Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

sugestão de 1 teste para diagnóstico de escrita para alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental

Para quem trabalha com alfabetização estou postando a sugestão de um texto para teste da psicogênese. Espero que ajude.

  • Als Erste(r) kommentieren

sugestão de 1 teste para diagnóstico de escrita para alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental

  1. 1. Escola classe 26 de Ceilândia Teste da psicogênese O FAZENDEIRO, SEU FILHO E O BURRO Adaptação de Alfa Cappelli e Dora Dias Um fazendeiro precisava ir à cidade para fazer compras no mercado. Preparou seu pequeno burro e chamou seu filho para acompanhá-lo na viagem. Caminhavam pela estrada quando cruzaram com alguns rapazes que riam e zombaram deles. _ Como são bobos. Andando a pé quando pelo menos um poderia montar no burro e viajarmais comodamente. O fazendeiro, então, disse ao filho: _ Você ouviu, filho? Monte no burro, pois não devemos parecer ridículos para as pessoas. O filho, obedecendo, montou o burro. Continuaram a viagem, mas, quando passaram por um armazém, alguns homens na portacomentaram: _ Ali vai um exemplo de geração moderna. O garoto, belo e folgado, e o coitado do paicaminhando cansado. O filho ouviu o comentário e disse ao pai: _ Você ouviu, pai? Acho que eles têm razão. Eu, bem tranquilo, em cima do animal, enquanto osenhor se cansa. É melhor o senhor montar e eu ir a pé. O pai concordou e assim foi feito. Após terem trocado de posição, continuaram a viagem mais tranqüilos. Andaram alguns quilômetros quando cruzaram com algumas camponesas que, vendo a cenadispararam em voz alta: _ A crueldade de alguns pais para com os filhos é tremenda! Aquele preguiçoso muito beminstalado no burro, enquanto o pobre menino vai andando nesse sol e nesse chão cheio de pedras. O pai, envergonhado, falou ao filho: _ Suba na garupa comigo, filho. Não quero parecer cruel. As moças também estão com razão.Vamos nós dois montados no burro. Assim, a gente contenta a todos. Dessa forma, pai e filho, montados no burro, chegaram à entrada da cidade. Alguns fazendeiros gritaram indignados: _ Oh! Coitado do burro. Obrigado a transportar a dupla carga. Que malvadeza dos dois! Pelojeito não gostam de animais. E continuaram gritando: _ Deveriam ser presos por isso, ou então carregar o burro nas costas para verem o quanto ébom. Cretinos! Vamos já chamar a polícia. Folgados! O fazendeiro e o filho, assustados, saltaram do animal e, com muito esforço, colocaram oburrinho nas costas, partindo em direção ao mercado municipal, aplaudidos pelo grupo defazendeiros. Na entrada do mercado, o povo, olhando para aquela cena, dizia: _ Onde já se viu! Carregar um animal tão pesado nas costas, ou são burros os três ou entãogostam muito de animais, mas que exagero! Cansados e já dentro do mercado, largaram o burro no chão que, insatisfeito, saiu emdisparada, dando coices em todo mundo e quebrando tudo o que encontrava pela frente. Com muito custo, pai e filho dominaram o animal e levaram-no até o curral, vendendo-o porum bom preço. Fizeram as compras e voltaram para casa, agora sim, satisfeitos.
  2. 2. Para os alunos do nível pré-silábico até o alfabético:Palavras 1- Fazendeiro 2- Estrada 3- Burro 4- PéFraseComeça a frase com o nome da criança_________ viu o burro na estrada.Para os alunos do nível alfabetizado 1 até alfabetizado 4 e para alunos do 4º e 5º anos:Palavras 1. Garoto 2. Amigo 3. Mercado 4. Preguiçoso 5. Transportar 6. Indignados 7. Burro 8. Pessoas 9. Armazém 10. GeraçãoFraseO fazendeiro preparou seu burro e foi à cidade fazer compras no mercado.TextoReconto individual dos alunos sem intervenção do professor.

×