Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.
Terá o Pará êxito na sua estratégia de redução de
emissões associadas ao uso da terra?
Frederico Brandão
Ingredientes fund...
PORQUE É QUE O PARÁ É IMPORTANTE
PARA O MUNDO?
0
100000
200000
300000
400000
500000
600000
Bolivia Peru Colombia Ecuador I...
O Pará conseguiu
reduzir
desmatamento!!??
Governo
A) Liderança politica
B) Articulação e comunicação internas entre secretarias e segundo escalão
C) Capacidade técn...
População e sociedade civil organizada
A) Crítica destrutiva a críitica construtiva: assembleísmo para a participação estr...
Setor privado e mercados
A) Lentidão na efetivação dos compromissos de zero-desmatamento e pouco
investimento
B) Excessivo...
Doadores e parceiros internacionais
A) Demora na efetivação dos recursos e apoios
B) Falta de alinhamento e sobreposição e...
PROPOSTAS
Agenda de desenvolvimento comum para 2030: “Compromisso estadual”
Definição de passos e metas intermediárias e f...
OBRIGADO PELA ATENÇÃO
f.brandao@cgiar.org
Nächste SlideShare
Wird geladen in …5
×

Terá o Pará êxito na sua estratégia de redução de emissões associadas ao uso da terra?

85 Aufrufe

Veröffentlicht am

Presented by Frederico Brandão (pesquisador do ICRAF) at "Informações, análises e ferramentas para apoiar programas subnacionais de REDD+ no Brasil" on 17 December 2020

Veröffentlicht in: Umweltschutz
  • Als Erste(r) kommentieren

  • Gehören Sie zu den Ersten, denen das gefällt!

Terá o Pará êxito na sua estratégia de redução de emissões associadas ao uso da terra?

  1. 1. Terá o Pará êxito na sua estratégia de redução de emissões associadas ao uso da terra? Frederico Brandão Ingredientes fundamentais para o sucesso de estratégias sub-nacionais
  2. 2. PORQUE É QUE O PARÁ É IMPORTANTE PARA O MUNDO? 0 100000 200000 300000 400000 500000 600000 Bolivia Peru Colombia Ecuador Indonesia Republica Democratica do Congo Pará Taxa de desmatamento anual 0 100000 200000 300000 400000 500000 600000 Bolivia Peru Colombia Ecuador Indonesia Republica Democratica do Congo Pará Taxa de desmatamento anual 0 100000 200000 300000 400000 500000 600000 Bolivia Peru Colombia Ecuador Indonesia Republica Democratica do Congo Pará Taxa de desmatamento anual 0 100000 200000 300000 400000 500000 600000 Bolivia Peru Colombia Ecuador Indonesia Republica Democratica do Congo Pará Taxa de desmatamento anual 0 100000 200000 300000 400000 500000 600000 Bolivia Peru Colombia Ecuador Indonesia Republica Democratica do Congo Pará Taxa de desmatamento anual 0 100000 200000 300000 400000 500000 600000 Bolivia Peru Colombia Ecuador Indonesia Republica Democratica do Congo Pará Taxa de desmatamento anual 0 100000 200000 300000 400000 500000 600000 Bolivia Peru Colombia Ecuador Indonesia Republica Democratica do Congo Pará Taxa de desmatamento anual
  3. 3. O Pará conseguiu reduzir desmatamento!!??
  4. 4. Governo A) Liderança politica B) Articulação e comunicação internas entre secretarias e segundo escalão C) Capacidade técnica e qualificação de um grupo de “capitães” D) Esforço de coordenação e alinhamento com outros setores 1 2 3 4
  5. 5. População e sociedade civil organizada A) Crítica destrutiva a críitica construtiva: assembleísmo para a participação estruturada e qualificada B) Alinhamento interno entre organizações de terceiro setor e grupos sociais C) Identificar problemas concretos e apresentar propostas D) Pouca conexão com as bases e excessiva dependência de apoio externo 1 2 3 4
  6. 6. Setor privado e mercados A) Lentidão na efetivação dos compromissos de zero-desmatamento e pouco investimento B) Excessivo foco na produção de commodities brutas e pouco valor agregado C) Individualismo (padrão minimo de entendimento) D) Rastreabilidade como panaceia? 1 2 3 4
  7. 7. Doadores e parceiros internacionais A) Demora na efetivação dos recursos e apoios B) Falta de alinhamento e sobreposição entre doares (incluindo secretarias) C) Ineficiencias administrativas (calendários e prestação de contas) 1 2 3 4
  8. 8. PROPOSTAS Agenda de desenvolvimento comum para 2030: “Compromisso estadual” Definição de passos e metas intermediárias e finais Contrução de salvaguardas estaduais Regionalização Fundo estadual: FAO
  9. 9. OBRIGADO PELA ATENÇÃO f.brandao@cgiar.org

×