas: Tangibilização do conceito do produto ou serviço Sprint Levantamento de material para semana de sprint Preparação Apresentação para boards de conselheiros/investidores e até o público Pitch Consolidação do material produzido durante o sprint e preparação da apresentação para o pitch Consolidação
  45. 45. Desafio claro Time multidisciplinar Espaço dedicado Atividades programadas Preparação Todo design sprint deve ter:
  46. 46. Desafio claro Preparação Visão cliente -Entrevistas com clientes -Personas -Jornadas Visão interna -Entrevistas com stakeholders -Diretrizes de demais áreas -Vocação do canal escolhido Visão mercado -Pesquisas de mercado -Benchmarks -Análogos Alinhamento com a área de negócios sobre o objetivo e os entregáveis do Design Sprint
  47. 47. Time multidisciplinar Preparação Papeis Responsabilidades envolvimento Facilitador Metodologia e aplicação das atividades Integral + fechamento Líder Dono do assunto/ status diário Integral + fechamento Pesquisador Recrutamento/roteiro/testes Parcial (50%) + fechamento UX Participar das atividades Integral Designer Participar das atividades Integral Negócios Participar das atividades Integral TI Participar das atividades/ validação Parcial Segurança/ jurídico Validação Parcial
  48. 48. 50 Espaço dedicado Preparação O espaço é fator essencial no processo de imersão no desafio para que os ruídos externos e a rotina não sirvam como distração.
  49. 49. 51 Desafio do dia
  50. 50. 52 food truck  Pequenos caminhões ou vans especializados em servir hambúrgueres, massas, doces, comida japonesa, comida árabe, salgados entre outros pelas ruas da cidade.  Os empreendedores apostam na versatilidade e na maior margem de lucro sem os custos de aluguel e investimento de até R$ 300 mil em um veículo equipado.  Foram regulamentados em 2014
  51. 51. 53 food truck  O ‘food truck’ é baseado em interação com o público. E um restaurante convencional, cliente e chef ficam afastados. O contato direto faz da experiência gastronômica algo mais prazeroso, principalmente para quem faz a comida.  Food Park Butantã, o espaço destinado as food trucks, com total infraestrutura no local, mesas e cadeiras, sanitários, o local terá capacidade para até 40 food trucks. O local espera até 10 mil pessoas em fins de semana.
  52. 52. 54 final de semana: durante a semana: mas nem tudo é perfeito...
  53. 53. 55 onde estacionar? “São Paulo bate a marca de 8 milhões de veículos” 25/5/2015 mas nem tudo é perfeito...
  54. 54. 56 food truck Oportunidades  Como ajudar o food trucks a venderem mais durante a semana?  Como otimizar o sistema de pedidos, entrega e pagamento nos finais de semana?  Como criar um sistema drive thru para os cliente que não conseguem lugar para estacionar?
  55. 55. 57 Persona • listar as caracteristicas mais respresentativas na base de clientes • fatos sociais • relação da persona com o universo delimitado
  56. 56. Sprint
  57. 57. 59 Atividades programadas Dia 1 Entender Dia 2 Divergir Dia 3 Decidir Dia 4 Prototipar Dia 5 Testar Para cada momento do sprint um objetivo a ser alcançado, o time só deve passar para o próximo passo se estiver a etapa atual estiver clara
  58. 58. 60 Dia 1 Entender Dia 2 Divergir Dia 3 Decidir Dia 4 Prototipar Dia 5 Testar Delimitar o desafio com o conhecimento do grupo sobre o tema e reescrever o objetivo da sprint se necessário e definir as métricas de sucesso da sprint Cada participante do grupo irá desenhar no mínimo 2 ideias Uma ideia por folha ;) Apresentar ideias para o grupo. Votar em 3 funcionalidades Selecionar as ideias mais votadas. Agrupar as funcionalidades mais votadas em uma única ideia. Montar jornada e protótipo. mostrar sua ideia e colher feedback. Na prática vamos transformar 1 semana em algumas horas
  59. 59. Etapas Agora começamos de fato o sprint: Tangibilização do conceito do produto ou serviço Sprint Apresentação no comitê de canais para superintendentes e diretores Comitê Levantamento de material para semana de sprint Preparação Consolidação do material produzido durante o sprint e montagem da apresentação para o comitê Fechamento
  60. 60. 62 Divergir Decidir Prototipar Testar Sprint (dia 1) Entender ● Apresentação do desafio e do objetivo do Design Sprint ● Apresentação dos materiais coletados e produzidos durante a etapa de preparação ● Desconstrução do produto/ serviço atual ● Estacionamento de ideias ● Definição do publico alvo ● Design intent dos bench/análogos ● O que queremos / o que não queremos ● Métricas de sucesso do projeto ● Matriz CSD Atividades possíveis Nivelar conhecimento no time e delimitar o desafio Objetivo Principais lições: ✓time principal + time expandido ✓apresentações e discussões ✓atividade: desconstrução
  61. 61. 63 Entender Entender Divergir Decidir Prototipar Testar Escolher o problema Definir as métricas de sucesso da sprint
  62. 62. 6464 Jornada do usuário 22
  63. 63. Jornada do usuário Mapear, na perspectiva da pessoa, as etapas, pontos de contato com o produto/serviço e as emoções que ela sente durante esse percurso.
  64. 64. Jornadas do usuário Visualização de: •Ações dos clientes •Pontos de contato entre cliente e empresa •Sentimentos e pensamentos dos clientes
  65. 65. Veja mais em: http://www.heartofthecustomer.com/customer-journey-maps-the-top-10-requirements-revisited/ Vale começar simples...
  66. 66. 68 Pontos de contato Ações Pensamentos Sentimentos ...e ir aumentando o campo de visão
  67. 67. 1. Oferecer uma visão do processo do ponto de vista do cliente GANHOS
  68. 68. 2. Mapear pontos críticos e oportunidades de melhorias GANHOS
  69. 69. 3. Fazer o time ter uma visão holística do serviço e alinhar estratégias GANHOS
  70. 70. 7474 atividade 22
  71. 71. Dona do foodtruck Cliente No universo do foodtruck, temos diversos perfis de pessoas. Cada um possui sua própria jornada, com seus objetivos, expectativas, frustrações e satisfações. Nossa tarefa será pensar em maneiras de ajudar cada uma dessas pessoas, pensando em produtos e serviços que podem auxiliá-los a terem uma vida melhor.
  72. 72. • Vamos começar entendendo um pouco mais sobre o perfil da pessoa. • Discuta em grupo as características apresentadas e qual o problema que mais a incomoda, dentro das informações apresentadas. 1 Entendendo a pessoa dona de foodtruck visão genérica definição de público
  73. 73. 1 Persona Mapa da empatia
  74. 74. 1 Mapa da empatia + desafios Muita gente na fila, é bom mas há o stress Mariana muitas sugestões de receitas será que um dia meu negócio será mais rentável? Estocar ingredientes na quantidade que preciso 35 anos Anota as despesas e vendas não sabe muito bem como serão as vendas maior controle das estoque mais
  75. 75. 79 Divergir Entender Divergir Decidir Prototipar Testar Cada participante do grupo irá desenhar uma por folha ;)
  76. 76. 80 Decidir Prototipar Testar Sprint (dia 2) Entender ● Individualmente ou em grupos pequenos desenhar a mão livre: ● jornadas ● telas Atividades Exercitar o máximo de soluções possíveis, ampliando as soluções Objetivo Divergir Principais lições: ✓Dia mais cansativo, atenção redobrada para a dinamica das atividades ✓Atividade análoga de manhã ✓Desenho em duplas ✓Exercitar partes do processo
  77. 77. 81 Decidir Entender Divergir Decidir Prototipar Testar Cada um apresenta 2 ideias para o grupo Cada participante vota em 3 funcionalidades O grupo seleciona as ideias mais votadas
  78. 78. 82 Prototipar Testar Sprint (dia 3) Entender ● Relembrar premissas do projeto : objetivo, público, métricas, o que queremos/não queremos ● Cada grupo ou individuo apresenta suas ideias ● Cada integrante do time tem direito a um número de votos para eleger funcionalidades ● Discussão sobre as funcionalidades mais votadas ● Compilar as funcionalidades ● Apresentação dos protótipos/jornadas em papel para validação do grupo Atividades Definir em conjunto e com base nas premissas do projeto quais ideias serão prototipadas Objetivo Divergir Decidir Principais lições: ✓Dia mais rico! ✓O projeto começa a tomar forma ✓Desenho do fluxo é o mais importante
  79. 79. Prototipar Entender Divergir Decidir Prototipar Testar Agrupar as funcionalidades mais votadas em uma única ideia e montar jornada e protótipo
  80. 80. 84 Decidir Testar Sprint (dia 4) Entender ● Designer e analista UX desenvolvem o protótipo ● Pesquisador e mais um analista definem roteiro, testam roteiro no protótipo em papel e confirmam participação de usuários no teste ● Os outros participantes iniciam compilação dos dados para aparesentação Atividades Desenvolver protótipo na melhor fidelidade possível para teste Objetivo Divergir Prototipar Principais lições: ✓Dica de foco! ✓Quem não for prototipar deve ficar na sala ✓Refinamento da ideia
  81. 81. 85 Testar Entender Divergir Decidir Prototipar Testar mostrar sua ideia e colher feedback
  82. 82. 86 Decidir Prototipar Sprint (dia 5) Entender As atividades do teste acontecem paralelo as atividades principais Atividades Colher feedback de usuários reais sobre os protótipos desenvolvidos Objetivo Divergir Testar - definição do público - inicio de recrutamento - alinhamento com equipe de pesquisa - recrutamento - contato com clientes - recrutamento - roteiro de teste - contato com clientes - roteiro de teste - teste preliminar - confirmar participantes - teste com usuários - documentar Principais lições: ✓Manhã de ajustes no protótipo ✓Entrevistas: 1 entrevistador (fora do DS) 1 acompanhante do time principal (para gravar, anotar e fotografar)https://www.youtube.com/watch?v=U9ZG19XTbd4
  83. 83. 87https://www.youtube.com/watch?v=U9ZG19XTbd4
  84. 84. Etapas Após o DS, é necessário consolidar o material: Tangibilização do conceito do produto ou serviço Sprint Levantamento de material para semana de sprint Preparação Apresentação para boards de conselheiros/investidores e até o público Pitch Consolidação do material produzido durante o sprint e preparação da apresentação para o pitch Consolidação
  85. 85. Consolidação Preparando o material para o pitch Desafio > visão cliente, mercado e empresa Aprendizados Oportunidades Protótipos Feedback dos clientes
  86. 86. Etapas Tudo pronto para a apresentação! Tangibilização do conceito do produto ou serviço Sprint Levantamento de material para semana de sprint Preparação Apresentação para boards de conselheiros/investidores e até o público Pitch Consolidação do material produzido durante o sprint e preparação da apresentação para o pitch Consolidação
  87. 87. Apresentação3 grupos
  88. 88. Aprendizados
  89. 89. Aprendizados ▪ Durante o sprint, o desafio é refinado pelo time. ▪ Feedback dos “clientes” é essencial para o processo. ▪ Trabalhar com as restrições sistêmicas faz parte da metodologia. ▪ Ao final de cada dia, o grupo deve responder a pergunta do início do dia. ▪ A entrega deve ser o desenho da experiência. ▪ O processo é motivador para todos os envolvidos
  90. 90. Desafios de uma sprint ▪ Como convencer as pessoas a dedicar uma semana inteira para o processo? ▪ Como valorizar e reconhecer quem participou? ▪ Como multiplicar o processo dentro da empresa? ▪ Como trabalhar com times mais enxutos? ▪ Como trabalhar em menos tempo?
  91. 91. 95 Referência Google Venture http://www.gv.com/sprint/ The 6 ingredients you need to run a design sprint_Fast Company http://www.fastcodesign.com/1672889/from-google-ventures-the-6-ingredients-you-need-to-run-a-design-sprint Your design team needs a war room; here's how to set one up_Fast Company http://www.fastcodesign.com/3028471/google-ventures-your-design-team-needs-a-war-room-heres-how-to-set- one-up Shopping list for sprint supplies_Amazon List http://amzn.com/lm/RS9AYY6BTLDCM The GV research sprint_GV.com http://www.gv.com/lib/the-gv-research-sprint-a-4-day-process-for-answering-important-startup-questions Vídeo sobre como fazer uma entrevista https://www.youtube.com/watch?v=U9ZG19XTbd4
  92. 92. 96 obrigada http://www.coletivomola.com.br matina.moreira@gmail.com luciana.terceiro@gmail.com nataligarcia@gmail.com

×