Successfully reported this slideshow.
Workshop 1: Estratégias de Desenvolvimento
dos Serviços de Tráfego Aéreo num Cenário de
Demanda Crescente
Cmte MIGUEL DAU ...
2
TRANSPORTE AÉREO – VISÃO SISTÊMICA
PAX CAGR = 13.2% NOS ÚLTIMOS 10 ANOS
GRU AIRPORT
Source: GRU Airport
• A Cadeia Produ...
3
PONTUALIDADE VOOS DOMÉSTICOS - GRU
INDICADORES OPERACIONAIS – PONTUALIDADE 2014/2015
54%
59%
61%
59% 59% 59%
65%
62%
65%...
4
PONTUALIDADE VOOS INTERNACIONAIS - GRU
INDICADORES OPERACIONAIS – PONTUALIDADE 2014/2015
OTP – CHEGADAS INTERNACIONAL (1...
5
84.5% 71.9% 56.5% 89.9% 80.4% 83.5% 81.8% 89.3% 53.2% 71.5% 80.7% 67.4% 54.8%
53.5%
69.8%
61.3%
88.6%
62.7%
86.6%
81.4% ...
6
EFICIÊNCIA DO ATUAL SISTEMA
GRU AIRPORT
Source: GRU Airport
88.20%
95.20%
93.90%
86.12%
87.32%
90.33%
85.80%
79%
81%
83%...
7
PROPOSTAS PARA O SETOR
GRU AIRPORT
ANAC
• Adoção do A-CDM em sua administração operacional
• Revisão dos fluxos de veícu...
8
A-CDM – TOMADA DE DECISÃO
AIRPORT - COLLABORATIVE DECISION MAKING
GRU AIRPORT
Source: ACI, IATA, EUROCONTROL
Central Flo...
OBRIGADO
Os Desafios do Transporte Aéreo no Brasil
somente serão bem equacionados se forem
encaminhados de forma COLABORAT...
COMANDANTE MIGUEL DAU_GRU AIRPORT_SEMINÁRIO AIE 2015
Nächste SlideShare
Wird geladen in …5
×

COMANDANTE MIGUEL DAU_GRU AIRPORT_SEMINÁRIO AIE 2015

606 Aufrufe

Veröffentlicht am

Apresentação do Diretor de Operações do GRU Airport, Comandante Miguel Dau, no Seminário Airport Infra Expo - Gestão de Aeroportos.

Veröffentlicht in: Business
  • Als Erste(r) kommentieren

  • Gehören Sie zu den Ersten, denen das gefällt!

COMANDANTE MIGUEL DAU_GRU AIRPORT_SEMINÁRIO AIE 2015

  1. 1. Workshop 1: Estratégias de Desenvolvimento dos Serviços de Tráfego Aéreo num Cenário de Demanda Crescente Cmte MIGUEL DAU – Diretor de Operações/COO 24 MARÇO 2015
  2. 2. 2 TRANSPORTE AÉREO – VISÃO SISTÊMICA PAX CAGR = 13.2% NOS ÚLTIMOS 10 ANOS GRU AIRPORT Source: GRU Airport • A Cadeia Produtiva do Transporte Aéreo não possui uma atividade mais importante do que as demais. A cadeia é medida pelo elo mais fraco ou ineficiente. • A Malha Aérea é sistêmica e interdependente. Não adianta ter um aeroporto bem administrado ou uma região do espaço aéreo com bom fluxo, se os demais não estão no mesmo padrão de Eficiência. Gargalos do Sistema - Cenário Atual No Mundo, em regra, o gargalo se encontra com o Tráfego Aéreo. No Brasil o gargalo ocorre, ainda, na falta de uma infraestrutura aeroportuária adequada.
  3. 3. 3 PONTUALIDADE VOOS DOMÉSTICOS - GRU INDICADORES OPERACIONAIS – PONTUALIDADE 2014/2015 54% 59% 61% 59% 59% 59% 65% 62% 65% 64% 62% 58%58% 58% 60% JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ 2014 2015 OTP – CHEGADAS DOMÉSTICAS (15 MIN) OTP – PARTIDAS DOMÉSTICAS (15 MIN) 59% 69% 76% 71% 63% 73% 78% 81% 82% 74% 73% 68% 72% 80% 84% JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ 2014 2015 EFICIÊNCIA DO ATUAL SISTEMA
  4. 4. 4 PONTUALIDADE VOOS INTERNACIONAIS - GRU INDICADORES OPERACIONAIS – PONTUALIDADE 2014/2015 OTP – CHEGADAS INTERNACIONAL (15 MIN) OTP – PARTIDAS INTERNACIONAL(15 MIN) 44% 49% 51% 52% 50% 55% 54% 53% 55% 52% 49% 49%49% 45% 44% JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ 2014 2015 53% 64% 67% 65% 66% 75% 73% 76% 78% 70% 74% 64% 71% 76% 75% JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ 2014 2015 EFICIÊNCIA DO ATUAL SISTEMA
  5. 5. 5 84.5% 71.9% 56.5% 89.9% 80.4% 83.5% 81.8% 89.3% 53.2% 71.5% 80.7% 67.4% 54.8% 53.5% 69.8% 61.3% 88.6% 62.7% 86.6% 81.4% 83.9% 46.6% 69.9% 76.5% 73.2% 78.6% 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100% Arrivals Departures 68.4% 80.8% 67.3% 68.4% 80.8% 75.9% 80.8% 77.5% 80.8% 82.1% 75.1% 83.3% 54.9% 50.6% 82.8% 70.6% 50.6% 82.8% 87.1% 82.8% 74.9% 82.8% 81.6% 67.3% 79.2% 71.7% 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100% Arrivals Departures 79.1% 73.6% 70.1% 86.7% 79.8% 75.5% 80.8% 79.7% 64.9% 67.7% 76.8% 78.2% 54.9% 36.5% 69.0% 75.8% 83.3% 73.1% 77.5% 78.5% 73.7% 62.2% 64.9% 69.6% 74.2% 66.6% 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100% Arrivals Departures 90.6% 77.3% 73.4% 87.2% 86.4% 81.4% 91.2% 88.9% 66.5% 78.6% 84.4% 84.0% 57.5% 49.9% 74.6% 81.0% 83.4% 77.0% 84.2% 89.1% 83.4% 61.5% 78.1% 80.8% 81.3% 73.4% 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100% Arrivals Departures 80.2% 80.7% 78.8% 86.7% 77.1% 83.5% 85.4% 81.2% 63.2% 73.6% 74.5% 79.8% 59.8% 38.0% 78.4% 84.1% 83.9% 61.2% 84.8% 83.5% 74.6% 59.5% 72.4% 69.6% 81.7% 72.6% 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100% Arrivals Departures 75.3% 81.4% 77.6% 82.7% 70.9% 83.3% 83.7% 84.4% 55.2% 78.1% 75.1% 83.3% 61.5% 30.1% 79.4% 84.0% 78.3% 55.9% 83.8% 81.9% 75.1% 49.1% 77.7% 67.3% 79.2% 80.6% 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% Arrivals Departures Fonte: FlightView GATIWICK MIAMI TORONTO MADRID PARIS SYDNEY MUNICH SHANGAI MUMBAI ZURICH DUBAI AMSTERDAM GRU GATIWICK MIAMI TORONTO MADRID PARIS SYDNEY MUNICH SHANGAI MUMBAI ZURICH DUBAI AMSTERDAM GRU GATIWICK MIAMI TORONTO MADRID PARIS SYDNEY MUNICH SHANGAI MUMBAI ZURICH DUBAI AMSTERDAM GRU GATIWICK MIAMI TORONTO MADRID PARIS SYDNEY MUNICH SHANGAI MUMBAI ZURICH DUBAI AMSTERDAM GRU GATIWICK MIAMI TORONTO MADRID PARIS SYDNEY MUNICH SHANGAI MUMBAI ZURICH DUBAI AMSTERDAM GRU GATIWICK MIAMI TORONTO MADRID PARIS SYDNEY MUNICH SHANGAI MUMBAI ZURICH DUBAI AMSTERDAM GRU SETEMBRO 14 DEZEMBRO 14 OUTUBRO 14 JANEIRO 15 NOVEMBRO 14 FEVEREIRO 15 EFICIÊNCIA DO ATUAL SISTEMA
  6. 6. 6 EFICIÊNCIA DO ATUAL SISTEMA GRU AIRPORT Source: GRU Airport 88.20% 95.20% 93.90% 86.12% 87.32% 90.33% 85.80% 79% 81% 83% 85% 87% 89% 91% 93% 95% 97% 99% Aug-14 Sep-14 Oct-14 Nov-14 Dec-14 Jan-15 Feb-15 Percentual Aug-14 Sep-14 Oct-14 Nov-14 Dec-14 Jan-15 Feb-15 Percentual 88.20% 95.20% 93.90% 86.12% 87.32% 90.33% 85.80% PERCENTUAL/MESES - ADERÊNCIA AGO 2014/FEV 2015. ADERÊNCIA DOS SLOTs CONCEDIDOS EM GRU Temporada W14. 26/10 Semana Carnaval. 14 à 18 Fev. 22/02 término hor. verão
  7. 7. 7 PROPOSTAS PARA O SETOR GRU AIRPORT ANAC • Adoção do A-CDM em sua administração operacional • Revisão dos fluxos de veículos no Pátio e Rampa • Melhoria no fluxo de passageiros • Melhorar o MCT • Melhor coordenação entre Autoridades que operam no aeroporto • Manutenção do conceito operacional de CDM • Adoção de procedimentos específicos (SID e IAL)para maior fluidez no tráfego dos aeroportos (Ex. procedimentos para aeronaves de baixa performance, redução na separação) Aeroportos Empresas Aéreas • Limpeza imediata e permanente dos SLOTs existentes e não utilizados (Aderência) • Definição única sobre os conceitos de SLOTs, HOTRAN e BAV • Uso do critério IATA para OTP (15 minutos – Chegadas e Partidas) • Revogação e Extinção das Normas conflitantes sobre este tema • Normas que exijam Qualidade às ESATAS • Melhoria da Pontualidade na Chegada dos Voos • Desenvolvimento de mecanismos de recuperação e robustez na Malha • Designação de pessoal qualificado para comporem os CCOs (A-CDM) • Definição de SLAs com as ESATAS DECEA
  8. 8. 8 A-CDM – TOMADA DE DECISÃO AIRPORT - COLLABORATIVE DECISION MAKING GRU AIRPORT Source: ACI, IATA, EUROCONTROL Central Flow Management Unit Objetivos Comuns  Melhorar a previsibilidade  Melhorar a pontualidade  Reduzir os custos de movimentação no solo  Otimizar e aprimorar os recursos de Ground Handling  Otimizar e melhorar o uso de Posições, Gates e Terminais  Otimizar a utilização da infraestrutura do Aeroporto e reduzir o congestionamento  Reduzir o desperdício de slot no ATFM/CGNA  Planejamento flexível de pré-partida  Reduzir o congestionamento de pátio e taxiway  Melhorar fluxo de passageiros nos processos migratórios e de aduana
  9. 9. OBRIGADO Os Desafios do Transporte Aéreo no Brasil somente serão bem equacionados se forem encaminhados de forma COLABORATIVA.

×